Como visitar a Normandia, top atrações e dicas úteis

Como visitar a Normandia, no norte da França, a partir de Paris? Ir de carro, de trem ou fazer um tour? Quais são os melhores lugares para conhecer e qual a melhor época para fazer a viagem?

São estas as suas dúvidas? Caso a sua resposta seja afirmativa, veja este post completo que preparei, pois nele estão todas as respostas.

Aqui você verá os melhores lugares para visitar na Normandia, além de informações úteis e dicas de como ir e onde se hospedar, caso tenha mais tempo para destinar a esta região.

Étretat
A beleza natural de Étretat, na Normandia

O que saber sobre a Normandia

A Normandia é uma região de 29.906 km², localizada no noroeste da França. Ela é composta por várias pequenas cidades e vilarejos, onde residem cerca de 3,5 milhões de pessoas.

Onde fica a Normandia
Onde fica a Normandia no mapa da Europa

Historicamente, a Normandia existe desde o ano de 51 a.C, mas ela foi integrada “como região” apenas em 2016.

O turismo nesta região é bastante popular pela beleza das cidades medievais, fatos históricos, como o assassinato da heroína Joana d´Arc na fogueira e pelas batalhas do Dia D, que oficialmente inauguraram o fim da Segunda Guerra Mundial.

Além de, claro, o Mont Saint Michel, um dos lugares mais visitados do país, que, por si só, ja valeria a pena conhecer.

Como visitar a Normadia
Mont Saint-Michel, um dos lugares mais visitados da França

Um pouco sobre a história da Normandia

A região é composta por Baixa Normandia e pela Alta Normandia.

Cada uma destas divisões têm pequenas cidades e vilarejos, que basicamente vivem da agricultura. Aliás, outro tipo de turismo que recomendo inverstir certo tempo. Conheci uma fábrica francesa de caramelos, que produz mais de 70 tipos do doce, com o leite orgânico da região.

Mas voltando à história da Normandia…

Inicialmente, as terras da Normandia eram dominadas por celtas, mas, em 51 A.C, os romanos as invadiram. Quando o Império Romano caiu, os francos se instalaram e mais tarde foram conectados ao Império Carolíngio.

No final do século VIII, piratas vikings começaram, de forma bruta, a atacar a região. O rei Carlos, o Simples, chegou a ceder o local aos inimigos, pois militarmente não conseguiria combatê-los.

A Idade Média e o assassinato de Joana d´Arc

Na Idade Média, aconteceu a Guerra dos Cem Anos, uma importante batalha entre a Inglaterra e a França.

O conflito de 1337 a 1453 resultou em milhares de mortos, de ambos os lados, e a produção agrícola francesa foi devastada.

Joana d´Arc, a heroína e santa francesa, foi vendida aos ingleses, condenada e queimada viva neste período. O ato aconteceu em Rouen, na Praça do Velho Mercado (Vieux Marché).

Estátua de Joana d´Arc em preto e branco
Estátua de Joana d´Arc em Rouen

A Inglaterra, no final da Guerra dos Cem Anos, perdeu o interesse pelas terras do vizinho. O feudalismo e a cavalaria entraram em decadência e a França demorou muitos anos para se recuperar.

A Segunda Guerra Mundial

No século XX, durante a Segunda Guerra Mundial, novamente a Normandia passou por gigantescas destruições.

Contra as tropas alemãs, os americanos, ingleses, canadenses e franceses se uniram para conter as invasões, que se tornariam mais tarde o maior ataque marítimo da história.

A união dos países venceu a batalha, mas resultou em muito sangue e sofrimento para a população.

Até hoje acham destroços e objetos de soldados na Praia de Omaha. Turistas que vêm dos EUA choram ao visitar o cemitério dos americanos, outro ponto turístico importantíssimo para quem se interessa pelo assunto.

Cemitério na Normandia
Cemitério de soldados que lutaram na Segunda Guerra Mundial, na Normandia

Outras informações úteis sobre a Normandia

Língua

Francês, mas a maioria dos pontos turísticos da Normandia tem informações em inglês também, já que muitos americanos visitam a região.

Que tal fazer um tour completo pela Normandia em 3 dias de viagem, a partir de Paris?

O tour completo apresenta um excelente custo-benefício, pois nele está incluído o transporte de luxo + guia em português + hotéis + café da manhã e jantar! Não precisa se preocupar com nada!

O passeio inclui a visitação aos lugares mais populares da Normandia, como:

  • Rouen: local onde a Joana d´Arc foi queimada
  • Mont Saint Michel: um dos lugares mais visitados da França
  • Honfleur: passeio pela cidade medieval e seu bonito porto
  • Praias do Dia D: onde as tropas aliadas venceram as tropas nazistas de Hitler
  • Além dos lindos Castelos do Vale do Loire!

QUERO SABER MAIS SOBRE O TOUR DE 3 DIAS

vista do Mont Saint-Michel, na Normandia
Mont Saint-Michel, um dos pontos turísticos mais famosos na França

Moeda

Euro.

Fuso Horário

O mesmo da França, + 5 horas com relação ao Horário de Brasília.

Documentos necesários para conhecer a Normandia

Você sabia que o seguro viagem é obrigatório na França? 

Evite problemas com as autoridades e viaje com tranquilidade.

Escolha agora a melhor opção de seguro viagem para você e garanta um excelente desconto com o cupom ARESDOMUNDO.

Seguro Viagem: Europa
GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*
Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 24/dia*

Planejando a viagem pela Normandia

Quantos dias são necessários

Para conhecer os principais pontos turísticos da Normandia, reserve 4 dias. Porém, caso não tenha o tempo à disposição, foque nas principais atividades do seu interesse.

Quando ir à Normandia

Entre Julho e Agosto, quando é verão, a região da Normandia costuma ser fresquinha (por volta dos 22°C), mas os ventos podem ficar mais gelados durante a noite.

Nesta época, os vilarejos ficam mais cheios de turistas, pois é temporada de férias para muita gente. Então, se puder evitar o período, faça isso e vá em outra estação do ano.

Durante o inverno, a temperatura fica em torno dos 10°C e, a meu ver, faz um frio suportável, mesmo para quem está bem agasalhado.

Se você não gostar de frio, não vá neste período, pois grande parte das atrações são em ambientes abertos, mas, se não tiver outra oportunidade, não deixe de conhecer a Normandia por isso.

A única época que falaria para ter mais cuidado na escolha dos passeios seria entre Setembro a Novembro, pois há mais chances de chover, mas também acontecem chuvas rápidas.

Nenhuma outra objeção, com relação à melhor época para conhecer a Normandia. Só pontos de atenção mesmo no inverno e verão.

Como visitar a Normandia: cidade de Honfleur
A cidade de Honfleur no outono

As principais cidades da região no mapa

No mapa da França abaixo, você verá os principais lugares para conhecer na Normandia. Se você for fazer esta viagem de carro, guarde a imagem, pois já poderá usar como roteiro.

Roteiro de carro pela Normandia
Roteiro de carro pela Normandia  / Google Maps

Entendendo as distâncias entre as cidades

  1. Giverny: a 77 km de Paris.
  2. Rouen: a 125 km de Paris e a 71 km de Giverny.
  3. Étretat: a 207 km de Paris e a 87 km de Rouen.
  4. Le Havre: a 197 km de Paris e a 28 km de Étretat.
  5. Honfleur: a 185 km de Paris e a 25,1 km de Le Havre.
  6. Lisueux: a 206 km de Paris e a 37 km de Honfleur.
  7. Caen: a 238 km de Paris e a 53 km de Lisueux.
  8. Bayeux: a 264 km  de Paris e a 28 km de Caen.
  9. Praia de Omaha: a 286 km de Paris e a 50 km de Bayeux.
  10. Mont Saint Michel: a 375 km de Paris e a 152 km da Praia de Omaha.

Como visitar a Normandia

É possível conhecer a Normandia de carro, por meio de um tour ou de trem (dependendo do lugar específico que quiser visitar).

A forma mais cômoda, sem sombra de dúvida, é por meio de um tour, já que você teria o transporte, um guia e possivelmente ingressos incluídos no passeio. Contudo, de carro também é bastante fácil de se locomover entre os destinos.

Geralmente, a viagem pela Normandia é iniciada em Paris, já que há excelentes aeroportos e a capital francesa está próxima de Rouen, onde Joana d´Arc foi assassinada.

Como é um importante ponto turístico da Normandia, recomendaria que você fizesse o mesmo e começasse por Paris.

Contudo, também há o Aeroporto de Rennes e o Aeroporto de Caen, que podem suportar em alguma coisa com a viagem (mas um trajeto de avião pode custar bem mais do que um regular a Paris).

Melhores preços de passagens aéreas para Paris
Passagens aéreas saindo de
KLM GIG Rio de Janeiro CDG Paris 04 Fev 18 Fev R$ 2411 KLM GIG Rio de Janeiro CDG Paris 16 Mai 29 Mai R$ 2418 KLM GIG Rio de Janeiro CDG Paris 24 Dez 04 Jan R$ 2482 British Airways GIG Rio de Janeiro CDG Paris 11 Fev 18 Fev R$ 2553 Alitalia GRU São Paulo CDG Paris 01 Jun 15 Jun R$ 2564 Alitalia GRU São Paulo CDG Paris 02 Mai 10 Mai R$ 2564 Ver mais ofertas

De carro

Se a sua opção for conhecer a Normandia de carro, alugue um veículo com antecedência e o retire no aeroporto da sua chegada à França.

As estradas que conectam Paris a Normandia são a A13 e N12. E é delicioso dirigir nestas estradas, tanto por serem muito bem sinalizadas e asfaltadas, como também pela paisagem que nos permite conhecer um pouco da agricultura francesa.

Se você considerar conhecer a Normandia de carro, use o Google Maps como GPS, porque funciona bem na região. Só não esqueça de comprar um chip internacional, para ter acesso aos mapas de forma online.

Como visitar a Normandia de carro
Paisagens tidas em estrada da Normandia

Tours

Há excelentes tours que saem de Paris, com destino a diferentes pontos da Normandia. Se você tiver poucos dias de viagem, foque no destino de sua preferência e invista em um tour.

Veja abaixo as melhores opções para visitar a Normandia:

Excursão do Dia D, a partir de Paris: o passeio inclui transfer de ida e volta no mesmo dia, visitação às praias de batalha do Dia D, o cemitério e museu americano, além de almoço e degustação da cidra local. Preço: 169 euros por pessoa.

Tour ao Mont Saint Michel, saindo de Paris: tour de 1 dia, que sai de Paris e retorna à cidade depois. O passeio inclui transporte de luxo, almoço, guia e ingresso à Abadia. Preço: 145 euros por pessoa.

Passeio completo por Rouen + Honfleur + Praias do Dia D + Caen + Mont Saint Michel + castelos do Vale do Loire: o passeio dura 3 dias e inclui hotéis, com café da manhã e jantar. Preço: 629 euros por pessoa. Este é o tour mais completo da Normandia! Tem um excelente custo-benefício pela quantidade de lugares visitados.

Visitação à Casa de Monet, em Giverny, saindo de Paris: considera o tour com audioguia em português + ingresso da Casa Museu Monet + transporte de ida e volta de Giverny. Preço: 69 euros por pessoa.

Jardim de Monet, em Giverny
Jardim de Monet, em Giverny

Passeio ao Mont Saint Michel e Castelos do Vale do Loire, a partir de Paris: o passeio dura 2 dias e considera transporte e hotel de luxo, além de ingressos aos locais visitados, almoço e desconto em lojas. Preço: 430 euros por pessoa.

Já reservou o seu hotel na Normandia?

Encontre a melhor hospedagem para você na Normandia, seja em hotel, casa de temporada ou apartamento e conte com o suporte de uma empresa séria, sempre pronta para o atendimento, diante de qualquer necessidade.

Use o mapa digital abaixo, pois nele estão presentes todos os estabelecimentos para dormir da Normandia.

Booking.com

De trem

A partir de Paris, é possível ir de trem para várias cidades da Normandia, como: Rouen, Caen, Giverny, Le Havre, Trouville, Bayeus e Deauville.

Viajar de trem é bastante eficiente na França, porém, é preciso considerar possíveis trechos a pé, a partir da chegada na estação, até o ponto turístico. Saiba mais sobre viagens de trem pela Europa.

O que conhecer na Normandia: top atrações

Giverny

Giverny é o primeiro ponto interessante da Normandia e fica bem próximo de Paris, a apenas 77 km. A cidade é popular pela antiga residência e jardins de Monet, onde o artista viveu entre 1883 e 1936.

Uma curiosidade sobre o lugar é que o artista cultivou o seu próprio jardim e grandes obras surgiram sob esta perspectiva natural que ele tinha, de dentro de casa.

Para quem tiver interesse em visitar Giverny a partir de Paris, há um passeio bate e volta, com duração de 5 horas, que inclui ingresso, transporte e audioguia em português.

Como é o Jardim de Monet
Como é o Jardim de Monet, em Giverny, na Normandia

Rouen, a cidade de Joana d´Arc

A cerca de 125 km de Paris, fica Rouen.

Como é a cidade de Rouen
A charmosa cidade de Rouen

Na bonita cidade está a Praça do Velho Mercado (Vieux Marché), local onde a Joana d´Arc, heroína e santa francesa, foi queimada viva, em 1431.

Apesar de o turismo ter como foco Joana d´Arc, a arquitetura da cidade é inspiradora, mesmo tendo sido bem destruída durante a Segunda Guerra Mundial.

No centro histórico está a Catedral de Notre-Dame, considerada uma das mais bonitas da França, além de outras igrejas, como: Saint-Maclou e Abadia de Saint-Ouen.

Catedral de Rouen
Catedral de Rouen, considerada uma das mais bonitas da França

Na cidade, há ainda museus e uma boa variedade de restaurantes e bares, que garantem certo movimento à cidade (algo que não é tão comum em outros cantos da Normandia).

Se o destino da Normandia te interessar, há um tour de 1 dia, que parte de Paris e considera o ingresso para as principais atrações, sem filas, por cerca de 245 euros.

Étretat

Étretat é famoso por suas falésias e paisagens naturais. O local era frequentado por pintores de renome, como Monet, Gustave Coubert e Eugène Boudin.

Quem opta por conhecer a região se depara com imensos paredões de rocha, naturalmente esculpidos pelas ações da natureza.

Como é Étretat
As falésias de Étretat

Não há muito o que fazer na região, embora o cenário seja realmente deslumbrante e excelente para descansar e tirar boas fotos.

Le Havre

A apenas 28 km de Étretat, Le Havre deixa os visitantes “de boca aberta” pelo tamanho e modernidade, quando comparamos o destino com outras cidades medievais da Normandia.

Le Havre, infelizmente, foi 90% destruída durante a Segunda Guerra Mundial, por isso, ela foge um pouco dos padrões arquitetônicos.

Como é Le Havre
O Porto de Le Havre, na Normandia

Esta é uma excelente cidade para se hospedar, caso você pense em conhecer a Normandia de carro, pois nela há bastante coisa para fazer.

Você pode, por exemplo, visitar o MuMA, um museu repleto de obras impressionistas francesas, além de conhecer o Le Volcan, que é um centro cultural bastante interessante, arquitetado pelo brasileiro Oscar Niemayer.

Honfleur

Também muito próxima de Étretat e de Le Havre, Honfleur é outro destino imperdível da Normandia.

A cidade é minúscula, tendo apenas 14 km² de extensão, mas é uma delícia caminhar pelo seu porto e fazer uma refeição em um dos seus restaurantes ou cafés.

Passe ao menos uma tarde no destino e visite Honfleur.

Porto de Honfleur
Porto de Honfleur e os prédios com mais de 3 séculos de existência

Bayeux

Bayeux foi a primeira cidade libertada após o “dia D”. Como outras da Normandia, ela tem características medievais e é bem pequena. Contudo, recomendo passar por ela, pois há dois pontos turísticos muito interessantes para conhecer.

Um deles é a famosa Tapeçaria de Bayeux, que relata a conquista da Inglaterra pelos Normandos por meio de um tapete bordado, de 70 metros, criado no século XI.

Exterior do prédio onde está a Tapeçaria de Bayeux
Entrada da Tapeçaria de Bayeux

Antes de entrar no local, achei que não seria interessante, confesso. Mas acabei gostando muito porque um áudio explica a história toda da batalha, ao longo de todo o tapete. Infelizmente, não era permitido tirar fotos, fico devendo esta.

O segundo lugar para conhecer é a Catedral de Bayeux, considerada um símbolo da arquitetura romana e gótica na região. Lindíssima, por sinal.

Arquitetura gótica da Catedral de Bayeux
Exterior da Catedral de Bayeux
Arquitetura do interior da Catedral de Bayeux
Interior da Catedral de Bayeux

Mont Saint-Michel

O Mont Saint Michel é um lugar imperdível da Normandia!

Ele foi construído em cima de uma rocha cercada por águas (em período de cheias) e de areia movediça (no período de recuo).

O local é famoso porque ali foi construído um Santuário e uma abadia, que homenageiam o Arcanjo São Miguel.

vista do Monte Saint-Michel, na Normandia
Mont Saint-Michel, na Normandia

O Mont Saint-Michel é um dos pontos turísticos mais populares da França e uma excelente opção para quem gosta de andar por ruelas medievais, arquitetura, história ou aprecia a religião católica.

Arquitetura medieval do Monte Saint-Michel
Vista ao caminhar pelo interior do Mont Saint-Michel

Devido à distância, se você estiver indo por conta própria, recomendo hospedagem no próprio Mont Saint-Michel, contudo, dá também para fazer um tour, a partir de Paris.

Praia de Omaha

O “Dia D” foi uma ação coordenada entre países aliados Estados Unidos, Canadá, França e Inglaterra, que tinha como objetivo exterminar as tropas nazistas de Hittler.

A batalha aconteceu simultaneamente em vários pontos da Normandia, como Sword, Juno, Gold, Omaha e Utah,  mas um dos locais que mais simboliza o confronto é a Praia de Omaha.

Placa na Praia de Omaha
Praia de Omaha, na Normandia

A beleza natural da extensa faixa litorânea, de fato, não consegue esconder o sangue derramado em 06 de Junho de 1944.

Mais de 100 mil pessoas morreram no conflito!

Rua e casa na Praia de Omaha
Praia de Omaha, na Normandia

Segundo fui informada por um francês residente na região, ainda hoje é possível encontrar vestígios de armamentos e objetos pessoais de soldados presentes na batalha. As crianças, que brincam na areia, são mestres em achar novos pertences.

Alguns historiadores afirmam que a vitória dos países aliados nesta batalha foi muito importante para o fim da Segunda Guerra Mundial, pois, a partir desta data, outros países passaram a ser libertados do domínio alemão.

Monumento ao Dia D, na Praia de Omaha
Monumento na Praia de Omaha

Ainda hoje, por toda a Normandia, é possível notar residências e estabelecimentos com a bandeira de todos os países aliados. Um sinal de respeito e memória à vitória.

Do meu ponto de vista, conhecer o turismo de guerra desta região da Normandia é uma experiênca incrivelmente rica. Recomendo fortemente um tour com um guia local.

Caso você queira fazer um tour a partir de Paris, veja esta opção.

Colleville-sur-Mer

A menos de 10 km da Praia de Omaha, estão o Museu Overlord e o Cemitério e Memorial Americano, que são fundamentais conhecer para entender a profundidade da batalha do Dia D.

Tanques de guerra na frente do Museu Overlord
Frente do Museu Overlord

Muito além de um cemitério, há um belíssimo memorial, onde é mostrada a vida de alguns soldados e pertences de guerra.

Além disso, a batalha do Dia D é explicada nos mínimos detalhes.

Exposição no Cemitério e Memorial Americano, na Normandia
Cemitério e Memorial Americano
Placa com fotos e texto sobre o dia D
Explicações sobre o dia D e a Batalha da Normandia

Americanos costumam visitar o local com bastante frequência, afinal o “dia D” foi o maior ataque marítimo da história. Contudo, é comum ver visitantes de outras origens.

Arte no Cemitério e Memorial Americano, na Normandia
Cemitério e Memorial Americano, na Normandia
Cemitério de americanos, na Normandia
Americanos mortos na batalha do dia D

Apenas a título de curiosidade, cada país que lutou na guerra construiu o seu próprio cemitério na região, há inclusive o alemão.

Pointe Du Hoc, entre a Praia de Omaha e Praia de Utah

Este foi um dos pontos que mais me impressionaram, em relação à batalha da Normandia.

Buraco no campo, causado por bomba
Buraco causado por um bombardeio aéreo
Vestígios da Segunda Guerra Mundial na Normandia
Ruínas de um bunker alemão, no Pointe du Hoc

No local estão antigos bunkers alemães, que armazenavam armas, e um campo verde cheio de crateras causadas por bombas aéreas, que caíram durante a Segunda Guerra Mundial.

Além de ter algumas informações sobre o “dia D”, os visitantes podem assistir algumas cenas do filme “O Resgate do Soldado Ryan”, que retrata bem muitos pontos da batalha e da própria região.

Carentan

Para conhecer o lado agrícola da Normandia, recomendo passar pelo mercado popular de Carentan, que acontece toda segunda-feira, na parte da manhã, no centro da cidade.

Lá são vendidos produtos frescos da região, roupas, sapatos, animais, tudo meio bagunçado, mas interessante, sob o ponto de vista do consumo.

Feira de rua, em Carentan
Mercado popular de Carentan

Isigny

Vale a pena passar também por Isigny, local de origem da família de Walt Disney.

Placa sobre a origem de Walt Disney, na França
Placa no jardim de Isigny, mostrando a origem da família Disney

Além do jardim, que homenageia a família, há uma fantástica fábrica de caramelos. Dizem na região, inclusive, que eles inventaram o doce.

E vou te dizer uma coisa. É delicioso!

Produtos feitos com caramelo, na Normandia
No interior da loja de fábrica, na França

Gostou das dicas de turismo para conhecer a Normandia? Qualquer dúvida ou se quiser comentar algo, escreva abaixo, que logo respondo! 😉

Também recomendo na França

Paris de noite: 7 atrações imperdíveis e curiosas

Guia de Paris gratuito: atrações, mapa do metro e dicas

Arredores de Paris: 7 passeios imperdíveis de 1 dia

5 lugares perfeitos para tirar foto com a Torre Eiffel

Disney Paris: como ir, ingresso com desconto e hotéis

Paris é perigosa? 5 dicas importantes de segurança

Onde comprar perfume em Paris: as 7 melhores lojas

Hotel com vista para a Torre Eiffel: dicas e localização

O que fazer em Chamonix, como chegar e dicas úteis

O quê falta para a sua viagem?

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

  1. Avatar
    Angela
    16/09/2018

    Vc acha que em 7 dias consigo conhecer a Normandia?

    • Leda De Luca
      17/09/2018

      Consegue, sim. Depende do que você quer fazer lá e da sua velocidade/foco. Este roteiro, em especial, seria tranquilo. Fiz em 5 dias.