Arredores de Paris: 7 passeios imperdíveis de 1 dia

Os arredores de Paris, assim como a própria capital da França, reservam atrações imperdíveis que podem ser conhecidas em um dia.

Por isso, separei os 7 melhores passeios para serem feitos a partir de Paris. Leia este post, porque aqui você saberá mais sobre cada um destes destinos, de castelos históricos a parques temáticos, como a Eurodisney.

Château de Fontainebleau
O Château de Fontainebleau fica a 68 km de Paris

7 passeios bate e volta nos arredores de Paris

Palácio de Versalhes

Sem dúvida, o passeio mais popular entre os turistas, nos arredores de Paris, é uma ida a Versalhes, mais precisamente ao Palácio que leva o nome da cidade.

O Palácio está a 22 km do centro da capital francesa e já foi o centro do poder do país, local onde Luís XIV e a sua família moraram durante um tempo. Além de uma linda arquitetura, ele é repleto de obras de artes e um local perfeito para tirar fotos.

O Palácio tem um lindo jardim com 90 hectares, que está dentro de um parque de 800 hectares. Outro ponto bastante procurado por visitantes.

Jardim do Palácio de Versalhes
Jardim do Palácio de Versalhes

Como chegar

Existem diversas opções para chegar a Versalhes. É possível ir de trem, de carro, de ônibus comum, ou em um excursão.

Para mim, como a viagem é curta, a melhor opção de todas é ir de trem em um passeio guiado, que parte da estação Invalides, porque o tour é organizado e garante os ingressos do Palácio e do jardim, sem fila.

O passeio guiado dura 6 horas e 30 minutos  e acaba sendo muito bom ter um guia junto, porque ele dá todas as informações curiosas ao longo do caminho.

Outra vantagem deste tour é que o transporte de trem é comprado na hora, o que facilita se quisermos ficar mais no local. Preço do tour: 44 euros.

Para quem vai de carro, o trajeto é feito pela via A86. Neste caso, também dá para comprar os ingressos antecipadamente para evitar filas. Preço: 18 euros.

Mont Saint-Michel

Um dos pontos turísticos mais visitados da França, o Mont Saint-Michel, é um local que precisa estar na sua lista, em um viagem ao país.

Mesmo que você esteja em Paris e com a sua agenda de passeios lotada, vale a pena dar uma escapadinha de apenas um dia a este destino fabuloso da Normandia.

O Mont Saint-Michel é uma ilha rochosa, que recebeu o título de Patrimônio Mundial da Unesco. Ele tem apenas 0,97 km² e fica a 363 km de Paris.

Vista da montanha do Monte Saint-Michel
Monte Saint-Michel vista de dentro do complexo turístico

O Mont Saint Michel é conhecido pelo santuário que homenageia o Arcanjo São Miguel, que existe desde o ano de 708. O passeio até a ilha garante experiências bastante bacanas pelas ruelas medievais, além de excelentes restaurantes.

Como chegar

É possível chegar ao Mont Saint-Michel de carro ou com um tour. A viagem leva cerca de 4 horas e 30 minutos.

Para quem gosta de dirigir, vale a pena alugar um carro porque as estradas da França são bem sinalizadas e asfaltadas. O caminho, a partir de Paris, é feito pela via A11.

Já para quem gosta de ir relaxando durante a viagem e não quer se preocupar com nada, dá para fazer um tour de 1 dia, que sai de Paris.

O passeio é bastante completo e contempla transporte, guia, almoço e ingresso para a Abadia. Preço do passeio:145 euros.

Disney Paris

Outro lugar bastante procurado por quem vai à Cidade Luz é a Disney de Paris ou Eurodisney, como também é conhecida por muitos.

Euro Disney
Visitantes se organizando para assistir ao Disney Parade, o desfile dos personagens

O parque temático não fica exatamente na capital francesa. Está localizados nos arredores do Paris, em Marne-la-Vallée, um vilarejo localizado a 51 km da Torre Eiffel.

A Disney Paris foi inaugurada em 1992 e logo se tornou um dos destinos mais procurados por quem vai para a capital da França.

O complexo de entretenimento tem como inspiração a Disneyland de Anaheim, na Califórnia, e conta com dois parques: o Disneyland Park e o Walt Disney Studios Park.

Como chegar

É possível chegar ao complexo da Disney de carro, ônibus (direto dos aeroportos Orly e Charles de Gaulle, caso você queira ir direto ao parque, sem precisar passar por Paris), de trem (RER A) ou com um transfer, que parte do centro da capital.

Um dica que dou é comprar os ingressos para os parques com antecdência, pois o ticket também garante o transporte de ida e volta à vários pontos do centro de Paris.

Eu comprei esse ticket por 114 euros, passeio o dia todo no parque e não precisei me preocupar com o trajeto para ir e voltar depois.

Parque do Asterix

Assim como a Disneyland, o Parque do Asterix é uma ótima opção para quem busca diversão nos arredores de Paris.

Localizado em Plailly, a 37 km da capital francesa, ele é um parque temático tipicamente francês, inspirado nos personagens gauleses Asterix e Obelix, criados na década de 50 por  Albert Uderzo e René Goscinny.

asterix e Obelix
É possível tirar foto com os personagens do Asterix e Obelix no Parque (divulgação)

Este parque foi feito para pessoas de todas as idades, já que tem atrações para crianças, como um carrossel e show de golfinhos e focas e montanhas-russas para os mais velhos.

Vale destacar também o espetáculo La Légion Recrute, realizado em uma grande arena, que mostra romanos recrutando novos soldados. Tudo com bastante humor.

Como chegar

Não há uma linha de trem que vá diretamente para o parque. É possível ir apenas de carro ou de ônibus.

A viagem dura cerca de 40 minutos e, para quem não é de Paris, é possível alugar um carro para ter mais liberdade quanto ao horário de chegada e saída.

Se você preferir, também há uma excursão, que incluí o transporte de ida e volta, além dos ingressos para a atração. Preço: 75 euros por pessoa.

Já se você for de ônibus ou carro, vale a pena comprar os ingressos com antecedência, para que assim como na Disney, evite filas na bilheteria. Preço: 43 euros.

Château de Fontainebleau

Localizado a 68 km do Paris, na cidade de Fontainebleau, o Château de Fontainebleau é considerado o único castelo do país que foi habitado continuamente por 7 séculos. Ele, inclusive, foi residência de Napolão Bonaparte.

O Château de Fontainebleau é um castelo que merece um dia inteiro de visita, já que ele é repleto de obras de arte e muitos consideram o seu interior até mais bonito do que o do Castelo de Versalhes.

Interior do Castelo Fontainebleau
Interior do Château de Fontainebleau

Como chegar 

É possível ir de carro, de trem ou através de um tour.

Caso você escolha ir de carro, o caminho é feito pela via A6 e dura cerca de 1 hora e 10 minutos. Vale a pena comprar um chip internacional e ter acesso à internet para ter acesso a um GPS e não se perder na estrada.

Para ir de trem, é preciso embarcar na estação Gare de Lyon, rumo à estação Fontainebleau. O bilhete custa ceca de 8,50 euros (depende do dia e horário) e, ao chegar na cidade, é preciso pegar um ônibus para chegar ao castelo.

Se desejar ir até lá por meio de um tour, está incluído o transporte de ida e volta para Paris, o apoio de um guia, o ingresso para a atração, além de também uma visita ao Castelo de Vaux-le-Vicomte. Preço: 89 euros.

Caso você queira ir de forma independente, dá para comprar o ingresso com antecedência e ter prioridade para entrar no Castelo de Fontainebleau.  Preço: 12 euros.

Jardim de Monet 

A 75 km de Paris, ou a pouco mais de hora de viagem, está a cidade de Giverny, que é muito conhecida por estar a casa do Claude Monet, pintor francês que é reconhecido como um dos mestres do impressionismo.

E a casa onde ele morou, entre 1883 e 1936, hoje é um dos locais mais procurados da França. Vale a pena fazer um passeio para visitar o local onde ele pintava as suas obras e conhecer o jardim que serviu de inspiração para muitos quadros.

Jardim de Monet em Giverny
Jardim de Monet em Giverny

Como chegar

É possível chegar a Giverny de trem, ônbus, carro, ou através de uma excursão. Porém, para não perder tempo com o deslocamente, eu recomendo as duas últimas opções, principalmente para que vai à França pela primeira vez.

Para quem vai alugar um carro, o trajeto é feito pelas vias A13 e A14.

Se o seu desejo for fazer o trajeto sem preocupação, vale a pena fazer uma excursão, que contempla o ingreso para a atração e o transporte de ida de volta para Paris. O passeio dura 5 horas e custa 68 euros.

Reims

Uma das cidades mais charmosas nos arredores de Paris é, sem dúvida, Reims, que está na região de Champanhe-Ardenas, e onde estão algumas das principais vinícolas de champagne da França, como Mumm, Taittinger e Lanson.

Garradas de Taittinger
Garradas do champagne Taittinger, de Reims

Esta charmosa cidadezinha, que está a 150 km de Paris, foi praticamente toda destruída durante a Segunda Guerra Mundial, mas conseguiu conservar dois dos seus principais monumentos: a Catedral de Notre-Dame de Reims e Palácio do Tau.

Embora tenha conservado esses dois monumentos, sem dúvida, a maioria dos turistas vão à cidade para experimentar alguns dos melhores champagnes, do país.

Como chegar 

Ir a Reims não é uma viagem cansativa e é possível chegar à cidade trem, carro ou em uma excursão.

De trem, em um TGV (trem de alta velocidade), a viagem dura 45 minutos, até a cidade para despois buscar um transporte para as atrações.

Alugando um carro, ou em uma excursão de ônibus, o trajeto da viagem é de 150 km e feito pela via A4 e dua cerca de 1 hora e 40 minutos.

A excursão para Reims, dura 10 horas e 30 minutos e contempla, além do transporte de luxo de ida e volta para Paris e a presença de um guia, ingresso para a catedral de Notre-Dame de Reims e visita às adegas Mumm e Mercier, com degustações incluídas. Preço: 149 euros.

Gostou das dicas do que fazer nos arredores de Paris? Caso tenha dúvidas, escreva nos comentários que respondo em breve.

Também recomendo na França

Guia de Paris: o que fazer, onde dormir e dicas úteis

Lojas conceito para comprar perfumes em Paris

Hotel com vista para a Torre Eiffel: dicas e localização

Os 10 perfumes mais vendidos na França

5 lugares perfeitos para tirar foto com a Torre Eiffel

“Top 5” da Louis Vuitton para viajantes

Paris é perigosa? 5 dicas importantes de segurança

O que fazer em Chamonix, como chegar e dicas úteis

O quê falta para a sua viagem?

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *