O que fazer em Bled, como chegar e onde dormir

O quê fazer em Bled, durante uma viagem pela Eslovênia? Vale realmente a pena visitar o destino? E como ir para lá, a partir de Ljubliana? Onde dormir?

Se estas são as suas principais dúvidas, veja este post, pois você terá todas as respostas para planejar a sua viagem da melhor forma ao destino.

Como é Bled
Vista noturna do Lago de Bled

O que saber sobre Bled

É uma das cidades mais importantes da Eslovênia, pequeno país localizado no Leste Europeu. Ela tem apenas 188,5 km² e nela vivem 8.171 pessoas, segundo a última medição realizada em 2014.

A cidade fica a apenas 54 km de distância da capital Ljubjana e é popular pelo: Lago de Bled, Castelo de Bled e seus cânions. 

Em uma viagem pela Eslovênia, Bled é um destino que não pode ficar de fora, de forma alguma, pois é um dos lugares mais bonitos e interessantes do país.

Além disso, a Eslovênia como um todo, é um país bastante barato para conhecer, quando comparamos com outros destinos da Europa.

Bled é uma cidade pequena
A cidade de Bled é bem pequena, quase um vilarejo.

Bled é perto de onde

Ela é perto, não apenas da capital da Eslovênia, mas de outras cidades populares na Europa.

De Veneza, na Itália, por exemplo, fica a apenas 289 km. Já de Zagreb, na Croácia, a apenas 202 km.

Já de Innsbruck, a barata cidade dos Alpes Austríacos, a 401 km e de Budapeste, outra famosa cidade do Leste Europeu, a 516 km.

Bled no mapa
Bled no mapa, com outras cidades interessantes nas proximidades  /Google Maps

Outras informações úteis de Bled

Língua: esloveno. Poucas pessoas falam inglês, mas não se preocupe, pois os eslovenos são muito cordiais e recebem bem os turistas.

Moeda: Euro

Fuso horário: +4 horas com relação ao Horário de Brasília

Documentações necessárias para visitar: não é preciso visto, apenas os documentos padrões para visitar a União Europeia. Contudo, fique atento, pois, a partir de 2022, a Eslovênia passará a exigir o Etias.

Você sabia que o seguro viagem é obrigatório na Eslovênia? 

Evite problemas com as autoridades e viaje com tranquilidade. Escolha agora a melhor opção de seguro viagem para você e garanta um excelente desconto com o cupom ARESDOMUNDO.

Seguro Viagem: Europa
GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*
Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 20/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*

Planejando a sua viagem para Bled

Quantos dias ficar 

Recomendo ficar entre 1 e 2 dias, pois a cidade é pequena e dá para conhecê-la rapidamente.

Vale a pena, inclusive, se hospedar em Bled por uma noite, pois é delicioso andar em volta do lago quando escurece e conhecer a culinária local sem pressa.

Como ir para Bled

Você pode ir ao destino, por meio de avião, de um tour de um dia, de carro ou de trem.

Conhecendo Bled
Um dos pontos de parada do meu tour em Bled

De avião

De avião, somente pode valer a pena se você já estiver em outro lugar da Europa, pois não há voos diretos do Brasil para a Eslovênia.

O aeroporto mais próximo se chama Lesce Airport (LJBL) e fica a 6,8 km, do Lago de Bled.

Sinceramente, é mais fácil encontrar voos para o Aeroporto de Ljubjana, do que para o Lesce Airport.

Além disso, dá para contratar um transfer entre as duas cidades, sem qualquer “dor de cabeça” com o deslocamento.

Contratando um tour de um dia

Esta é a  forma mais comum de ir a Bled, a partir de Ljubjana.

Eu contratei um tour de um dia completo, que também considerava a Caverna de Postojna e, sinceramente, foi excelente o passeio! Deu para conhecer bem os principais pontos turísticos da Eslovênia, já que o país é bem pequeno.

Os melhores tours para Bled são:

Tour para Bled e a Caverna de Postojna: o passeio dura 10 horas e inclui o tradicional barco “pletna”, em Bled, além do popular castelo da cidade.

No tour também é considerado o transfer de ida e volta a Ljubjana, além da degustação de petiscos e bebidas locais. Preço: 88 euros.

Excursão apenas para Bled: o tour guiado dura 5 horas e meia e passa pelas paisagens mais pitorescas e principais pontos turísticos da cidade de Bled. Ao final, retorna para Ljubjana. Preço: 55 euros.

Passeio por Bled e Bohinj: com transfers de ida e volta, o tour passa pelos principais pontos turísticos de Bled, além das paisagens de cartão-postal de Bohinj. Depois de 10 horas, o passeio é finalizado em Ljubjana. Preço: 67 euros.

Caso você queira fazer um tour de um dia a partir de outro destino, veja na Get Your Guide outras opções.

Carro 

Se você preferir ir de carro, alugue o veículo com antecedência e o retire no seu local de partida.

Reparei que as estradas da Eslovênia são excelentes e muito bem sinalizadas, por isso, não acho que seja difícil ir de carro.

A estrada que deve ser pega entre Ljubjana e Bled é a A2/E61 e você pode usar o Google Maps como GPS.

Apenas recomendo, neste caso, que você compre um chip internacional de celular, para ter internet de qualidade durante o percurso e não se perder.

Trem

Para ir de trem de Ljubjana, vá à estação TRG Osvobodilne, em direção a Jesenice e desça na Lesce Bled, que fica a 1,5 km do destino.

Este trajeto dura cerca de 1 hora (sem contar a caminhada necessária até a parte turístuca). O trem sai de hora em hora.

Também há outra estação no município, que é a Bled Jezero, e a viagem até esta estação chega a demorar 2 horas.

No caso, opte pela primeira estação que é melhor.

Transporte na Eslovênia
Trem na Eslovênia

Onde se hospedar

Se você tiver a intenção de passar uma ou mais noites na cidade, opte por hotéis próximos ao Lago de Bled, para aproveitar ao máximo a sua viagem à cidade.

Como mencionei anteriormente, a Eslovênia é um país bastante barato e vale a pena investir em hospedagens de luxo, pelo custo-benefício mesmo.

As melhores opções para hospedagem são:

Grand Hotel Toplice, da Small Luxury Hotels: o 5 estrelas com vista e acesso ao Lago de Bled é um dos hotéis com melhor localização.

Ele oferece suítes com varanda, café da manhã com produtos frescos, além de piscinas e áreas de relaxamento. Preço: a partir de 190 euros a diária para 2 pessoas.

Appartment Tristan: este apartamento duplex faz sucesso entre os hóspedes, por ser confortável, limpo e ficar a apenas 4,1 km do Castelo de Bled. Preço: 120 euros.

Vila Bled: a vista do Vila Bled é deslumbrante, de um Conto de Fadas mesmo. O hotel era a casa de veraneio do Presidente Tito.

O estabelecimento oferece, entre as tantas comodidades, spa de luxo e wi-fi grátis. Preço: a partir de 190 euros.

Caso queira analisar outras possibilidades de hospedagem, seja em hotel ou em apartamento, veja abaixo todas as opções disponíveis em Bled.

Booking.com

O que fazer em Bled

As principais atrações são: o Lago de Bled e o Castelo de Bled, contudo, quando a gente pensa na beleza natural e arquitetônica da cidade, a gente acaba encontrando muitas outras coisas para se fazer, ou também “razões para não fazer nada” e só curtir as bonitas paisagens.

Lago de Bled

Fiquei apaixonada quando eu vi o Lago de Bled pela primeira vez!

O cenário que serviu de inspiração para tantas histórias infantis é absolutamente encantador.

Lago bonito na Europa
Bled durante o inverno, refletindo os Alpes Julianos cheios de neve

No lago turquesa, que reflete os Alpes Julianos, há uma ilha bem no centro, onde está a Igreja Peregrina da Assunção de Santa Maria, um pequeno museu, restaurante e sorveteria.

Ilha do Lago de Bled de perto
Ilha do Lago de Bled de perto

A ilha foi ocupada por eslavos, por volta do século 11 a.C, mas hoje é um lugar bastante orientado para o turismo e ninguém mora aí.

Para visitar a ilhota é necessário pegar uma pletna, que é uma pequena embarcação local, disponível em várias partes do lago.

O que fazer em Bled, o passeio com Pletna
Pletna, a típica embarcação usada no Lago de Bled para chegar a ilha

Sempre deixe para comprar na hora este passeio, pois os barcos podem não estar disponíveis no dia da sua visitação à cidade. O ingresso custa 14 euros por pessoa.

No meu caso, eu fui no inverno à Bled e o lago estava completamente congelado! Logo, o serviço dos barquinhos não estava funcionando, mas, em contrapartida, pude chegar à ilha andando, risos.

Passeio de barco no lago de Bled
Com o lago congelado, não pude passear de barco

Foi sorte mesmo chegar andando a ele, pois havia 7 anos que o lago não congelava e as pessoas, assim que souberam, correram para patinar.

Ilha no meio do lago
Pessoas chegando a pé no na ilha do Lago de Bled

No verão, é muito comum ver pessoas nadando até a ilha também, mas só recomendo se você tiver um bom preparo físico.

Castelo de Bled 

Se a princesa do Conto de Fadas não morar na ilha no meio do lago, certamente, ela mora no Castelo de Bled, outro lugar indispensável para conhecer.

Do Castelo é possível ter a melhor vista de todas do lago, além de ser possível avistar com precisão os Alpes Julianos e de outros cantos da cidade.

Vista do Lago de Bled
A melhor vista da cidade pode ser tida no Castelo de Bled
Pôr do sol em Bled
Pôr do sol em Bled, o melhor horário para tirar fotos no Castelo de Bled

Na minha opinião, este não foi o castelo mais bonito que visitei na Eslovênia, mas não deixa de ser um lugar bastante interessante para conhecer, afinal de contas, não é todo dia que a gente encontra um castelo medieval para entrar, né?

O Castelo de Bled é importante, pois é o mais antigo da Eslovênia. Ele fica no topo de uma montanha de 130 metros de altura, que é possível ser avistada de vários lugares da cidade.

Castelo de Bled de perto
Castelo de Bled no topo da montanha
O passeio dentro do Castelo

Dentro da área do Castelo há zonas interativas que apresentam a cultura eslovena sob diferentes aspectos.

um museu, uma pequena capela, um bonito restaurante, uma galeria de artes, uma adega e algumas lojas de souvenirs, onde vi artesãos vestidos com roupas medievais, fazendo verdadeiros shows para mostrar o seu artesanato.

Loja de souvenir dentro do Castelo de Bled
Loja de souvenir dentro do Castelo de Bled, mostrando a imprensão com letras de chumbo

O que mais gostei no ponto turístico foi a vista para a cidade e os pátios internos, que mostram a arquitetura Românica da construção.

Castelo mais antigo da Eslovênia
Um dos pátios do Castelo de Bled, o castelo mais antigo da Eslovênia

Curtir a natureza

Morro Straza

Como disse anteriormente, fui no inverno para a Eslovênia e, no Morro Straza, tinham montado uma pequena estação de esqui. Mas no verão também há atrações no local.

Se você estiver fazendo um tour de um dia, certamente, não terá tempo de conhecer o local, mas em 2 dias já é possível planejar uma visita.

Vintgar Gorge

Para quem gosta de trilhas, este é um lugar bastante popular entre os eslovenos, que você pode conhecer.

O passeio é pura natureza e, depois da caminhada, há uma cachoeira (spoilerzinho). Eu não fui, pois estava muito frio no dia, mas recomendo a visita se a temperatura estiver boa.

Vintgar Gorge
A natureza de Vintgar Gorge

Alias, se você tiver interesse em conhecer melhor a natureza da cidade e região, dá uma olhada nestes passeios:

Depois de uma experiência maravilhosa em Bled, eu comi o tradicional bolo de creme da cidade.

Faça isso você também! É uma excelente forma de “fechar com chave de ouro” a viagem!

Gostou das dicas de viagem sobre Bled? Deixe o seu comentário! 🙂 

Também recomendamos pelo Leste Europeu

O que fazer em Liubliana, Caverna Postojna e arredores

3 dias em Budapeste: top atrações, hotéis, história e dicas

Onde se hospedar em Budapeste: dicas em Buda e Peste

3 ou 4 dias em Praga: o que fazer, onde comer e dormir

Onde se hospedar em Liubliana: hotel de luxo barato

Szechenyi Baths: a piscinas públicas mais famosa de Budapeste

Cerveja em Praga: tours, melhores cervejarias e marcas

O quê falta para a sua viagem?

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *