Dubai em 1, 2, 3 ou 4 dias: o que fazer, quando ir, dicas

Dubai, cidade asiática localizada nos Emirados Árabes Unidos, é uma das mais exuberantes e visitadas do mundo. Segundo a Revista Exame, em 2017, ela já havia ultrapassado o número de visitantes anual de Nova York, inclusive. Se você se interessa por conhecer melhor o destino, quer viver experiências de luxo, mas não necessariamente gastando horrores, este artigo é para você. 

+ Aeroporto de Dubai: free shop do ouro, atrações e curiosidades

Um pouco sobre Dubai

Com uma população de quase 2.5 milhões de habitantes, Dubai abre as suas portas para turistas do mundo inteiro para experiências exclusivas culturalmente ricas e pra lá de luxuosas. 

Dubai
A exuberância e as possíveis experiências de turismo em Dubai

A popularidade de Dubai se deve muito à abundância arquitetônica, largas avenidas e sofisticação.

Ela orgulhosamente carrega o título de “Cidade do Futuro” e uma coleção de reconhecimentos no Livro dos Recordes (Guinness Book), por abrigar o prédio mais alto do mundo, ter o maior shopping do mundo, o maior jardim natural do mundo, o maior aquário do mundo, a maior corrente de ouro artesanal do mundo e por aí vai.

Tudo o que é melhor, maior ou mais bonito, Dubai quer conquistar e, de forma rápida, está conseguindo.  

Dubai Miracle Garden
Como é o jardim mais florido do mundo? Uma das top atrações da cidade!

A evolução da rica Dubai

Dubai: da origem a uma cidade próspera e rica

Não se sabe ao certo qual o significado da palavra “Dubai“. Alguns dizem que veio da palavra Daba e que significa “rastejar“, mas no sentido de fazer alguma referência ao fluxo da enseada da cidade ao seu interior.

A origem e a construção de Dubai em 30 anos

Registros apontam que Dubai foi uma cidade soterrada pela areia por mais de 5 mil anos. Muito pouco se sabe sobre a origem dela e desta região do planeta, na verdade. 

A mais antiga menção de Dubai aparece no “Livro de Geografia” de Albacri, um geólogo árabo-andalusino, em 1095. Registro oficiais da cidade somente apareceram depois de 1799, ou seja, há menos de 250 anos. 

Contudo, a modernidade na qual referenciamos Dubai, na verdade, “surgiu” de uns 30 anos para cá. Antes disso, ela não passava de uma pequena vila de pescadores e empresas voltadas para a captação de petróleo.

Desde que ela reconheceu a sua potencialidade, não parou mais de crescer e atrair afortunados investidores. Criou o hotel 7 estrelas Burj Al Arab, referência no turismo de luxo (em 1994); as ilhas artificiais em formato de palmeira (em 2001), o edifício mais alto do mundo, o Burj Khalifa, com 160 andares (em 2010), e muitas outras construções futuristas.

Altura do Burj Khalifa
Burj Khalifa, o prédio mais alto do mundo, com 160 andares

Passa o tempo, a cidade e o país crescem, mas a liderança permanece a mesma. Desde 1833, Dubai tem sido governada pela dinastia Al Maktoum. Mohammed bin Rashid Al Maktoum é o Vice Presidente dos Emirados Árabes Unidos e também o Primeiro-Ministro.

Mohammed bin Rashid Al Maktoum
Foto do Mohammed bin Rashid Al Maktoum, presente em vários pontos turísticos da cidade

Dubai é uma cidade rica, sim. Mas não uma das mais ricas do mundo.

Dubai é uma cidade rica, pois ganha muito com o turismo de luxo, comércio, serviços financeiros, além de, claro, com a exportação de petróleo.

Outros destaques também são devidos à construção civil e ao setor imobiliário, pois, mesmo diante de termômetros marcando 50°C, os arranha-céus não param de subir.

Arquitetura em Dubai
Arquitetura imponente dos prédios em Dubai

Todo essa prosperidade começou a atrair pessoas da Ásia, África e América. Não é a toa que grande parte da população é composta por expatriados e trabalhadores braçais, que apoiam na construção e turismo.

Curiosidade: Dubai não é uma das cidades mais ricas do mundo. É muito imponente, muito luxuosa e nela circulam pessoas com muito dinheiro, mas ainda não é uma das mais ricas do mundo – segundo o ranking das top 10 da Forbes.

Dubai no mapa: distância entre os Emirados e localização no mundo

Distância de carro entre os 7 Emirados Árabes

De Dubai para Abu Dhabi, outro importante Emirado Árabe, a distância é de 139km (cerca de 1 hora e 20 minutos).

A melhor forma de conhecê-lo é fazendo um tour de um dia com uma empresa especializada, pois há um guia explicando tudo no caminho, além de um transporte confortável, que também leva para o parque da Ferrari, onde está a montanha-russa mais rápida do mundo. Abu Dhabi é imperdível a meu ver!

 

Ferrari World em Abu Dhabi
Ferrari World em Abu Dhabi

Já de Dubai para Xarja a distância é de 65km (51 minutos); no sentido oposto, para Ajman, apenas 44km (41 minutos).

Para Umm al-Quwain, 69km (52 minutos); Ras al-Khaimah, 112km (1 hora e 12 minutos); quase atravessando a extensão do país, na outra extremidade, está Fujera, a 120km (1 hora e 20 de carro).

Distância entre os Emirados
Mapa com a distância entre os Emirados Árabes

Distância de avião entre Dubai e outros países

Dubai fica perto da Índia, mais especificamente de Nova Delhi, a apenas 3 horas e 5 minutos de avião.

De Tel Aviv, em Israel, a 5 horas e 10 minutos; do Cairo, no Egito, a 4 horas e 10 minutos; de Doha, no Qatar, a 3 horas e 45 minutos; de Istambul, na Turquia, 4 horas e 55 minutos.

Distância de Dubai
Distância da cidade de Dubai e outros países

Diferença de fuso-horário em Dubai

A diferença de horário de Dubai para o Brasil (considerando o horário de Brasília) é de + 7 horas. Ou seja, se em São Paulo for 10 horas da manhã, em Dubai será 17 horas.

Clima em Dubai: quando é mais confortável ir

O único período que realmente recomendo evitar uma viagem a Dubai é de Junho a Setembro (meses de verão), pois a sensação térmica pode chegar a 50°C, já que a cidade está no meio do deserto e chega ser sufocante! Muitos turistas passam mal ao sair durante o dia, inclusive. 

temperatura em Dubai
Temperatura média em Dubai ao longo do ano e os meses com mais chances de chuva (fonte: Noaa)

No entanto, a melhor época para visitar Dubai é entre Outubro e Abril, embora entre Dezembro e Janeiro possa chover com mais frequência, além dos dias terminarem mais rápido (os dias ficam ensolarados entre 10.5 horas a 11 horas nestes meses. No verão, o sol fica aparente em torno de 13 horas). 

No meu caso, eu visitei a cidade em Dezembro e não senti frio em momento algum. Até suei em alguns passeios, sinceramente, risos.

Piscina do Shangri-La em Dubai
Refresco na piscina do Shangri-La, diante das luzes dos prédios de Dubai

Que língua falam em Dubai

A língua oficial de Dubai é o árabe. Contudo, você pode falar inglês. Como a cidade é multicultural, também é bastante usado.

Em alguns estabelecimentos, você pode até encontrar pessoas falando espanhol ou português também, pois, pelo destino ser referência em turismo de luxo, existe a preocupação do atendimento ser impecável.

Fashion Avenue
Fashion Avenue, onde estão marcas de luxo, dentro do Dubai Mall

A moeda dos Emirados Árabes

A moeda oficial dos Emirados Árabes é o Dirham (AED). Nunca vi ninguém aceitar dólar americano ou euro, por isso, leve apenas Dirham.

Um dirham (AED) vale cerca de R$ 1,14, na cotação de hoje (data de publicação do post), mas está enganado quem acha que tudo pode ser barato por lá.

Salada de frutas em Dubai
Salada de frutas, com uma fruta só, pode custar quase 35 reais na cidade

Tax Free em Dubai

Vale ressaltar que também há tax free nos Emirados Árabes, para compras acima de 250 dirhams.

O imposto no país é conhecido como VAT (e geralmente é acrescentado 5% extra na conta, sobre o valor do produto a ser pago). Ou seja, se você gastar 100 AED, na sua conta vai aparecer 105 AED.

Recibo de compras em Dubai
Recibo de compras com a menção do imposto dos Emirados Árabes

O reembolso dos VATs pagos pode ser feito no aeroporto de Dubai. Para ter direito à devolução, use o seu passaporte brasileiro (e não o europeu, caso tenha, pois somente é devolvido para visitantes que não moram em países com políticas de devolução de VAT).

Além disso, não pode trabalhar na tripulação de uma companhia aérea que vem de um destino com política de VAT válida.

Apesar dos preços quase sempre serem altos, vale a pena fazer determinadas compras nos Emirados Árabes! Veja aqui quanto custaria um Iphone 11 nos Estados Unidos, no Brasil e em Dubai

Planejando a viagem para Dubai

Como ir para Dubai: melhor companhia aérea, tempo de viagem e transfer 

O voo direto que sai de São Paulo para Dubai dura 14 horas (o mesmo tempo que para alguns lugares da Europa). Neste caso, sinta-se sortudo, pois, segundo a BBC, quem mora em Los Angeles demora quase 17 horas para chegar em Dubai! 

A melhor companhias aérea para viajar do Brasil a Dubai é a Emirates, primeiramente, porque a sua sede é em Dubai e oferece várias vantagens para os seus clientes na cidade. Segundo, porque o nível de conforto das suas aeronaves é sempre destacado na mídia, mesmo para a classe econômica. 

Na ida, viajei no A380 e fiquei maravilhada com o avião de 2 andares, que até tinha bar, lounge e banheiro com chuveiro.

Emirates
Até chamada para as orações a Emirates anunciava no painel de entretenimento individual – algo muito importante aos muçulmanos

Os melhores lugares para comprar passagens aéreas para Dubai são Viajanet e Parceiros Promo, pois ambas apresentam as melhores opções de voos (tanto em termos de preço, quanto em tempo de viagem) e é possível realizar o pagamento de forma parcelada. 

Veja abaixo algumas ofertas de voos saindo de São Paulo com destino a Dubai, em tempo real. Se a sua cidade de origem não for nenhuma destas, veja diretamente no site da empresa.

 

Chegando na cidade – transfer, aluguel de carro ou transporte público

Ao chegar em Dubai, vale a pena considerar a contratação de um transfer para te deixar no hotel ou alugar um carro.

Sinceramente, entre as duas opções, ainda recomendaria alugar um carro, pois seria mais confortável e econômico para você!

Mesmo que você viaje de business ou de primeira classe e possa contar com o transfer da Emirates, no dia a dia, em Dubai, as distâncias são enormes, o transporte público é caro e não chega em todos os lugares. 

Apenas a título de curiosidade, uma passagem de metro, saindo do aeroporto, custa 8 AED (quase 10 reais), se você for à região do Burj Khalifa.

Como o preço depende do trecho, pode custar bem mais que isso também. Fora que precisaria caminhar com as malas, pois as estações são bem longas na cidade.

Uber e taxi são bastante caros também, principalmente para quem sai do aeroporto para outros locais. Veja abaixo uma cotação para o centro financeiro da cidade.

Custo do Uber em Dubai
Custo do Uber em Dubai, saindo do aeroporto

Este custo que você vê acima seria o preço médio de uma diária de 24 horas de um veículo, se optasse pelo aluguel.

Eu tenho todas as referências de preço de transporte em Dubai, risos. Pois me “arrependi amargamente” de não ter alugado um carro.  Não faça como eu. Alugue um carro!

Precisa de visto para Dubai?

Não. Desde Junho de 2018, brasileiros não precisam de visto de turismo, trânsito ou negócios para entrar nos Emirados Árabes. O visto, contudo, é válido para até 90 dias corridos.

Como fazer as malas para Dubai

Mulheres

Como a religião dos Emirados Árabes é o islã, o recomendado é que as mulheres usem sempre roupas mais cobertas (comprimento abaixo do joelho, nada de decote e um lenço sempre na bolsa, para caso precise cobrir os cabelos, como ao visitar as mesquitas).

As muçulmanas andam completamente cobertas, mas, na cidade, você não precisa andar assim. Só evite roupas chamativas, como mencionado acima.

Barbie muçulmana
Barbie muçulmana, como referência de vestimenta às mulheres do país

É sempre bom ter uma roupa mais social para sair pela noite, assim como sapatos com salto alto e um bom casaco. As mulheres saem muito bem vestidas, por sinal. 

Para roupas de banho, prefira maiôs aos biquínis. Mas, se for usar a segunda opção, opte por peças que cubram bem os seios e os glúteos. E jamais use estas peças fora de piscinas ou praias.

Homens

Pode usar calças e bermudas na altura do joelho, camisas e camisetas (evite as regatas. Não vi ninguém usando por lá).

Bonés, óculos escuros, sandálias confortáveis (durante o dia, são boas opções).

Em piscinas, opte por shorts (e não sungas). 

Ao sair de noite, use sempre camisa, calça e sapatos fechados. Muitos estabelecimentos não permitem a entrada, se acharem que o visitante está vestido de forma inadequada.

Onde se hospedar em Dubai

De verdade, o nível de conforto dos hotéis é elevadíssimo em Dubai! Eu recomendo fortemente a vocês ficarem hospedados em um dos mais de 200 hotéis 5 estrelas da cidade. Sentir o luxo no dia a dia faz parte de conhecer direito este destino e não necessariamente será uma fortuna. 

Quanto custa se hospedar em um hotel 5 estrelas em Dubai

O luxo atende a todos os bolsos na cidade. Desde quem deseja pagar R$ 500 reais, em uma diária de hotel, até quem se interessa em desembolsar R$ 77 mil, em uma única noite – claro, neste caso, quero me referir à suíte presidencial do Atlantis.

The Palm Atlantis
Fachada do Atlantis, localizado na ilha artificial em formato de palmeira

Lembre-se que, na cidade está um dos hotéis mais luxuosos do mundo, o Burj Al Arab, 7 estrelas localizado na sua própria ilha. Nele há 9 restaurantes de prestígio e um incrível spa. As diárias custam a partir de mais ou menos R$ 5.000 (e podem chegar a mais de R$ 20 mil).  

Burj Al Arab
Burj Al Arab, um dos hotéis mais luxuosos do mundo, localizado na sua própria ilha

Além deste hotel ícone, estão estabelecimentos de marcas fashion, como o Palazzo Versace, com diárias a partir de R$ 1.000; Armani Dubai, com entrada dentro do maior shopping center do mundo (diárias a partir de R$ 1900) e o resort da Bvlgari, de frente para o mar (diárias a partir de R$ 2.500).  

Dentre os hotéis de luxo em Dubai, também recomendo pensar nos asiáticos. Eu estive no Shangri-La, uma das redes de luxo de maior prestígio da Ásia e a experiência foi divina! Diárias a partir de R$ 680.  

Café da manhã no Horizon Club
Café da manhã “nas alturas”, no Horizon Club do Shangri-La

Abaixo deixo o mapa virtual de Dubai, com todos os hotéis da cidade listados por localização e preço. Assim, posso te ajudar nas pesquisas sobre onde ficar 😉

Booking.com

Roteiro para 1, 2, 3 ou 4 dias em Dubai

Este roteiro foi elaborado pensando no seu número de dias na cidade. Ele está organizado de acordo com as prioridades que julgo mais importante conhecer. 

Ou seja, se você tiver apenas 1 dia em Dubai, conheça as atrações listadas no dia 1; se ficar 2 dias, às que estão listadas no dia 2, e assim por diante…

Na minha opinião, para conhecer bem Dubai, são necessários de 7 a 10 dias, porque tem muita coisa mesmo para fazer, mas, em ate 4 dias, dá para fazer o “feijão com arroz”, ou seja, fazer o turismo mais básico da cidade.

Roteiro de Dubai
Roteiro de Dubai para 1,2,3 ou 4 dias

As 5 melhores atrações em fotos

Independente do número de dias que você tiver, visite ao menos estas 5 atrações abaixo, pois você vai conhecer diferentes pontos de Dubai, além de vivenciar um pouco sobre o turismo de luxo na cidade.

1) Burj Khalifa, o edifício de 160 andares, com quase 1 km de altura

Vista do Burj Khalifa
Andar 124, do Burj Khalifa

Lá há vários lugares “instagramáveis”, caso você curta postar boas fotos no Instagram. Aliás, nos siga na rede social 🙂

Anjo, no Burj Khalifa
Asas, no topo do Burj Khalifa

2) Passeio de lancha pelas ilhas artificiais, em formato de Palmeira (The Palm Island)

Mapa da Ilha em formato de palmeira
Como são as ilhas em formato de palmeira (crédito: recorte do mapa do Hop-On Discover Hop-Off Explore)
Atlantis
Foto clássica do Atlantis, somente possível tirar com este tour

3) Falando em Atlantis, visite o seu parque aquático e o aquário Lost Of Chambers (caso você nunca tenha visitado um aquário)

Parque aquático do Atlantis
Parque aquático do Atlantis

Apenas a título de curiosidade, este edifício que está sendo construindo bem ao fundo da foto, será um edifício residencial do Atlantis para afortunados da cidade.

Lost Of Chambers
Aquário Lost Of Chambers, dentro do Atlantis

4) Safari e jantar no deserto de Dubai

Está foi uma das atividades que mais gostei em Dubai! O safari foi organizado por uma empresa local.

Foi emocionante! Vi até o animal símbolo do país. E o jantar bastante animado, com dança do ventre e comida bem preparada.

Safari no deserto
Safari em 4X4 no deserto
Animal símbolo dos UAE
Animal símbolo dos UAE
Jantar no deserto
Jantar no deserto, com palco no centro

5) Visita ao Miracle Garden e ao Dubai Butterfly Garden

Tanto o Miracle Garden, o jardim mais florido do mundo, como o Butterfly Garden, o maior borboletário do mundo, são muito bonitos. Assista mesmo ao vídeo que lhe recomendei!

Mas, independente disso, acho interessante a visita, pois nestes dois lugares estão vários recordes registrados no Guiness Book. Então, a gente “vai além” das curiosidades, sabe?!

Miracle Garden
Como é o Miracle Garden
Dubai Butterfly Garden
Entrada do Dubai Butterfly Garden

Vale a pena comprar um Dubai pass, porque ter este passe ajuda você a economizar até 50% nas principais atrações da cidade, além de poder contar com passeios exclusivos, como: jantar no deserto, passeio com lancha de luxo pelas ilhas artificiais em formato de palmeira, além de citytours dentro da cidade.

Outra referência de passe que dou é o Dubai Unlimited, pois é absolutamente completo! Tem tours, além de alguns bons restaurantes e várias outras atividades. Se você ficar mais de 3 dias na cidade, compre este passe que você “vai sair ganhando” em qualidade, tempo e dinheiro.

Como se locomover em Dubai

Dubai tem um dos metrôs mais modernos do mundo, que inclusive é operado por robôs (recomendo conhecê-lo pela inovação, pois é coisa de outro mundo mesmo), mas o transporte não cobre todos os pontos turísticos da cidade e, como já mencionei anteriormente, é bastante caro.

Metro de Dubai
Primeiro vagão do metrô de Dubai

Da mesma forma, os ônibus também não são tão eficientes para quem quer passear, apesar das estações serem confortáveis e terem ar condicionado.

A melhor forma de se locomover em Dubai é contando com um transporte do tipo Hop On Hop Off, ônibus turístico de 2 andares, que leva os turistas para todos os pontos importantes da cidade.

Neste caso, apenas certifique-se de comprar o passe que faz as 3 rotas de ônibus (verde, vermelha e azul).

Veja abaixo o mapa de cada uma das linhas percorridas pelo ônibus turístico.

Mapa do Dubai Hop On - Hop Off
Mapa do ônibus turístico de Dubai e as suas linhas

Outra opção que também recomendo é alugar um carro, pois, como mencionei acima, Dubai foi planejada para andar de carro e, só pelas largas avenidas, a gente já percebe isso.

Ah, mas tenho medo de dirigir em um país árabe!

Não fique com medo de dirigir em um país árabe, pois os condutores são responsáveis e as ruas de Dubai são tão bem sinalizadas, que parecem até com as dos Estados Unidos algumas vezes.

Estrada nos Emirados Árabes
Avenidas largas de Dubai e o asfalto, que parece um “tapete”

A sinalização das ruas é bilingue: inglês e árabe e a cidade é plana. Um tapete para passear de carro.

Dicas adicionais e curiosidades sobre a cidade

  • Bebidas alcoólicas são proibidas em Dubai, mas turistas com mais de 21 anos podem ter o acesso, sem punições em hotéis, clubes e restaurantes.
  • Segundo a revista Exame, Dubai é a sétima cidade mais visitada do mundo e já ultrapassou Nova York (na oitava posição)!
  • Na saída do aeroporto de Dubai há alguns taxis rosas, desenvolvidos especialmente para transportar mulheres muçulmanas, que não querem a companhia de homens. Claro que as motoristas também são mulheres. Da mesma forma, homens somente podem ser transportados se estiverem acompanhados de suas famílias!
  • Dubai tem mais de 100 atrações listadas no Livro dos Records (somente o Miracle Garden, tem mais de 3!)
  • É comum ver homens com 2 esposas, pois é algo permitido por lá. Você não os verão de mão dadas, mas sempre caminhando juntos.
  •  Há ar-condicionado em pontos de ônibus e está sendo planejado o primeiro bairro climatizado de Dubai.
  • O interior do Burj Al Arab, o hotel 7 estrelas que mencionei anteriormente, é todo revestido de ouro por dentro! Se não for se hospedar nele, pelo menos considere um jantar, para conhecer o edifício por dentro.
  • Me disseram uma vez que o Egito é o país muçulmano mais “liberal” do mundo, mas eu me senti “mais confortável” com as minhas roupas nos Emirados Árabes. Achei bem tranquilo, na verdade, analisando sobre este aspecto.

Valeu muito a pena!

Bom, eu gostei muito de Dubai e dos Emirados Árabes como um todo! Pretendo visitar o país futuramente, pois ele realmente me impressionou, com a sua exuberância arquitetônica e cultura. Imagino que em alguns poucos anos a cidade estará completamente diferente, pois vários prédios majestosos estavam em construção.

Crescimento de Dubai
Como será esta paisagem em 5 anos? Dubai está em obras

Recomendo que você também acompanhe essa evolução. É bastante interessante e por lá vivenciamos experiências que nenhum outro lugar pode oferecer!

E você? Pretende ir ou já foi para Dubai? Deixe o seu comentário. Se precisar de ajuda para planejar a sua viagem ao destino, também podemos ajudar! É só deixar um comentário abaixo. 

Também recomendamos

Miracle Garden Dubai: como é o jardim mais bonito do mundo

Seguro Viagem Ásia: desconto, porque contratar e dicas

Joguei futebol em Dubai e fui preso pela fé

CHECKLIST PARA A SUA VIAGEM

❤ Doamos US$ 1 dólar para cada serviço de viagem contratado pelo blog.  

  • Hotéis, resorts, pousadas, apartamentos e casas de temporada com a missão cobrir qualquer preço e não cobrar taxa de reserva.
  • Chip internacional de celular com desconto já funcionando antes de sair do Brasil. Use o cupom de desconto: ARESDOMUNDO.
  • Passagens aéreas promocionais e dois destinos internacionais pelo preço de um! O melhor buscador de passagens aéreas para brasileiros.
  • Seguro viagem com desconto de até 10% e pagamento em até 12x no cartão. Use o cupom de descontoARESDOMUNDO.
  • Tours, citypasses com desconto, ingressos e transfers para qualquer lugar do mundo.
  • Aluguel de carros no Brasil ou exterior, com preços em reais e pagamento em até 12 vezes.

Deixe o seu comentário