O que fazer em Vicenza, onde comer e se hospedar

O que fazer em Vicenza? Esta é uma pergunta comum para viajantes que vão à região do Vêneto, na Itália, pois a pequena cidade disputa a atenção com cidades populares, como Veneza e Verona.

Mas eu passei 21 dias da minha vida nesta pequena cidade da Itália, porque fiz um curso de inovação na Fondazione CUOA e, hoje, posso afirmar que Vicenza é um dos melhores lugares para conhecer neste canto do país.

Se você estiver pensando em passar um dia a passeio, ou se for um estudante que também pretende fazer um curso na região, veja este post, pois vou dar todas as dicas sobre a cidade!

Aqui você vai descobrir que ela tem vários pontos turísticos interessantes, excelentes lugares para comer e fazer compras, afinal, Vicenza está próxima de grandes fábricas da Itália e os preços são muito bons nela!

Piazza dei Signori
Centro histórico de Vicenza

O que saber sobre Vicenza

Vicenza é uma pequena cidade, na região do Vêneto, no nordeste da Itália. Ela tem cerca de 112 mil habitantes, que estão distribuídos em uma área de 80 km².

O município fica a 52 km de Verona e 74 km de Veneza, mas também não tão distante de Milão (a 215 km) ou Bolonha (a 153 km).

Mapa da Itália com Vicenza
Mapa da Itália com Vicenza e outras cidades próximas  /Google Maps

Mesmo de outros países, Vicenza também é bem próxima e daria para conhecer, em um fim de semana, por exemplo.

Genebra, na Suíça, fica a 514 km, os maravilhosos Alpes Austríacos, para quem quer conhecer o Mundo da Swarovski e esquiar barato, estão a 324 km e Liechtenstein, fica a apenas 483 km.

Enfim, tudo muito perto e fácil de conhecer de carro ou de trem.

Fonte da Swarovski na Áustria
Mundo Swarovski, na Áustriae2

Um pouca da história de Vicenza

Vicenza nasceu com o nome de “Vicetia”, ainda no período do Império Romano.

Ela ganhou o nome atual na mesma época em que a família Della Scala governou a região, entre 1260-1380.

Ela é bastante conhecida por ter diversas construções renascentistas projetadas por Andrea Palladio, famoso arquiteto do século XVI. Grande parte do seu trabalho na cidade é considerado Patrimônio Mundial da Unesco.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Vicenza foi um local de muitos combates.

Mais de dois mil civis foram mortos na cidade. Devido aos bombardeios, muitas construções também foram danificadas.

basilica palladiana
Basilica Palladiana, uma das principais construções de Vicenza

Outras informações úteis de Vicenza

Fuso horário: + 4 horas, com relação ao Horário de Brasília.

Contudo, fique atento ao horário de verão e de inverno tanto da Europa, quanto do Brasil.

Moeda: Euro.

Língua: Italiano.

Como a cidade é pouco turística, quase ninguém fala inglês, mas não se preocupe, porque os habitantes de Vicenza são absolutamente receptivos.

Parco Querini
Visita ao Parco Querini, dica de um italiano local

Temperatura média: de meados de dezembro até meados de março, faz bastante frio em Vicenza e a temperatura fica entre 0°C e 14°C.

Como é inverno neste período, costuma nevar com frequência, por isso, procure usar casacos e botas impermeáveis. Cuide-se bem, porque o frio intenso pode machucar bastante!

Já durante o verão, a temperatura fica entre 15°C e 25°C, embora os últimos verões tenham surpreendido e os termômetros andaram ultrapassando os 30°C.

Documentos necessários: para brasileiros entrarem na Itália, atualmente, não é exigido nenhum tipo de vacina ou visto. Contudo, a partir do final de 2022, será necessário preencher o ETIAS.

Além disso, brasileiros precisam ter um seguro viagem, com cobertura mínima de 30 mil euros, passagem de ida e volta, comprovante de hospedagem ou carta-convite, comprovante financeiro de que podem se sustentar ao longo da viagem e um passaporte válido.

Você sabia que o seguro viagem é obrigatório na Itália? 

Evite problemas com as autoridades e viaje com tranquilidade.

Escolha agora a melhor opção de seguro viagem para você, por um custo bem baixo por dia e garanta um excelente desconto com o cupom ARESDOMUNDO.

Seguro Viagem: Europa
GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*
Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 23/dia*

Como ir para Vicenza

Você pode ir a Vicenza de trem ou de carro, já que não há aeroporto na cidade, apenas nas proximidades.

Se não existe aeroporto, não ha também voos diretos do Brasil para a Vicenza.

Por isso, quem deseja chegar de avião, recomendo descer em Milão, pois é uma cidade que tem opções de voos diárias, a partir do nosso país. E de Milão dá para ir de trem ou alugar um carro até Vicenza.

Também há voos do Brasil com destino final no Aeroporto de Veneza (VCE) ou Aeroporto de Verona (VRN) e ambos podem ser interessantes, pois, seria fácil de chegar de trem ou de carro em Vicenza.

Avião voando

Aeroportos mais próximos de Vicenza 

Aeroporto de Verona (VRN), a 1 hora e 12 minutos, Aeroporto de Veneza (VCE), a 1 hora e 15 minutos, Milão Bérgamo (BGY), a 2 horas e 20 minutos, e Aeroporto de Bolonha (BLQ), a 2 horas e 50 minutos.

De carro

Se você preferir ir de carro, é bem fácil de chegar em Vicenza também.

Basta pegar a A4, se estiver saindo de Milão, ou a A4/E70, se estiver saindo de Veneza. Aliás, as estradas italianas são maravilhosas! Asfalto perfeito e muito bem sinalizadas.

A única coisa que recomendo é que alugue um carro com antecedência, para evitar os valores abusivos em aeroportos.

Contratando o seu veículo com antecedência, também é possível pagar em reais, sem IOF e de forma parcelada.

Para quem vai de carro, pode valer a pena também comprar um chip internacional de celular, para poder contar com o Google Maps como GPS na estrada.

Funciona muito bem por lá e com o chip você não precisará se preocupar com a qualidade da internet e nem com os altos custos de roaming internacional.

De trem

Há uma estação de trem em Vicenza, conhecida como Estação de Vicenza, mesmo. Dentro dos trens, quando estamos chegando a ela, anunciam como Vicenza apenas.

A estação de trem fica bem próxima ao centro histórico de Vicenza, a apenas 800 metros.

Endereço: Viale Venezia, 14/b, 36100.

Onde dormir em Vicenza

Os melhores lugares para dormir em Vicenza são:

SHG Hotel de La Vile: o 4 estrelas fica no centro de Vicenza, em uma excelente localização, bem perto da estação de trem também, a apenas 1 km.

Os quartos são confortáveis e o café da manhã apresenta produtos frescos regionais. Diárias, em quarto para duas pessoas, custam a partir de 59 euros.

SHG Hotel de La Vile
SHG Hotel de La Vile, dica de onde se hospedar em Vicenza

Palace Hotel La Conchiglia d´Oro: com excelente localização e campeão de vendas em Vicenza, o Palace Hotel oferece quartos amplos com padrão 4 estrelas, academia, piscina, além de café da manhã com especialidades regionais.

Diária para duas pessoas saem por 57 euros.

Apartamento Residenza Ofelia: para quem preferir se hospedar em apartamento, como foi o meu caso, esta é uma boa opção e comporta até 4 pessoas.

A Residenza fica a 2,1 km do Teatro Olímpico e tem 52 metros. Diárias a partir de 50 euros.

Casa Palladio: excelente opção para estudantes também, a Casa Palladio é um apartamento bem decorado para até 4 pessoas, que fica localizado a 1,4 km do Teatro Olímpico.

Diárias a partir de 65 euros.

Mini Contra San Pietro: no coração da cidade, o Mini Contra San Pietro é um apartamento descontraído, para até 4 pessoas, com varanda e uma boa paisagem italiana na janela.

É muito bem avaliado por hóspedes internacionais e tem um ótimo custo-benefício. Diárias a partir de 55 euros.

Se você preferir analisar outra opção, veja abaixo, o mapa interativo de Vicenza com todos os estabelecimentos para dormir. Eles são mostrados por localização e preço.

Booking.com

Dica de hospedagem para estudantes da Fondazione CUOA

Escutei muitas reclamações de estudantes sobre hospedagens nas proximidades da Faculdade, inclusive as oferecidas pela escola, pelo barulho, pouco conforto e tamanho.

Além disso, Altavilla Vicentina não é uma região com muitas coisas para fazer. Vicenza, do meu ponto de vista, é bem mais atrativa e também tem estação de trem de fácil acesso, o que permite viajar aos finais de semana para outros cantos da Europa.

Para ir de Vicenza a Altavilla Vicentina todos os dias, eu e vários estudantes pegávamos um ônibus no centro de Vicenza e, após 40 minutos, ele parava na porta da Faculdade. Era bem tranquilo fazer este trajeto diariamente, inclusive para voltar.

O que fazer em Vicenza

Vicenza transpira história e, mesmo não sendo um dos principais destinos do país, tem uma boa quantidade de atrações à disposição de turistas e estudantes.

As principais atrações de Vicenza são:

  • Teatro Olímpico

Construído entre 1580 e 1585, o Teatro Olímpico de Vicenza é um projeto de Andrea Palladio, um dos principais arquitetos renascentistas da Itália. Palladio, porém, não conseguiu presenciar a sua inauguração, pois morreu em 1581.

Entrada do Teatro Olimpico
Monumentos na entrada do Teatro Olímpico
teatro olimpico vicenza
O Teatro Olímpico é uma das principais obras de Palladio

O auditório foi finalizado por Silla, filho de Palladio, e Vincenzo Scamozzi. Os dois respeitaram o projeto e fizeram o auditório ter uma forma elíptica, com capacidade para 400 pessoas, além de ter sido feito com mármore, estuque e madeira, que fazem o local ter uma ótima acústica.

Interior do Teatro de Vicenza
Interior do Teatro Olímpico

Se você se interessar em conhecer o Teatro Olímpico em detalhes, recomendo fazer um passeio guiado.

No caso, o tour também passa por outros pontos do centro histórico e tudo a pé, para os participantes poderem tirar boas fotos, sem pressa.

  • Piazza dei Signori

Localiza da no centro histórico da Vicenza, a Piazza dei Signori é a principal praça da cidade.

Originalmente, ela era um fórum e um mercado romano. Atualmente, é palco das principais atividades populares na região.

Piazza dei Signori
A Piazza dei Signori é onde estão muitos atrativos da cidade

Na praça estão alguns dos principais monumentos de Vicenza, como a Basílica Palladiana, a Torre Bissara, a Loggia del Capitanio, o Palazzo del Monte di Pietà e a Igreja de San Vicenzo.

  • Museo Civico

O Museo Civico está localizado no Palazzo Chiericati desde o século XIX. O edifício também é um projeto do arquiteto renascentista Andrea Palladio.

No espaço também está a Pinacoteca da cidade, onde estão muitos desenhos e gravuras, que contam a história do país.

  • Villa Rotonda

A Villa Rotonda, que também é conhecida como Villa Capra detta La Rotonda, Villa Almerico-Capra ou Villa Capra-Valmarana, é um dos edifícios mais celebrados da história da arquitetura moderna da Itália.

Considerada um Patrimônio Mundial pela Unesco, ela foi construída entre 1550-1559.

É propriedade e residência da família de Mario Valmarana, arquiteto e especialista em obras de Palladio. A entrada custa apenas 11 euros para quem compra com antecedência.

  • Basilica Palladiana

A Basilica Palladiana é um símbolo da cidade. É uma das construções mais antigas e adivinha só? Também é um Patrimônio Mundial da UNESCO.

Basílica de Vicenza de noite
Basílica Palladiana iluminada

Ela está localizada na Piazza dei Signori e é um importante espaço de exposições de Vicenza. No ano de 2007, a Basílica passou por uma grande restauração.

basílica Palladiana na região do Veneto
Registrando a minha passagem na Basilica Palladiana durante o dia
  • Catedral de Vicenza

A Catedral de Vicenza, também conhecida como Cattedrale di Santa Maria Annunziata, foi construída entre 1482 e 1560. Porém, apenas a sua fachada resistiu aos bombardeios da Segundo Guerra Mundial.

Ela precisou ser toda reconstruída e hoje, além de receber missas, é um espaço muito visitado por pessoas que apreciam a arte sacra.

presépio em igreja
Presépio mantido na Catedral da cidade, mesmo fora do Natal

Onde fazer compras em Vicenza

A Corso Palladio, sem dúvida, é uma ótima opção para quem deseja fazer compras em Vicenza.

É uma rua com diversas lojas, como Benetton (a melhor de todas que já fui na Itália!), Sisley, Kiko, H&M, Timberland, Calzedonia, entre outras. São estabelecimentos com boa variedade de produtos e preços bastante convidativos.

Além disso, vale destacar que a Corso Palladio é uma das principais ruas de Vicenza e está no coração da cidade. Ao seu redor estão pontos turísticos e bons restaurantes.

Compras nos arredores de Vicenza

A 32 km de Vicenza, em Trissino (outra comuna da província de Vicenza), também está uma fábrica e um outlet da Armani.

Vale bastante a pena, pois os preços são bem mais em conta que os dos shoppings da marca e ainda há possibilidade de pegar o Tax Free.

Outlet da Armani em Vicenza
A Armani tem um outlet bem próximo do centro de Vicenza

Onde comer em Vicenza

Mesmo pequena, Vicenza revela-se um local excelente para comer.

Existem opções das culinárias italiana, japonesa, indiana, fast-foods e pizzarias. Como gosto muito da “cozinha local”, deixo duas opções.

La Proseccheria – Enoteca Veneta

Localizada no centro histórico, a 20 metros da Corso Palladio, a La Proceccheria é um restaurante especializado em pratos italiano e mediterrâneos e também é um wine bar.

O estabelecimento tem uma grande variedade de aperitivos e uma carta de vinho vasta, que atende até os clientes mais exigentes.

Ristorante Angolo Palladio

Também no centro histórico da cidade, o Angolo Palladio é uma das melhores opções para apreciar uma boa pizza.

Além disso, o estabelecimento também oferece pratos da culinária italiana, mediterrânea e europeia.

Caso tenha alguma dúvida ou queira dizer algo, deixe o seu comentário abaixo, que logo logo respondemos. 🙂

Também recomendo na Itália

Arena de Verona: melhores tours, óperas e dicas

Carnaval na Itália: onde ir, dicas e bailes

3 dias em Veneza: tour de gôndola, onde dormir e dicas

O que fazer em Verona: top atrações, mapa e dicas

O que fazer em Milão, onde dormir e fazer compras

Lido de Veneza: como é a praia, como ir e dicas úteis

Cidades românticas da Itália: top 7 para 2021!

Veneza de noite: top 7 atrações e dicas

Sofitel Papadopoli Veneza: conforto e vista para o canal

Burano, Murano e Torcello: como ir de Veneza e o que fazer

O que fazer em Roma e Vaticano: guia completo e dicas

O que fazer em Florença: guia e tour 100% gratuitos

O que fazer em Pisa: tour de Florença, atrações e dicas

O quê falta para a sua viagem?

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *