Eslovênia em 3 dias: melhores atrações, hotéis e dicas

A Eslovênia é um pequeno país localizado no Leste Europeu (entre a Itália, Áustria, Hungria e Croácia). Ele é popular pelas suas montanhas, castelos medievais, lagos e cavernas cheias de brilhantes.

+ Budapeste, outra incrível cidade para conhecer em poucos dias

Devido à sua rica proposta de turismo, excelente localização e por ser um destino “barato”, quando comparado com outros países europeus, tem se tornado popular nas viagens de brasileiros ao Velho Continente.

Você sabia que o seguro viagem é obrigatório na Eslovênia? 

Evite problemas com as autoridades e viaje com tranquilidade. Escolha agora a melhor opção de seguro viagem para você e garanta até 10% de desconto com o cupom ARESDOMUNDO.

Seguro Viagem: Europa
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 19/dia*
AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA Assistência médica USD 50.000 Bagagem extraviada USD 600 (COMPLEMENTAR) R$ 9/dia*

Quanto tempo é necessário para conhecer a Eslovênia

A Eslovênia é um país pequeno mesmo. Tem apenas 20. 273 km². Tranquilamente, dá para conhecê-la entre 3 a 5 dias de viagem (dependendo do seu ritmo). No meu caso, foram necessários 3 dias.

Vista do Castelo de Ljubljana
Castelo de Ljubljana, na Eslovênia

Como ir para a Eslovênia

Quando decidi ir para a Eslovênia, estava em Verona, na Itália (a uma distância de 340 km). Eu fui de Go Opti para a capital Ljubljana, mas também poderia ter alugado um carro, já que as estradas são excelentes e para percorrer as regiões turísticas é exigido um grande deslocamento (ou o turista usa seu próprio carro ou precisa contratar uma empresa local para fazer passeios).

A melhor forma de alugar carro no local e com garantia de parcelamento em até 12 vezes!

A Rentcars.com compara o preço de veículos de mais de 100 locadoras, em qualquer lugar do mundo, e apresenta os preços em reais. Ela também disponibiliza a opção de parcelamento em até 12 vezes e sempre que há disponibilidade, oferece benefícios, como: km gratuito, segundo condutor sem custo, upgrade de cortesia, entre outros itens de confortos que tornam a experiência mais prazerosa.

QUERO APROVEITAR PARA ALUGAR O MEU VEÍCULO AGORA

De Veneza, a viagem de carro à capital Ljubljana também não seria longa (apenas 299 km) e menos ainda de Zagreb, na Croácia (apenas 140 km, considerando o mesmo tipo de transporte).

Claro que você poderia considerar ir de avião também, inclusive, de distâncias maiores, como de Budapeste, na Hungria, a 470 km, ou de Viena, na Áustria, a 380 km. O aeroporto internacional, no caso, é o Jože Pučnik de Liubliana. Ele fica na cidade de Zgornji Brnik, mas serve a cidade de Liubliana.

+10 dicas infalíveis para comprar passagens aéreas baratas

Quando ir para a Eslovênia

Durante o verão, as pessoas costumam sair mais para as ruas e serem mais festivas, contudo, eu fui à Eslovênia durante o inverno e tive uma maravilhosa experiência. Não deixei de conhecer os principais pontos turísticos e vi outros tipos de paisagens (inclusive no parque Tivoli e lago de Bled, que são áreas abertas).

Entre a Primavera e o Outono, os dias podem parecer mais longos porque o sol demora mais para se pôr. Mas também não acho que seja um grande diferencial porque, mesmo no inverno, via bastante gente nas ruas durante a noite.

Primeiras impressões de Ljubljana

A minha experiência na Eslovênia começou pela cidade de Ljubljana (por sinal, se lê Liubliana/ troca o “j” por “i”). Fiquei hospedada por lá durante toda a minha permanência no país, pois da capital saiam vários tours para os castelos e cavernas e, como informei acima, não tinha alugado carro.

Logo no primeiro contato visual, Ljubljana já me impressionou. Parecia que estava entrando em Praga ou Budapeste. Talvez, pela cidade ser pertencente ao Leste Europeu faça sentido alguma similaridade.

Prédios de uma rua em Ljubljana
Rua típica na Eslovênia

A lenda do Dragão em Ljubljana

Segundo uma lenda, a cidade foi fundada por um dragão que residia no Castelo de Ljubljana. Por muito tempo, este animal assustava por ser feroz e cuspir fogo na população. Porém, um dia ele se apaixonou por uma fêmea e tiveram um filho, fato que contrariou todas as vontades do pai.

Este dragão está presente em todos os cantos. Em uma das pontes mais famosas da cidade, a Zmajski most (ou Ponte do Dragão), no Castelo de Ljubljana, no souvenir mais procurado da região ou no próprio brasão do país.

Ponte do Dragão na Eslovênia
Ponte do Dragão em Ljubljana
Dragão de Ljubljana e Castelo na montanha
Detalhes do Dragão

Principais pontos turísticos de Ljubljana

Falando em ponte, na cidade vale a pena passar pelas 4 principais, pois cada uma tem uma história e uma diferente arquitetura para conhecer.

Uma das mais fotografadas é a Ponte Tripla. Muito interessante ver que existem 3 pontes lado a lado, que conectam a parte nova e a velha de Ljubljana exatamente no mesmo lugar.

A ponte mais antiga é de 1280, a segunda é de 1842 e a terceira e mais recente é de 1929. Ao invés dos arquitetos modernizarem a primeira ponte, resolveram construir uma nova (e outra mais nova ainda) para não mexer na arquitetura da primeira (e segunda, posteriormente). Quem sabe no futuro ainda teremos outra ponte por lá (risos).

Ponte Tripla no centro de Ljubljana
Ponte Tripla em Ljubljana

A Butchers´ Bridge é a mais moderna e nova de Ljubljana. O chão é de vidro e o público local incentiva os casais apaixonados a colocarem os cadeados de amor, como uma forma de registrar a sua passagem pela cidade.

Butchers´ Bridge e os cadeados do amor
Butchers´ Bridge em Ljubljana

Castelo de Ljubljana

O Castelo de Ljubljana é outro ponto que merece uma visita tranquila. É possível conhecê-lo sem custo indo de carro, mas, se for a sua primeira visita, eu recomendo comprar o ticket inteiro, que oferece o trajeto de teleférico ida e volta e outras atrações.

Como todo bom Castelo, este oferece várias vistas lindas da cidade e região. Aliás, um dos pontos de observação é bem próximo à saída do teleférico.

Um outro local que achei ótimo também está nos fundos da construção. Subi uns 5 andares em escada caracol dentro de uma torre e cheguei ao topo.

Além da vista, claro, a história do Castelo é encantadora. Por muitas gerações, civilizações inteiras e até cavaleiros medievais residiram dentro desta estrutura. A evolução do país e a sua recente independência, em 1991, fez com que o Castelo fosse fechado e apenas reaberto para visitação.

Os melhores lugares para visitar dentro da área do Castelo, a meu ver, foram a antiga prisão e a Torre.

Interior do Castelo de Ljubljana na Eslovênia
Interior do Castelo de Ljubljana e vista para a cidade

Parque Tivoli

Saindo do Castelo, recomendo uma boa caminhada pelo Parque Tivoli. Mesmo no inverno, achei muito bonito o contraste da neve com as árvores.

Neste lugar dá para observar bastante o estilo de vida esloveno durante as horas vagas. As pessoas praticam esportes, mesmo com temperaturas nada convidativas, os cães se divertem rolando no chão branquinho e as as crianças pequenas correm felizes e escorregam pelos morros de neve com seus pais.

Parque Tivoli no inverno
Parque Tivoli em Ljubljana
Esportes de inverno em Ljubljana
Diversão em Ljubljana durante o inverno

Compras em Ljubljana

Nas andanças pela cidade, vale a pena se perder nas ruelas charmosas de comércio. Eu adorei conhecer o artesanato local e também as luxuosas lojas de departamento. Os vendedores e atendentes dos serviços públicos e privados são muito educados e cordiais com os turistas.

Em termos de compras, vale a pena prestar atenção no artesanato, mas também há peças interessantes de vestuário e decoração nas lojas de departamento de Ljubliana.

+ Saiba como receber o imposto das compras de volta na Eslovênia com o Tax Free

Rua comercial em Ljubljana
Típica rua de comércio em Ljubljana

Também recomendo uma visita à Trg Republike Square. Ali existem vários locais interessantes para conhecer, porém, alguns exigem que sejam feitas reservas com antecedência.

Postojna e a caverna mais visitada da Europa

Como as distâncias são muito pequenas na Eslovênia, fiz um tour de um dia de Ljubljana à Caverna de Postojna e ao Castelo de Predjama.

A cidade de Postojna, bem como muitas outras da Eslovênia, parece um pequeno vilarejo para quem reside em um lugar com mais de 100 mil habitantes. A grande atração e também o motivo do passeio foi a Caverna de Postojna, a mais visitada da Europa.

A caverna é tão grande que parte do tour é feito de trem. Ok, no passado todo o percurso acontecia a pé, porém, demorava mais de 4 horas para conhecer o básico. Então, o trem, além de tornar o passeio ainda mais divertido, otimiza o tempo.

Na segunda parte do tour (a pé), guias especializados indicam o caminho explicando os detalhes da caverna. Vi estalactites e estalagmites de milhões de anos, de cores claras e escuras e em diferentes formatos.

Em algumas partes tem muitos pontos brilhantes e, segundo fui informada pela equipe que trabalha no local, são diamantes. Será mesmo? Achei estranho estarem ali ainda.

Rocha com brilhantes na Eslovênia
Formações rochosas com brilhantes

Muito distante do que pensam, a caverna é toda iluminada, com túneis largos e nada claustrofóbicos.

Em algumas partes até têm lustres de cristais e pontes que foram construídas pelos russos durante a Primeira Guerra Mundial. Enfim, o ser humano mexeu bastante nela, mas não perdeu o charme.

Tour no interior da Caverna de Postojna
Interior da Caverna de Postojna
Presépio iluminado dentro da Caverna
Presépio dentro da Caverna de Postojna

Castelo de Predjama

Não tão longe da Caverna de Postojna (a 11 km), visitei também o Castelo de Predjama, um dos pontos turísticos mais presentes em livros de turismo de luxo, quando o assunto é castelo pitoresco ou a própria Eslovênia.

Muitos dizem que este é o castelo mais bonito da Eslovênia, e eu também achei o mais interessante de todos.

Castelo de Predjama na Eslovênia
Castelo de Predjama

A construção é do século XIII e inicialmente era bem pequena. Com o passar do tempo, foram anexando partes e mais partes e virou esta grande obra.

A arquitetura realmente impressional

O que mais me chamou a atenção por fora é a criação em si. Essas rochas são altas e, naquela época, não tinha tanta tecnologia assim. Ele realmente parece que surgiu das rochas ou de um conto de fadas, se você analisar pelo lado romântico da construção.

Por dentro, ele é muito frio e isso se deve ao fato de não existirem paredes de trás em alguns cômodos – quer dizer, estas seriam as próprias rochas da caverna. Durante o passeio, visitei alguns desses aposentos, onde bonecos e móveis ilustram a antiga rotina dos seus moradores.

A engenharia para aquecimento e o escorrimento da água das chuvas me chamaram bastante a atenção. A fumaça do fogão, por exemplo, passava entre as paredes da caverna para esquentar os ambientes.

Interior do Castelo de Predjama na Eslovênia
Interior do Castelo de Predjama
Móveis no interior do Castelo de Predjama
Ambientes preservados e com móveis

Outra parte interessante do passeio foi conhecer a área de tortura dos inimigos. Eles penduraram um boneco para mostrar um método típico da época.

Boneco ilustrando tortura na Eslovênia
Demonstração do método de tortura da época

Os aposentos dos guardas e funcionários da caverna também me pareceu curioso, pois eram integralmente dentro da caverna, num dos pontos mais altos do castelo.

Bled

Outro passeio que recomendo é um tour de um dia de Ljubljana a Bled. Só para vocês terem uma ideia, Bled fica a 54 km da capital. Bem pertinho mesmo.

Morri de amores pelo Lago de Bled e o Castelo! A cidade é muito bonita mesmo! Como havia visto em fotos, imaginava que veria o lago central refletindo a famosa ilha, mas tive o prazer de ir além e andar por ele congelado.

Havia 7 anos que o lago não congelava e a surpresa foi tão comemorada pelos moradores e visitantes, que todos começaram a patinar sobre ele, transformando-o em um ringue gigante de patinação. Turismo de inverno tem muitas surpresas ocultas…

Lago de Bled congelado e Bled ao fundo
Lago de Bled congelado
Patinadores no Lago de Bled
Patinação no Lago de Bled congelado

Também vale a pena em Bled

Fui ao Castelo de Bled também, mas, por ter conhecido dois outros castelos bonitos na Eslovênia, este não me chamou muito a atenção. Nele tinham uns atores que imitavam artesãos da época e estes faziam souvenirs com um método medieval.

Visitei o museu e alguns ambientes também, mas o meu lugar preferido foi o terraço, pois vi a cidade inteira de Bled e o lago congelado estava lindo no fim do dia.

Aliás, recomendo passar uma noite em Bled. É adorável caminhar pela parte comercial durante a noite e tanto os restaurantes quanto os hotéis são bem charmosos.

Lago de Bled e o pôr do sol
Vista do Castelo de Bled

Para fechar a viagem com chave de ouro, experimentei o tradicional bolo de creme da região. Foi divino! O inverno não atrapalhou e, hoje, tenho maravilhosas lembranças sobre o país.

Onde se hospedar na Eslovênia

Eu recomendo o Best Western Premier Slon, porque realmente tive uma hospedagem bem confortável, no coração de Ljubljana, e não paguei muito por isso. Contudo, outras opções na cidade seriam o InterContinental ou o Hotel Lev.

Já em Bled, procure pelo Grand Hotel Toplice, da Small Luxury Hotels.

Caso queria outras sugestões para a sua hospedagem (seja hotel, apartamento ou casa de temporada), veja abaixo, no mapa virtual da cidade, todos os estabelecimentos. São mostrados por localização e preço.

Booking.com
Caso tenha alguma dúvida sobre a Eslovênia, deixe aqui o seu comentário ou nos mande uma mensagem no WhatsApp. 🙂

Também recomendamos

Onde beber cerveja em Praga

7 fantásticos castelos para se hospedar na Europa

4 dias em Praga: guia completo para não faltar nada

Checklist para a sua viagem

  • Hotéis, resorts, pousadas, apartamentos e casas de temporada com a missão cobrir qualquer preço e não cobrar taxa de reserva.
  • Chip internacional de celular com desconto já funcionando antes de sair do Brasil. Use o cupom PROMO10, obtenha 10% de desconto e se livre da roaming internacional.
  • Passagens aéreas promocionais e dois destinos internacionais pelo preço de um! O melhor buscador de passagens aéreas para brasileiros.
  • Ingressos para Broadway, parques da Disney, Cirque Du Soleil com desconto e a possibilidade de parcelar em até 10x sem juros. Use o cupom AMOFF.
  • Seguro viagem com desconto de até 10% e pagamento em até 12x no cartão. Use o cupom ARESDOMUNDO.
  • Tours, citypasses com desconto, ingressos e transfers  para qualquer lugar do mundo.
  • Aluguel de carros no Brasil ou exterior, com preços em reais e pagamento em até 12 vezes. Use o cupom OUTUBRO6OFF.

Deixe o seu comentário