Categorias: Gastronomia Lifestyle

Como preparar e servir o original fondue suíço

Está muito enganado se você acha que fazer fondue é apenas comprar a mistura de queijo ou chocolate em caixinha e servir na típica panela. Aprendi bastante sobre a história e as técnicas do preparo em Genebra para a sua rodada de fondue ser inesquecível. Vamos lá?

A história

Antes de mais nada, se você fala “a” fondue ou “o” fondue, não se preocupe, pois as duas formas estão corretas. Existem diferentes definições sobre a palavra entre os dicionários Aurélio e Houaiss.

Embora os primeiros registros da receita apareçam no século XVII, o fondue foi criado de forma rústica por camponeses produtores de leite e queijo, como uma alternativa para não passar fome durante a Segunda Guerra Mundial, já que eles residiam nos alpes na Suíça e não tinham como buscar outros alimentos nas cidades vizinhas em meio à guerra e ao frio.

Os queijos eram derretidos com vinho ou Kirsch (um tipo de destilado a base de cerejas), em uma panela. Então, mergulhavam pedaços de pão “duro” durante o preparo, como é o ritual que conhecemos hoje.

Um chefe de cozinha americano descobriu a história e começou a servi-lo em seu sofisticado restaurante em Nova York, na década de 50. Como seus clientes apreciavam bastante o prato, mas almejavam também uma sobremesa, ele criou o fondue de chocolate para complementar o cardápio.

Virou então uma iguaria (até pelo preço dos ingrediente e pela exigência de seguir o ritual com a panela apropriada com rechaud) e hoje é comercializado no mundo todo, inclusive no Brasil.

Ingredientes:

  • 300g de queijo gruyère ralado (de forma grossa)
  • 300g de queijo emmental ralado (de forma grossa)
  • 400 ml de vinho branco seco
  • 50 ml de Kirsch, Vodka ou de Conhaque Nacional  (*prefira ao Kirsch)
  • Pitada de noz-moscada
  • Pequena pitada de pimenta preta moída na hora
  • Pão italiano cortado em cubos

Como preparar:

1- Ascenda o rechaud (a chama da panela de fondue). No final da receita você precisará desta etapa pronta.

2- Corte em cubos o pão italiano.

3- Em fogo baixo, coloque uma pequena porção dos queijos e um pouco do vinho na própria panela do fondue. Mexa com a colher até o queijo derreter.

4- Ao derreter, repita o mesmo procedimento com a colocação dos queijos e vinho. Faça isto até terminar os queijos e o vinho.

5- Quando o derretimento dos queijos estiver quase finalizado, adicione o Kirsch (ou a bebida escolhida), a noz-moscada e a pimenta moída.

6- Misture tudo durante 30 segundos e desligue o fogo.

5- Leve a mistura ao rechaud, para mantê-la aquecida. 

E pronto, é só servir. Esta receita pode ser apreciada por até 4 pessoas.

Mas e o fondue de chocolate?

Como expliquei na história do fondue, a receita de chocolate não é suíça, mas ele também é bem fácil de fazer.

Ingredientes:

  • 300g de chocolate Lindt amargo ralado (de forma grossa)
  • 250 ml de creme de leite fresco
  • 1 dose de conhaque
  • Frutas da sua preferência (morango, banana e uva, por exemplo)

Como preparar:

Da mesma forma que o fondue de queijo, vá adicionando chocolate e o creme de leite e quando acrescentar a última porção de chocolate, acrescente a dose de conhaque e mexa por 30 segundos.

Está pronto! Bote no rechaud e é só se deliciar com as frutas.

😉

Comente! via Facebook