Seu guia essencial em Sydney: atrações, cangurus e compras

Colocar os pés em Sydney é quase como fincar uma bandeira no monte Everest, pela distância do lugar e pelas horas intermináveis de viagem (para quem vem da América do Sul). Contudo, é um esforço que vale a pena. A cidade australiana tem a beleza do Brasil, a modernidade de Miami e a alegria de Barcelona.

Ponte e mar da Tasmania em Sydney
Harbour Bridge, em Sydney

Um pouco sobre a história de Sydney

Apesar de muita gente achar que a Austrália é um país novo com relação a outros da Europa e Ásia, registros mostram que há 40 mil anos já haviam pessoas residindo nos arredores de Sydney – eram os aborígenes, bastante conhecidos na Nova Zelândia, pela dança Haka.

Muitos anos mais tarde, no século XVIII, com a chegada dos europeus à região, iniciou uma epidemia de varíola e a população original do local foi drasticamente reduzida. Além das dificuldades relacionadas à saúde, os poucos representantes que restaram foram empurrados para outros cantos da Austrália.

Os primeiros europeus que chegaram eram de origem inglesa e tinham como objetivo transportar criminosos e condenados para um lugar distante da Inglaterra. Quando chegaram, realizaram uma cerimônia para marcar o início da colônia e a data (26 de Janeiro de 1788) é tida como Dia da Austrália no país.

Os condenados, que foram enviados para Sydney, colaboraram muito com o desenvolvimento da cidade, já que construíram ruas, portos, edifícios públicos e importantes estruturas. O desenvolvimento chamou a atenção de ingleses não criminosos e outros europeus, que passaram a mudar para Sydney, em busca de uma vida melhor. No início do século XX já havia mais de 1 milhão de habitantes.

Contrate um seguro viagem para a Austrália e viaje tranquilo para esse destino tão longe de casa! 

Na Austrália, eu fui mordida de raspão por um lobo (e jamais, em toda a minha vida, pensei que fosse passar por isso). O seguro saúde serviu para me dar a segurança necessária de que estava tudo bem com a minha saúde (e que não ia precisar tomar vacina de raiva). Mas por muito menos, poderia ter precisado de uma assistência, seja com uma comida diferente que experimentei, com um passeio mais radical ou até com um simples contato com cangurus.

Escolha agora a melhor opção de seguro viagem para você e garanta até 10% de desconto com o cupom ARESDOMUNDO.

Seguro Viagem: Oceania
GTA 60 EUROMAX GTA 60 EUROMAX Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 22/dia*
TA 40 Especial Plus - Internacional TA 40 Especial Plus - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 12/dia*
APRIL 30 Inter Basic APRIL 30 Inter Basic Assistência médica USD 30.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 16/dia*

Ainda hoje, Sydney recebe muitos imigrantes, mas agora eles vêm de todos os locais, como Brasil (aliás, leia o relato da brasileira Renata, que se mudou para a Austrália após o casamento), Grécia e China.

É a mais populosa e multicultural do país e nela há várias filiais de importantes empresas, grandes centros comerciais, restaurantes e bares. Apenas a título de curiosidade, segundo o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 2017, a Austrália é o segundo melhor país do mundo para se viver. A qualidade de vida é altíssima, só perde para a Noruega.

Atrações em Sydney

Circular Quay

Quem pisa em Sydney vai direto para a região do Circular Quay, afinal, é onde está a ponte mais famosa da cidade, a Harbour Bridge e a lindíssima Opera House. Além dos famosos pontos de cartões-postais, há vários restaurantes e bares, que ficam lotados durante o final da tarde.

Prédios e o movimento de pessoas em Sydney
Circular Quay no fim do dia

Harbour Bridge

A Harbour Bridge (ou Ponte da Baía de Sydney) liga o centro financeiro da cidade à costa norte. Ela começou a ser construída em 1923 e só foi finalizada, de fato, em 1932. O seu arco tem um comprimento de 503 metros e chegou a ser a estrutura mais alta da cidade até 1967.

Apesar de ter perdido o título para outros prédios, segundo o Guinness Book (o livro dos recordes), é a ponte mais larga do mundo.

Turista com Harbour Bridge ao fundo
Meu momento com a linda Harbour Bridge ao fundo
Arquitetura da Harbour Bridge e prédios de Sydney
Estrutura da Harbour Bridge e a cidade de Sydney ao fundo

A travessia pode ser feita por ferrovia, rodovia ou a pé, contudo, turistas gostam mesmo de subir até o seu topo. O passeio é conhecido como “Bridge Climb Sydney” e o ingresso pode ser comprado AQUI.

Outro passeio interessante para se ter uma vista panorâmica da região seria este voo de hidroavião.

Show de Fogos na Harbour Bridge:

Informe-se no seu hotel sobre o show de fogos na ponte, pois acontece com frequência e é muito bonito observá-la iluminada com as luzes dos fogos de artifício coloridos ao seu redor.

Para aproveitar ao máximo esta experiência, reserve uma mesa em um dos estabelecimentos que beiram a ponte com antecedência ou procure pelo restaurante no topo do prédio comercial Customs House.

Pôr do sol na Harbour Bridge
Pessoas aguardando o show de fogos na Harbour Bridge

Sydney Opera House

Sydney Opera House (ou Teatro de Sydney) é uma das casas de espetáculos mais importantes do mundo. Além da sua arquitetura com imensas conchas de diferentes tamanhos, muitos dizem que o edifício tem a melhor acústica do mundo para qualquer evento.

O calendário cultural é bem flexível e, claro, recomendo o investimento em pelo menos um espetáculo. Caso não seja do seu interesse, também é possível fazer um tour pelo interior da Opera House. Veja AQUI algumas opções.

Arquitetura da Opera House, em Sydney
Vista panorâmica da Opera House
Escadarias da Opera House
Entrada da Opera House
Desenhos projetados na arquitetura da Opera House
Projeções na arquitetura da Opera House

Museu de Arte Contemporânea

Próximo do Opera House está o Museu de Arte Contemporânea de Sydney (MCA). Nele são exibidas mais de 4000 obras contemporâneas da Austrália e outros locais do mundo.

Bairro The Rocks

Próximo ao Museu da Arte Contemporânea e da região de Circular Quay está o bairro The Rocks.

A meu ver é o lado mais boêmio da cidade, já que há ruas de pedras, casinhas baixas e muros decorados por artistas urbanos. Há charmosas galerias de arte, pubs antigos, com música ao vivo, e mercados populares. Diria que lembra um pouco o Brooklyn, em Nova York.

Arte de rua e movimento no The Rocks, em Sydney
Bairro The Rocks: Arte de rua no muro e movimento nas ruas

Hyde Park

É o parque público mais antigo da Austrália e fica localizado no Distrito Financeiro de Sydney. No local, há uma área imensa gramada, onde os australianos costumam fazer um brunch.

Eu, particularmente, fiz uma pausa na caminhada para observar um pouco a vida dos locais. Vi idosos jogando xadrez, flamingos e periquitos disputando migalhas.

Pintura de tabuleiro no chão da rua
Jogo de xadrez no Hyde Park

Catedral St. Mary

No Hyde Park ainda você verá uma construção de coloração bege destoando da paisagem cheia de prédios espelhados. Trata-se da St Mary´s Cathedral (ou Catedral St. Mary). É uma catedral católica em estilo gótico inglês. Contorne a construção e entre nela, é bem bonita.

Campos gramados e construção gótica ao fundo
Catedral St. Mary vista do Hyde Park

Royal Botanic Gardens

O Royal Botanic Gardens (ou Jardins Botânicos Reais) é outro lugar para descansar em Sydney. Cheio de flores exóticas perfumadas e tapetes gramados extensos é considerado um importante centro de pesquisa da Austrália e um dos melhores pontos para tirar fotos da Harbour Bridge e Opera House juntas.

Jardins do Royal Botanic Gardens
Royal Botanic Gardens

Melhor preço garantido para a sua hospedagem em Sydney!

Garanta a sua hospedagem agora em Sydney, seja em hotel, resort, casa de temporada ou apartamento e conte com o suporte de uma empresa séria, sempre pronta para o atendimento, diante de qualquer necessidade. Além disso, a empresa cobre qualquer oferta, mesmo para hotel de luxo!

QUERO VER AS OPÇÕES DE HOSPEDAGEM EM SYDNEY

Mrs Macquarie´s Chair 

A Cadeira da senhora Macquarie é, na verdade, um largo banco, que foi esculpido em rochas por condenados, em 1810. Fica localizado na parte do domínio (The Domain), perto dos Jardins Botânicos Reais.

Diz a história, que Macquaire era esposa do Major e General Lachlan Macquarie. Como ela gostava de observar a chegada dos navios ingleses naquele ponto, construíram esta cadeira. A trilha para chegar ao banco também leva para outros pontos bonitos beira-mar, além do Museu de Sydney (antiga residência do casal).

Turista no Mar da Tasmânia
Pela região da Mrs Macquarie´s Chair

Pelos lados da Darling Harbour

Região da Darling Harbour iluminada
Região da Darling Harbour

Outra bonita ponte em Sydney é a Darling Harbour. Mais moderna que a Harbour Bridge, ela fica todos os dias bem iluminada e ao seu redor tem vários restaurantes, bares, hotéis e museus. O movimento as sextas e sábados é bem grande, a partir das 17 horas.

Recomendo buscar informações no seu hotel sobre os fogos na Darling Harbour, pois no local também há o evento colorido nos céus.

Aquário de Sydney (Aquarium)

Na região da Darling Harbour está o lindo aquário de Sydney, que eu, particularmente, gostei muito, porque os tubarões e arraias passavam bem perto de mim, pelos túneis transparentes. Além disso, comprei conchas com pérolas dentro para presentear familiares. Os souvenirs são bem criativos. Ingressos AQUI.

Próximo ao Aquarium está também o Maritime Museum (onde estão embarcações históricas), o famoso museu de cera Madame Tussauds, a Powerhouse Museum (onde tem um observatório e exibições de artes aplicadas e ciência) e, por fim, o Chinese Garden (Jardim Chinês).

Peixe luminoso e tubarão martelo
Animais marinhos do Aquarium de Sydney

Para ver os Coalas, Cangurus e Diabos da Tasmânia 

Wildlife Center

Próximo a Harbour Bridge, fica o Wildlife Center, um parque sobre a vida selvagem da Austrália. Lá acontece o café da manhã com os coalas, aos sábados. Também, há várias espécies de animais da Oceania. Atenção: reserve com antecedência a experiência.

Featherdale Wildlife Park

Eu, apesar de ter sido mordida de raspão por um Dingo (lobo australiano), gostei muito do parque. Neste local, cangurus circulam livremente e os visitantes podem alimentá-los. É possível ter contato com coalas e chegar bem pertinho deles. Ambos são considerados selvagens, por isso, evite movimentos bruscos.

Turista com canguru, em Sydney
Contato com canguru no Featherdale Wildlife Park
Coala no galho em Sydney
Coala fazendo a digestão no interior do parque

No Featherdale Wildlife Park tive a oportunidade de ver o Diabo da Tasmânia, animal, em extinção, que tem sofrido muito com câncer. O bicho é realmente louco, não parava de correr em círculos, mas não é feio. Lembra bastante o Tas-Mania, lembra dele?

Conheci mais sobre o Dingo também, o lobo australiano que mencionei acima. Ele, geralmente, vive solto nas florestas e praias australianas e é considerado muito perigoso pela população, já que come crianças de até 2 anos de idade.

Como ele se parece muito com um cachorro, é normal que as pessoas, principalmente turistas (como eu), se confundam e aproximem para brincar ou acariciar. Nesta hora que ele ataca.

Lobo australiano na praia
Dingo na praia

Dentro do parque, um instrutor disse que poderia colocar a mão, mas eu não sabia que era um lobo. Ao me aproximar, ele rapidamente virou o pescoço e tentou prender a minha mão com os caninos.

O instrutor puxou o animal para trás rapidamente e eu também reagi com o susto, então, a mordida somente foi de raspão (mas ele poderia ter arrancado ela, foi assustador).

Na hora procurei a administração do parque, porque fiquei com medo de ter sido contaminada com raiva ou algo do tipo. Me disseram que a doença havia sido erradicada há séculos, que não precisava me preocupar.

Depois eu vi o Dingo novamente no parque, preso em uma jaula e sendo alimentado com carne fresca de coelhos. Só então tive conhecimento de todo o perigo da espécie. Fique longe dele, definitivamente.

Descontos em tours, ingressos sem filas, city pass e transfers no local!

Consulte as opções de tours especiais, ingressos, city pass e transferes no local. O atendimento da empresa é excelente e toda a confirmação dos passeios acontece rapidamente por email.

QUERO VER AS OPÇÕES DE PASSEIOS, TOURS, ETC.

Praias em Sydney

São muitas opções de praias na cidade australiana. As mais populares são Bondi Beach e Manly Beach, que têm públicos variados, praticantes de surf e de outros esportes aquáticos.

Estas praias costumam ser mais cheias, já que são mais próximas do Distrito Financeiro de Sydney.

Vista panorâmica da Bondi Beach
Movimento da Bondi Beach, em Sydney

Duas opções para quem prefere aproveitar a natureza com menos movimento seriam Palm Beach, a praia das celebridades e local onde foi gravado o seriado “Home and Away”, e Collins Flat Beach, que é bem mais próxima e também garante privacidade.

Para praticar mergulho e ver as diferentes espécies marinhas da Austrália, procure por Shelly Beach. Ela fica dentro da reserva Cabbage Tree Bay, de preservação ambiental.

Compras em Sydney

Por toda Sydney há diversos centros comerciais e lojas de rua adoráveis. Eu gostei muito da galeria vitoriana Queen Victoria Building e das lojas de departamento Westfield e Myer. Só esqueça as pechinchas. Nada é barato em Sydney.

Manequim com flores e relógio em shopping
Decoração da loja Westfield e Galeria Queen Victoria Building

Onde se hospedar

Recomendo procurar hotel em qualquer ponto entre a Harbour Bridge e a Darling Harbour. Entre as duas pontes, eu fui e voltei em vários momentos e, com transporte público, demora cerca de 30 minutos a travessia. Para encontrar o hotel ideal, veja algumas referências AQUI.

Arredores da cidade

Não deixe de planejar uma visita às Blue Mountains (consideradas Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO). Há diversas trilhas, cachoeiras, transportes modernos, como teleféricos e trens, além das famosas formações rochosas Three Sisters.

Teleférico e montanhas ao fundo
Teleférico nas Blue Mountains

Checklist para a sua viagem

  • Hotéis, resorts, pousadas, apartamentos e casas de temporada com a missão cobrir qualquer preço e não cobrar taxa de reserva.
  • Chip internacional de celular com desconto já funcionando antes de sair do Brasil. Use o cupom PROMO10, obtenha 10% de desconto e se livre da roaming internacional.
  • Passagens aéreas promocionais e dois destinos internacionais pelo preço de um! O melhor buscador de passagens aéreas para brasileiros.
  • Ingressos para Broadway, parques da Disney, Cirque Du Soleil com desconto e a possibilidade de parcelar em até 10x sem juros. Use o cupom AMOFF.
  • Seguro viagem com desconto de até 10% e pagamento em até 12x no cartão. Use o cupom ARESDOMUNDO.
  • Tours, citypasses com desconto, ingressos e transfers  para qualquer lugar do mundo.
  • Aluguel de carros no Brasil ou exterior, com preços em reais e pagamento em até 12 vezes. Use o cupom OUTUBRO6OFF.

Deixe o seu comentário