O incrível turismo de inverno em Chamonix Mont Blanc

Chamonix Mont Blanc é uma das cidades mais procuradas para esquiar durante os intensos invernos europeus, já que nela estão concentradas as melhores estações de esqui do mundo. Além de seu atrativo turismo de aventura, nela está Mont Blanc, a montanha mais alta dos Alpes e da Europa Ocidental.

+ Genebra em 3 dias: melhores passeios, chocolates, dicas

Dentre tanto charme da região cercada por Alpes, também é inevitável o elogio à animação de Chamonix, que concentra hotéis confortáveis, restaurantes com vistas deslumbrantes para a natureza, bares cheios de praticantes de esportes e lojas artesanais. Uma delícia de lugar!

Ruas de Chamonix no inverno
Paisagem de Chamonix no inverno

Chamonix no inverno

Chamonix é perfeita no inverno! Cercada por montanhas salpicadas de neve por todos os lados, ruas deliciosas de andar cheias de chalés, um comércio invernal e típico francês, restaurantes aconchegantes e visitantes animados buscando diversão (nisso não incluo apenas os jovens e os mais aventureiros, mas também famílias com crianças pequenas e idosos, que se interessam por esportes e a exuberância da natureza).

Claro, o que leva as pessoas a visitarem a cidade em uma primeira análise é a possibilidade de conhecer o grande monte branco Mont Blanc, mas o charme do lugar acaba cativando os turistas e estes retornam em outras épocas do ano.

Não fique sem internet de qualidade no exterior e nem pague pelos altos custos de roaming internacional!

Contrate agora mesmo seu chip internacional de celular e receba em casa já programado, antes mesmo de viajar. Ao usar o cupom PROMO10, você também garante 10% de desconto no site da empresa.

QUERO GARANTIR O MEU DESCONTO DE 10% NO CHIP DE CELULAR

Onde fica Chamonix

Chamonix, fica na França, mas em uma região que também faz fronteira com Itália e Suíça.

Mapa de Chamonix na Europa
Distância de Chamonix a Genebra (Suíça), Lyon (França) e Turim (Itália)

Distância de Chamonix

  • De Genebra, na Suíça, a apenas 82 km
  • De Turim, na Itália, a apenas 172 km
  • De Milão, na Itália, a apenas 240 km
  • De Lyon, na França, a apenas 224 km
  • De Annecy, na França, a apenas 101 km

Como ir para Chamonix

O mais recomendado é alugar um carro para Chamonix, porque a estrada é linda, independente do seu ponto de partida.

Contudo, também há transfers e tours de um dia, partindo de diferentes cidades (e países) para chegar a Chamonix.

Da mesma forma, dá para ir de carro ou com uma empresa especializada, para outras cidades da Europa, como Annecy (a 101 km) ou Milão (a 240 km), partindo de Chamonix.

Quem frequenta Chamonix no inverno

É mais comum encontrar franceses, italianos e suíços que residem no perímetro da cidade, aos finais de semana e feriados. Chegam pela sexta de noite e permanecem até o domingo.

Contudo, também há casos de pessoas que fazem viagens de um dia de várias cidades. Eu, por exemplo, estava em Genebra quando decidi contratar o tour de 08 horas para conhecer Chamonix Mont Blanc.

Chamonix é uma cidade cara?

Depende do seu ponto de partida (ou referência). Eu achei bem mais barata do que Genebra ou qualquer outro ponto da Suíça.

Também acho os seus preços bem mais baixos, quando considero outras metrópoles próximas, como Milão ou Lyon.

Onde se hospedar em Chamonix

Boas referências de hotéis seriam: Auberge du Bois, que é lindo e tem uma nota alta de pessoas que se hospedaram pelo Booking.com e Boutique Hotel Le Morgane, pela vista para as montanhas e piscina bastante convidativa, após um dia de temperaturas baixas.

Para outras opções de hotéis, veja abaixo o mapa digital da cidade. Nele são apresentados todos os estabelecimentos por local e preço.

Booking.com

A experiência até o topo do Mont Blanc

Quando decidi fazer o passeio até o cume de Mont Blanc, sabia que precisaria ter uma certa preparação física para subir a montanha, uma vez que a capacidade respiratória reduziria em 40%. Então, resolvi fazer um tour mais light e sem o grande envolvimento de atividades físicas.

Como Mont Blanc tem uma infraestrutura bem robusta, foi possível subir até o topo da montanha por meio de teleféricos, túneis com calefação e escadas. Não precisei escalar ou me aventurar de outra forma na neve.

Vista de Chamonix, na França
Vista de Chamonix ao chegar na cidade

Quem pode ir até o topo do Mont Blanc

Na verdade, recomendo o passeio apenas para adultos que não têm problemas respiratórios ou medo de altura. É muito alto mesmo e vi pessoas passando mal na entrada do teleférico por não conseguir avistar onde ele iria parar.

Quanto mais subimos, mais falta o ar

É verdade que quanto mais subimos, mais fica difícil de respirar, contudo, o ponto turístico oferece uma certa preparação para quem quer chegar ao topo.

Você sabia que o seguro viagem é obrigatório na França? 

Evite problemas com as autoridades e viaje com tranquilidade. Escolha agora a melhor opção de seguro viagem para você e garanta até 10% de desconto com o cupom ARESDOMUNDO.

FAZER UMA COTAÇÃO RÁPIDA

Primeiramente, o teleférico faz uma parada em Aiguille Du Midi (3842 metros) e, depois de um tempo, os visitantes entram em outro teleférico para Mont Blanc (4810 metros). Neste tempo de parada, percebi uma certa preparação do meu corpo.

Montanhas cheias de neve que avistei do teleférico no Aiguille Du Midi
Vista do teleférico entre Aiguille Du Midi e Mont Blanc

As sensações do corpo no topo do Mont Blanc

Quando o teleférico para em Mont Blanc, logo entramos num túnel quentinho e as preocupações principais sobre o frio e a nossa relação com o ar desaparecem.

Na verdade, aprendemos lá que, quando estamos parados, não sentimos falta de ar. O problema é quando andamos ou subimos os degraus naquela altitude. Qualquer pequena caminhada já é o suficiente para ficarmos ofegantes, com um pouco de vertigem ou dor de cabeça.

A recomendação, no entanto, é andar bem devagar, sem movimentos bruscos e parar sempre que possível para descansar. Fiz assim o tour inteiro e foi bem tranquilo. Só senti cansaço mesmo.

Quadro mostrando a capacidade pulmonar durante a subida para Mont Blanc
Informação sobre os níveis de oxigênio, conforme a chegada até o cume de Mont Blanc

Falando sobre a falta de ar, um dado muito interessante é que Mont Blanc (4810 metros), apesar de ser muito alto, não chega nem perto do Everest (8848 metros). Quem sobe o Everest tem a capacidade respiratória reduzida em 70%.

O que vi do topo do Mont Blanc

Lá no topo da montanha tem uma capsula de vidro, em que as pessoas entram para tirar fotos e demonstrar a sua coragem. É legal pisar num chão todo transparente e que nos passa a sensação de ser frágil, quando se tem um imenso precipício como pano de fundo.

No verão, este espaço interativo também fica aberto para os visitantes, porém, quem dá vida às montanhas são os alpinistas e os adeptos às trilhas. Aliás, dizem que Chamonix foi o berço do alpinismo, mas não se sabe se esta afirmação é verdadeira mesmo.

Capsula de vidro no topo do Mont Blanc
A minha experiência na capsula de vidro no cume do Mont Blanc

O que vestir para ir até o cume de Mont Blanc

  • Precisa usar roupas de frio especiais, pois o inverno pode machucar (e muito)! Na parte descoberta do Mont Blanc, por exemplo, recomendo, inclusive, usar itens impermeáveis, porque pode nevar lá em cima e não dá para ficar com roupas úmidas em temperaturas tão extremas.
  • Roupas e acessórios também precisam resistir a ventos fortes, que a meu ver, é o que mais incomoda. Além disso, é importante suportar temperaturas de até -50 °C (eu cheguei a pegar sensação térmica de -40 °C, por exemplo). Cuidado especial com a proteção da cabeça, pescoço, pés e mãos também, não esqueça.
  • Se for fazer esportes na montanha, opte por roupas bem coloridas, para você conseguir aparecer com facilidade no meio da neve, caso ocorra qualquer tempestade ou acidente.

Vale a pena conhecer Mont Blanc

Não fique com medo de conhecer o Mont Blanc! Só não vá se realmente tiver problemas respiratórios, medo de altura ou estiver acompanhado de crianças ou idosos mais sensíveis.

Este ponto turístico é a mais alta montanha da Europa Ocidental, como mencionei no início do post, além do mais, o Mont Blanc está presente nos melhores roteiros de turismo de luxo do mundo.

Foi incrível avistar as montanhas todas branquinhas lá de cima, sentir o friozinho na barriga por estar no teleférico mais alto do mundo e vivenciar a natureza de forma tão extrema. É aquela típica experiência que levamos para o resto das nossas vidas.

Montes com neve no topo do Mont Blanc
Paisagem tida do topo do Mont Blanc

De volta a Chamonix

Em Chamonix, ainda aproveitei o meu tempo para conhecer outros encantos da cidade. Descobri Mar de Glace e as principais estações de esqui da cidade.

Rua de Chamonix no inverno
Rua típica de Chamonix e Alpes ao fundo
Vista dos Alpes de Chamonix de uma janela
Vista de um restaurante para os montes nevados de Chamonix

Mar de Glace

Além de perambular pela cidade, recomendo, durante o inverno, um passeio a Mar de Glace. Da estação central sai um trem e, em cerca de 15 minutos, chega à atração (ingressos para um combo de atrações, incluindo o Mar de Glace, podem ser adquiridos com antecedência).

Lá pegamos um teleférico que desce um pequeno trecho até uma escadaria que parece não ter fim. Descemos uns 30 minutos sem parar, até chegarmos em uma caverna de gelo cheia de esculturas e luzes. Uma excelente experiência.

Trem no Mar de Glace e o movimento de turistas
Trem para o Mar de Glace
Escadas na neve no Mar de Glace
As escadarias para chegar à caverna de gelo

Onde esquiar em Chamonix

Chamonix é ideal para todos os níveis de esqui, desde para os que estão começando, até os mais avançados. Veja abaixo os melhores lugares para esquiar por nível.

Iniciantes

  • La Savoy
  • La Vormaine

Intermediários

  • Les Houches

Avançados

  • Brevént (em Aiguilles Rouges)
  • Aiguille du Midi
  • Les Grands Montets

Também recomendamos

Dicas indispensáveis para aproveitar os Alpes Austríacos

Como preparar e servir o fondue suíço

Checklist para a sua viagem

Hotéis, resorts, pousadas, apartamentos e casas de temporada com a missão cobrir qualquer preço e  não cobrar taxa de reserva.

Chip internacional de celular já funcionando antes de sair do Brasil. Use o cupom PROMO10 e obtenha 10% de desconto.

Passagens aéreas com preços de outlet! O app compara os preços de diferentes companhias e apresenta todas as opções, incluindo as com desconto (com preços de outlet).

Ingressos para Broadway, parques da Disney, Cirque Du Soleil e outros lugares especiais, com possibilidade de parcelar em até 10x. Use o cupom AMOFF e ganhe 2,5% de desconto nos parques da Disney e 5% de desconto em outros ingressos.

Seguro viagem com desconto de até 10% e pagamento em até 12x no cartão. Use o cupom ARESDOMUNDO.

Tours, ingressos e transfers, com os melhores preços.

Aluguel de carros no Brasil ou exterior, com preços em reais e pagamento em até 12 vezes.

Caso tenha dúvidas sobre estes ou outros serviços, acesse TERMOS DE USO.

Deixe o seu comentário