Auckland: guia com as 15 melhores atrações e hotéis

Auckland é a maior cidade da Nova Zelândia, em número de habitantes, e fica localizada na Ilha Norte do país.

Se você está querendo saber mais sobre o destino, além de ter dicas úteis sobre os pontos turísticos para visitar, melhores tours e hotéis, está no lugar certo!

Preparei um guia prático com tudo o que precisa saber para visitar o destino.

foto de Auckland
Auckland ao entardecer

O que saber sobre Auckland

Embora Auckland seja a cidade mais populosa da Nova Zelândia, com um pouco mais de 1,5 milhão de pessoas, ela não é grande. Auckland tem apenas 1.086 km².

Muita gente acha que Auckland é a capital da Nova Zelândia, talvez por ser muito noticiada ao longo do ano.

Mas a verdadeira capital do país é Wellington, cidade que praticamente fica no extremo oposto da Ilha Norte, a 643 km de distância.

Distância de Auckland a Wellington
Distância de Auckland a Wellington

Fuso horário, língua e moeda

Fuso horário

O fuso horário da Nova Zelândia é de + 16 horas, em comparação ao Horário de Brasília.

Sentimos a diferença de horário, de uma forma muito forte, quando chegamos, mas, em pouco tempo, é possível entrar no ritmo.

Língua

A língua oficial da Nova Zelândia é o inglês, embora muitos descendentes de Maoris se comuniquem em Tuhinga o mua, que é uma língua austronésia.

Não se preocupe, pois, mesmo com os Maoris, podemos nos comunicar.

visita aos Maoris na Nova Zelândia
Aprendendo a espantar os inimigos com os Maoris

Moeda

Dólar Neozelandês (NZ$).

Apenas para referência, 1 real brasileiro dá para comprar 0,26 centavos do Dólar Neozelandês.

Planejando a viagem para Auckland

Documentos necessários para visitar a Nova Zelândia

Para ir a Nova Zelândia, brasileiros não precisam de visto de turismo, mas a permanência não deve ultrapassar 3 meses.

o que fazer em Auckland
Turistas conhecendo Auckland com nativos, em um passeio de vela

No caso, precisaria apenas dos seguintes documentos:

  • Passaporte com validade mínima de 6 meses, a partir da data de entrada no país.
  • Comprovante financeiro, que mostre que você tem como se manter pelo período da sua viagem no país. Apenas como referência, o recomendado é ter pelo menos NZ$ 1.250 por mês.
  • Passagem de volta.
  • Comprovante de reserva do hotel ou carta-convite, com o endereço de onde ficará hospedado.

*A partir do final de 2022, a Nova Zelândia também tende a solicitar o Etias.

Se você tiver dúvidas sobre o assunto, veja o vídeo que eu fiz, com toda a explicação.

Quantos dias ficar na cidade

Recomendo ficar entre 3 e 5 dias em Auckland.

Se você tiver interesse em conhecer apenas Auckland, fique 3 dias.

Já se quiser conhecer as fantásticas ilhas que ficam perto da cidade, fazer um tour para outras cidades da Ilha Norte da Nova Zelândia, tendo como base Auckland, fique 5 dias.

Assim poderá conhecer o parque geotermal de Rotorua, a caverna fluorescente de Waitomo e Hobbiton, set do filme Senhor dos Anéis.

Você sabia que há um tour, que em apenas 13 horas permite que você conheça algumas das principais atrações da Ilha Norte da Nova Zelândia?

Isso mesmo!

O passeio guiado de 13 horas que sai de Auckland, pode te levar para conhecer: as Cavernas de Waitomo, uma tribo Maori em Rotorua (ou o Parque de Te Puia) e Hobbiton, o famoso set do Senhor dos Anéis.

O que está incluido no tour:

  • Transporte confortável
  • Entrada e visita guiada nas Cavernas de Waitomo
  • Passeio à Tribo Maori ou Entrada no Parque geotérmico de Te Puia
  • Entrada e visita guiada em Hobbiton
Set do Senhor dos Anéis
Hobbiton, onde foi gravado Senhor dos Anéis, é uma das atrações incluidas no tour

O tour tem um excelente custo-benefício! Custa apenas NZ$ 419 por pessoa!

QUERO SABER MAIS SOBRE O PASSEIO COMPLETO

*Atenção: o valor do tour pode sofrer alterações por parte do fornecedor.

Como chegar, a partir do Brasil 

Não existem voos diretos do Brasil para Nova Zelândia. As rotas mais curtas fazem escala em Buenos Aires e Santiago, em voos da Latam, Qantas e Air New Zealand.

Existem viagens com mais de uma escala, passando também pela Europa, por outros países da América do Sul e da Ásia.

O tempo total de viagem varia, de acordo com o trajeto escolhido. No meu caso, fazendo escala em Santiago, pela Latam, demorou 31 horas.

As passagens, partindo do Aeroporto de Guarulhos, custam a partir de R$ 18.000, de executiva, e R$ 3.800, na classe econômica.

Eu fiz o trajeito de executiva e valeu cada real investido, pois é uma viagem extremamente cansativa.

Todos os voos desembarcam no aeroporto de Auckland (AKL).

>>> Veja também! Transfers do aeroporto de Auckland ao hotel!

Melhores bairros e hotéis de Auckland

O melhor local para se hospedar é no centro comercial da cidade, conhecido como Auckland CBD ou Auckland Central Business District, já que a cidade não tem uma cobertura de transporte público muito eficiente.

Auckland CBD
Como são as ruas do centro de Auckland

A partir deste “miolo” da cidade, é possível chegar às melhores atrações, restaurantes e lojas.

Realmente, fique no centro, porque vai facilitar a sua vida e você ainda poderá fazer ótimas compras.

Neste perímetro estão: Viaduct Harbour, Queen Street e Britomart.

  • Viaduct Harbour

Os hotéis mais luxuosos estão na Viaduct Harbour, uma região portuária, em revitalização.

Quem se hospeda nesta área, garante as melhores vistas e hotéis com padrões altíssimos de qualidade, que permitem um aprofundamento à cultura neozelandesa, por meio de experiências diferenciadas.

Dicas de hotéis:
  • Sofitel Viaduct Harbour: sofisticado e com uma vista de perder o fôlego, o Sofitel garante suites confortáveis, um excelente restaurante e piscina coberta.

A diária para 2 pessoas custa, em média, NZ$ 445.

Sofitel Nova Zelândia
Vista da suíte do Sofitel na Viaduct Harbour (crédito: Sofitel Viaduct Harbour)
  • Hotel QT Auckland: com um estilo mais “boutique”, o hotel apresenta o “frescor” da Nova Zelândia, com design e elegância.

As suítes têm um estilo moderno e o café da manhã é tido como “fantástico”, pelos hóspedes.

O valor da diária para 2 pessoas custa cerca de NZ$ 339.

Queen Street

A Queen Street é a rua mais comercial de Auckland e dá para conhecer bastante coisa sobre o consumo do neozelandês, apenas cruzando-a.

Quem se hospeda nas proximidades da Queen Street, claro, tem a vantagem de estar “no coração de Auckland” e poder acessar a tudo.

Eu me hospedei lá, no hotel Sky City, da famosa Sky Tower, a torre de Auckland com restaurante giratório.

A experiência foi incrivelmente boa e o hotel ficava a apenas 0,8 km da região portuária!

Apenas a título de informação, a diária para 2 pessoas no Sky City custa, em média, NZ$ 280.

Há também outros boas opões de hotéis nas imediações. Veja abaixo, no mapa interativo, todos os locais disponíveis para dormir no perímetro.

Já reservou o seu hotel na Nova Zelândia?

Encontre a melhor hospedagem para você na Nova Zelândia, seja em hotel de luxo, casa de temporada ou apartamento e conte com o suporte de uma empresa séria, sempre pronta para o atendimento, diante de qualquer necessidade.

Use o mapa interativo abaixo, pois nele estão presentes todos os estabelecimentos disponíveis para dormir no país e fica fácil de comparar suas localizações e preços.

Booking.com
  • Britomart

Britomart é popular, pois lá se encontra a principal estação de Auckland.

A região é excelente para se hospedar, pois fica perto do porto, de bons restaurantes e centros comerciais.

estação Britomart
A estação de Britomart, com um centro comercial ao fundo
Dica de hotel:
  • Stamford Plaza Auckland: 5 estrelas com um excelente custo-benefício. O hotel oferece suítes amplas, excelentes piscinas e áreas de socialização interna.

Muito bem qualificado pelos hóspedes pelo atendimento, localização e café da manhã.

A diária para 2 pessoas, custa cerca de NZ$ 289.

>>> Leia também! Onde ficar em Rotorua: 11 melhores lugares e bairros

As top 15 atrações de Auckland

1) Passeio de barco com jantar típico

Um dos passeios mais populares de Auckland e uma das melhores formas de conhecer a cidade é por meio do mar.

O passeio de barco passa pela orla de Auckland e revela incríveis paisagens da cidade!

passeio de barco na nova zelandia
Vista de Auckland, a partir de um passeio de barco

Recomendo fazer o passeio assim que chegar ao destino, pois assim é possível ter uma noção de onde fica cada coisa.

Há 2 tipos de passeios de barco:
  • Cruzeiro à vela: a bordo de um barco à vela, um pequeno grupo de turistas poderá admirar vistas icônicas de Auckland, por 1,5 horas.

Durante o passeio é oferecido café, chá ou chocolate quente. A embarcação sai do Porto de Waitemata.

Preço: NZ$ 99, por pessoa.

Preço: NZ$ 145, por pessoa.

2) Tour Experiência Kiwi

Se pelo mar você já conheceu bem Auckland, agora pode fazer um dos tours mais elogiados em terra, conhecido como Experiência Kiwi.

No passeio de 3 horas é possível conhecer a curiosa história e geografia de Auckland e saber mais detalhes sobre o estilo de vida dos “Kiwis”, como a população da Nova Zelândia vira e mexe é chamada.

Durante o tour, também será possível:

  • Subir no Monte Eden
  • Visitar o Jardim de Inverno
  • Conhecer a casa mais cara da Nova Zelândia
  • Entre outros detalhes interessantes…
O tour custa NZ$ 68 por pessoa e os ingressos devem ser comprados com antecedência.
conhecer o estilo de vida do neozelandês
Tour perfeito para conhecer o estilo de vida do neozelandês

>>> Leia também! “A mudança para a Nova Zelândia com filhos pequenos”

3) Subir na Sky Tower para ver a vista, jantar ou saltar dela

Sabe aquela torre rodeada de fogos de artifício da Nova Zelândia, que sempre passa na tv, quando anunciam o ano novo na Oceania? Então, é essa aí.

A popular Sky Tower é uma torre de comunicação, com 328 metros de altura, tida como um dos principais pontos turísticos da Nova Zelândia.

Torre de comunicação da nova zelandia
Vista noturna de Auckland, com a torre de comunicação da cidade

No topo da torre é possível avistar toda Auckland de forma panorâmica

Vista da Sky Tower
Vista da Sky Tower, durante o dia

Mas também fazer uma refeição no seu restaurante giratório.

 Jantar na Sky Tower Auckland
Minha experiência, quando fui jantar na torre

Já para quem quer sentir “um friozinho na barriga”, também dá para:

  • Saltar lá do topo, com um cabo de segurança preso ao corpo. A atividade é conhecida como Sky Jump.
Salto da Sky Tower em Auckland
Pessoa saltando do topo da Sky Tower
  • Dar uma volta em uma plataforma, por fora do topo da torre. A atividade é conhecida como Sky Walk.
Ingresso

O ingresso apenas para subir na torre não é caro.

Custa apenas NZ$ 32 e recomendo comprar com antecedência, para não ter que enfrentar as longas filas na bilheteria.

Endereço da Sky Tower

Victoria Street West, Auckland CDB, Auckland 1010.

4) Tour All Blacks Experience

Você já deve ter visto alguns jogadores de rugby fazendo a dança Haka, antes de iniciar uma partida, não?

All Blacks é um dos times mais populares de rugby do mundo e o esporte é uma “paixão nacional”, na Nova Zelândia.

Na cidade Auckland é possível conhecer a fundo a história do time no tour All Blacks Experience.

Tem até a Haka Experience, que é um “banho de aprendizado cultural”.

O passeio dura cerca de 45 minutos e é bem possível que você saia “apaixonado” pelo time.

Eu mesma não entendia nada de rugby e saí fã dos All Blacks. Até comprei souvenirs na loja oficial depois.

Vi camisetas bonitas, bonés, chaveiros, coisas para comer e beber, com bons preços.

souvenirs all blacks
Até a água dos All Blacks, eu comprei após o tour
Ingresso

O melhor local para comprar o ingresso é no próprio local, onde acontece o tour.

Ele custa NZ$ 50 para adultos e NZ$ 35 para crianças. Há também pacotes econômicos para famílias com mais de 3 pessoas.

Endereço

88 Federal Street, Auckland CDB, Auckland 1010.

5) Assistir a um jogo dos All Blacks

Claro, você também pode assistir a um jogo dos All Blacks, se o time estiver jogando em Auckland.

No caso, veja o site oficial do time, para ter acesso ao calendário de jogos.

6) Museu de Auckland

O Museu de Auckland é um dos principais estabelecimentos que contam a história da Nova Zelândia, desde o descobrimento, passando pelos combates até os dias de hoje.

Também conhecido com Museu Memorial da Guerra de Auckland,  ele está em um prédio neoclássico.

Museu de Auckland
Museu de Auckland foi construído em estilo neoclássico

Nele há um grande acervo fotográfico e de objetos sobre história natural, geologia e biologia, entre outros assuntos.

Vale a pena comprar o ingresso com antecedência, para evitar possíveis filas na bilheteria.

A entrada custa NZ$ 28, por pessoa.

Endereço: Parnell, Auckland 1010, Nova Zelândia.

7) Praia de Piha

Bastante popular entre os locais, a Praia de Piha é uma vila que fica a 45 minutos a oeste de Auckland.

Ela é conhecida pelas suas areias negras e por ser reduto de surfistas.

Nela é possível fazer aulas de surfe e ainda praticar rapel. 

Tudo no cânion Piha, uma região com um lindo visual e uma floresta subtropical.

Vista da praia de Piha
Vista da Praia de Piha

Uma ótima sugestão para quem está em Auckland é fazer um passeio de 1 dia para a Praia de Piha, com o auxílio de 1 guia para desfrutar das maravilhas do local.

Neste passeio estão incluídos:

  • Guia turístico local
  • Transporte de ida e volta para Auckland
  • Mapa da região
  • Dicas sobre as melhores atrações
  • Viagem cênica pelas cordilheiras Waitakere Ranges

Ponto de encontro:  Queen Street 229, em frente à Base Backpackers, Auckland, Nova Zelândia.

8) Jardim Botânico

Construído em uma área de 64 hectares, a 30 minutos do centro, o Jardim Botânico de Auckland é um estabelecimento que conta com mais de 10 mil espécies de plantas.

No jardim há exibições temáticas e ele valoriza bastante também as espécies nativas, que nos ajudam a entender a cultura local.

Não há cobrança de ingressos para o Jardim Botânico, nem de estacionamento.

Endereço: 102 Hill Road, The Gardens, Auckland 2105, Nova Zelândia.

9) Voo sobre a Ilha Waiheke e vulcão Rangitoto

Uma das melhores formas de conhecer a Ilha Waiheke o Vulcão Rangitoto é voando sobre eles.

Primeiramente, porque dá para avistar a incrível natureza e os principais pontos turísticos da Ilha, como as vinícolas.

Ilha Waiheke, na Nova Zelândia
A natureza da Ilha Waiheke, na Nova Zelândia

Segundo, porque é “barato” fazer esse tipo de passeio em Auckland. O voo de 30 minutos custa apenas NZ$ 139 por pessoa.

Terceiro, porque durante o voo dá para ver Auckland sob outra perspectiva e também conhecer as Ilhas do Tesouro.

Uma experiência de viagem incrível, para guardar na memória pelo resto da vida!

voo na Ilha Waiheke
Voo na Ilha Waiheke (divulgação)

Ponto de encontro: 171 Carsons Rd, Ilha Waiheke, Auckland 1971, Nova Zelândia.

11) Vinícolas da Ilha Waiheke com almoço

Mesmo que você não faça o passeio de avião sobre a Ilha Waiheke, recomendo ao menos conhecer as suas vinícolas.

Os vinhos da Nova Zelândia estão listados entre os melhores do mundo, devido à excelente posição geográfica do país e à qualidade do processo de produção.

vinhos da Nova Zelândia
Degustação de vinhos da Nova Zelândia

No passeio que inclui um almoço com vista para os vinhedos, há degustação de vinhos e uma parada em um excelente lugar para comprar azeite.

Como o passeio começa na própria Ilha, no Cais de Matiatia, é necessário chegar a ela de balsa ou helicóptero.

Se for de ferry, é importante que pegue-o às 9 da manhã de Auckland, pois assim chegará um pouco antes do início do passeio.

O tour completo, como mencionado acima, custa NZ$ 205 por pessoa e para garantir o passeio é preciso comprar o ingresso com antecedência.

Ponto de encontro: Cais de Matiatia na ilha de Waiheke, Nova Zelândia.

11) Compras na Queen Street

Como mencionei anteriormente, na Queen Street há várias lojas para visitar.

Vale muito a pena dedicar umas 3 ou 4 horas nesta parte comercial da cidade, pois aí é possível conhecer bastante sobre o consumo do neozelandês e fazer ótimas compras!

Por toda a rua há lojas:

  • De luxo, como a Dior e Louis Vuitton
  • Outras artesanais de papelaria
  • Docerias com estilo asiático
  • Lojas de roupas de esportes
  • Cosméticos
  • Jóias
  • Além de lojas de departamento, onde é possível encontrar de tudo.

Recomendo, por sinal, passar pelo shopping Strand Arcade e pela grande Smith And Caugheys.

12) Passeio pelo bairro de Devonport

Do outro lado do Porto está Devonport, um dos bairros mais charmosos de Auckland.

Neste local, que durante anos não tinha uma estrada que ligava a Auckland, estão diversas vilas coloniais, que hoje são lojas de artesanato e cafés, além de mansões de alto padrão.

Uma base naval foi a principal atração da região por anos. Atualmente, nela há um grande museu, com um acervo relacionado a história marítima do país.

Muitas pessoas gostam de ir a Devonport ao entardecer, para curtir o pôr do sol.

13) Pular de paraquedas

A Nova Zelândia é conhecida mundialmente por ser o “paraíso dos esportes radicais”.

Muitas pessoas vão ao país atrás da maior queda de bungee jump do mundo e de paraquedas.

Em Auckland, especificamente, há boas possibilidades de saltos de paraquedas e você pode reservar essa experiência com antecedência, para não perder esta chance.

Salto de paraquedas em Auckland
Salto de paraquedas em Auckland (divulgação)

Ao reserva o salto de paraquedas, você terá direito à instrução de segurança e equipamento de paraquedismo (exceto o calçado).

Preço: NZ$ 250, por pessoa.

14) Degustar cervejas artesanais neozelandesas

Se você gostou das vinícolas neozelandesas, certamente vai gostar deste passeio gastronômico também!

A Nova Zelândia produz cervejas artesanais, sabia?

As cervejas neozelandesas estão em alta no mundo e experimentá-las o ajudará também a entender a cultura do país.

Cerveja neozelandesa
Vários tipos de cervejas artesanais da Nova Zerlândia (divulgação)

Em Auckland há um passeio pelo mundo das cervejas artesanais, de 3 horas, que visita 3 bares bem referenciados.

Em cada um são servidos entre 3 e 4 tipos de bebidas, além de comidas típicas.

Preço: NZ$ 130, por pessoa.

15) Cruzeiro para observação de baleias e golfinhos

A natureza da Nova Zelândia é realmente abundante e ela também pode ser sentida em um cruzeiro ecológico com observação de baleias e golfinhos.

O passeio tem duração de 4 horas e 30 minutos e é feito em um catamarã de luxo, que vai ao Parque Marinho do Golfo de Hauraki.

baleias em Auckland
Turistas tiram fotos de baleias, em um Cruzeiro ecológico (divulgação)

Vale destacar que, até chegar ao Parque Marinho, é possível observar diversos pontos turísticos, como a Ponte do Porto de Auckland, Devonport e a ilha de Rangitoto.

É possível reservar o passeio com antecedência para garantir o seu lugar no cruzeiro.

A alimentação é vendida apenas dentro do catamarã. Preço: NZ$ 149.

Ponto de encontro: Museu Marítimo da Nova Zelândia, Quay Street 175, Viaduct Harbour.

Gostou do guia prático de Auckland?

Se precisar de ajuda com a sua viagem ao destino ou quiser compartilhar a sua experiência, deixe o seu comentário. Logo respondemos! 🙂

Também recomendamos na Oceania

Ilha Norte da Nova Zelândia: top 10 atrações e mapa

Guia de Sydney: o que fazer, onde dormir, vistos e dicas

Blue Mountains: 10 razões para conhecer e como chegar

compartilhe:
Deixe o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *