Categorias: Destinos, Europa, Itália, Verona

Dez lugares deslumbrantes de Verona para se apaixonar

O inglês William Shakespeare estava certo quando escolheu Verona para ser o palco de uma das suas mais famosas obras literárias, Romeu e Julieta. A cidade tem mais de 2000 anos de existência. Foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO devido a sua arquitetura e estrutura urbana. É um polo criativo e de artesanato e importante produtor mundial de diversos bens de consumo, como vinho e o mármore. Não tinha como passar despercebida. Verona é puro amor em progresso.

Vista da Torri del Lamberti em Verona
Cidade de Verona vista da Torri del Lamberti

Dez lugares deslumbrantes de Verona:

1- Casa da Giulietta

Amor é a palavra que, num primeiro momento, atrai os visitantes a Verona. Diariamente, recebe muitas pessoas provindas dos mais variados destinos do planeta devido aos diversos pontos turísticos criados para alimentar a ficção “shakesperiana” nos corações. É tão prazeroso visitar a residência dos Capuleto e conhecer a bancada onde a Giulietta se declarava para o seu Romeu, que até torcemos intimamente para a história ser real.

As mulheres que sofrem de amor por ali sempre estão. Escrevem as suas cartas (ou e-mails de dentro da Casa da Giulietta) para que uma das secretárias voluntárias da personagem as auxiliem na resolução daqueles problemas amorosos. Assim como no filme Cartas para Julieta, o trabalho envolve doação de tempo e amor.

Cadeados de amor, que os apaixonados colocam na Casa da Giulietta
Bancada da casa da Giulietta em Verona
Bancada da Casa da Giulietta
Reprodução do quarto da Julieta em Verona
Quarto da Casa da Giulietta

Na frente da Casa da Giullieta tem uma estátua da personagem. Dizem que para ter sorte no amor precisa-se tocar no seu seio.

2- Arena di Verona

Não se sabe ao certo quando a Arena di Verona foi construída. Alguns dizem que foi durante o século I, porque existe uma estrutura de Arena similar na Croácia. Já outros dizem que é do século III. Independentemente do ano da sua construção, ela serve atualmente como local para as apresentações magníficas de teatros, óperas e ballets. Estes eventos são muito frequentes durante o verão, já que as temperaturas são agradáveis e o céu fica bem estrelado.

Fachada da Arena di Verona na Piazza Bra
Frente da Arena di Verona

Caso não seja possível conhecer o espaço durante um evento, vale a pena pelo menos fazer a visitação comum durante a sua passagem por Verona. Ela abre todos os dias, praticamente. É muito bonita mesmo.

Arquibancada da Arena di Verona
Interior da Arena di Verona
Arquibancada interna da Arena em Verona
Arquibancada da Arena

*Para saber sobre os eventos na Arena di Verona, clique AQUI. Já para tours sem fila, veja AQUI.

3- Castel Vecchio (Museu Cívico e Castelo)

O Castelo foi construído no século XIII com o propósito de auxiliar na defesa urbana, já que estava bem ao lado do rio Ádige e dali poderia controlar bem a movimentação geral. Ao longo da história, ele passou por muitas mãos. Chegou a ser dominado pelas tropas de Napoleão Bonaparte, inclusive. Recentemente foi restaurado e nele foi instalado o Museu Cívico, onde diversas esculturas, pinturas, armamentos antigos, entre outros objetos são exibidos.

É de fato um lugar interessante para visitar. A construção chama a atenção e lá é possível sentir um pouco a história da cidade.

Parte externa do Castel Vecchio em Verona
Frente do Castel Vecchio
Topo do Castel Vecchio em Verona
Topo do Castel Vecchio
Ponte do Castel Vecchio em Verona
Ponte do Castel Vecchio

4- Piazza delle Erbe e Torri del Lamberti

Antigamente neste espaço funcionava o Fórum Romano. Hoje é uma praça bem movimentada, onde tem uma arquitetura diversificada, feiras diárias, com comerciantes que vendem souvenirs, e comidinhas para todos os gostos.

Piazza delle Erbe em Verona
Coração da Piazza delle Erbe

Na praça esta o Palazzo Maffei, com deuses gregos no topo; o leão com asas, símbolo da República de Veneza; a Casa Mazzanti, cheia de afrescos do século XIV preservados na fachada, e a Fontana di Madonna Verona, do século IV.

Emblemático na Piazza delle Erbe, está a Torri del Lamberti. A construção demorou quase três séculos para subir e tem quatro sinos no seu topo: um chamado Marangona, que sinaliza incêndios, horários de trabalho e as horas do dia à população e outro conhecido por Rengo, que pede para a população levantar as armas (ou se reunir para uma importante decisão). Além dos detalhes, a vista lá de cima é esplendorosa. Vale a pena.

Ingressos para a vista panorâmica da Torri del Lamberi (sem filas) AQUI.

Vista da cidade da Torri del Lamberti
Vista da cidade do topo da Torri del Lamberti

5- Giardino Giusti

Procure ir aos belos jardins do Palácio Giusti em um dia ensolarado. Os jardins são preservados com o mesmo desenho desde o século XV. São tão bonitos que até Goethe e Mozart marcaram presença na lista de personalidades históricas que visitaram o local.

A arquitetura impressiona pela sinergia com o verde em diversos pontos e, além de tudo, há um mirante de onde é possível avistar toda Verona.

Giardino Giusti em Verona
Jardins do Giardino Giusti
Obras de arte e jardim do Giardino Giusti
Arte e jardim em perfeita sintonia
Bancada na parte superior do Giardino Giusti
Bonita bancada no topo do jardim

Além do preciso silêncio e contato com a natureza, que certamente recarregará as suas energias, ótimas fotos poderão ser tiradas.

6- Ponte Pietra

Presente em inúmeros cartões-postais, a Ponte Pietra é a ponte romana mais antiga e mais importante de Verona. Gosto de como o reflexo da água completa o desenho da construção.

Ponte Pietra em Verona
Ponte Pietra

7- Piazza dei Signori

Piazza dei Signori (ou Praça dos Senhores) tem este nome, pois, desde a Idade Média, é o local preferido da realeza, tanto para se hospedar como frequentar.

No centro da praça tem uma estátua do poeta italiano Dante Alighieri, que também residiu no lugar por quase uma década. Neste local, vale a pena tomar um café, sentar e observar o movimento das pessoas e as construções renascentistas.

8– Teatro Romano

Construído no século I A.C e parte importante dos vestígios arqueológicos da cidade, o Teatro Romano  é um lugar encantador, que impressiona pela perfeição arquitetônica. Por ser totalmente aberto, ainda hoje, durante os dias quentes de verão, ocorrem peças teatrais lá.

Na verdade, por toda a cidade de Verona há vestígios da arquitetura romana, com suas colunas, portais e prédios. Estes pontos todos poderão ser descobertos caminhando pela cidade.

Teatro Romano em Verona
Teatro Romano

9– Subir a escadaria até o Castel di San Pietro

Lá em cima da colina está o Castel di San Pietro e uma pequena praça, de onde é possível avistar toda a cidade.

Apenas preste atenção na luminosidade do dia, pois se estiver nublado, certamente, não valerá todas as calorias gasta para subir os degraus.

10- Compras na Via Mazzini

É um passeio clássico de qualquer tour em Verona. Marcas renomadas e artesanais italianas estão nesta rua. Entrar e sair das lojas com um delicioso gelato em mãos faz bastante sentido.

Lojas da Via Mazzini em Verona
Rua de comércio Via Mazzini

*Para todos os pontos listados acima, recomendo a compra do Visit Card Verona. Este cartão isenta o custo da entrada em diversos locais e, ainda por cima, concede descontos em outros pontos turísticos. A economia é bem grande.

Pretende viajar?

Os melhores hotéis do mundo estão AQUI.
Seguro de viagem com desconto e pagamento em até 12x  no cartão. Os leitores de Ares do Mundo recebem um desconto de 5%. Use o código ARESDOMUNDO durante a compra.
De guias de viagem a passeios pitorescos em qualquer lugar do mundo.
Chip internacional de celular já funcionando antes de sair do Brasil.
Aluguel de carros com preços em reais e parcelamento em até 12x no cartão.
Vai estudar fora? Obtenha AQUI o acesso às melhores universidades do mundo. Tem cursos gratuitos (e pagos) com certificado.

*Comprando aqui você pagará o mesmo preço (ou menos) do que diretamente nas empresas. Confira TERMOS DE USO e saiba mais.

Deixe o seu comentário