O que fazer em Foz do Iguaçu, quando ir e onde ficar

O quê fazer em Foz do Iguaçu? Qual é a melhor época para conhecer? Quantos dias ficar? Onde se hospedar?

Se estas são as suas dúvidas sobre este destino brasileiro presente na lista de Patrimônios da Unesco, leia com atenção este post-guia.

Além de responder às perguntas acima, darei dicas imperdíveis para que a sua viagem seja inesquecível.

Cataratas do Iguaçu
Cataratas do Iguaçu

O que saber sobre Foz do Iguaçu

Com 258.532 habitantes, distribuídos em 617,7 km², Foz do Iguaçu ocupa o posto de sétima cidade do Paraná com o maior número de pessoas, segundo uma divulgação no ano de 2019, pelo IBGE.

A liderança é da capital do estado Curitiba, com 1.933.105, Londrina, com 569.733, e Maringá, com 423.666.

Foz do Iguaçu é bastante procurada por turistas do Brasil e de diversos lugares do mundo pela sua natureza exuberante, com destaque para as Cataratas do Iguaçu, e por estar em um região de tríplice fronteira (Argentina, Brasil e Paraguai).

Onde fica Foz do Iguaçu

A cidade de Foz do Iguaçu fica no extremo oeste do Paraná e faz fronteira com a Argentina e o Paraguai.

Onde fica Foz do Iguaçu
Foz do Iguaçu fica em uma região de tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina   /Google Maps

A distância de Foz do Iguaçu

  • Curitiba, no Brasil, a  636,4 km.
  • São Paulo, no Brasil, a 1058,6 km.
  • Florianópolis, no Brasil, a 939,6 km.
  • Puerto Iguazú, na Argentina, a 15,1 km.
  • Buenos Aires, na Argentina, a 1293,6 km.
  • Ciudad del Este, no Paraguai, a 9,8 km.
  • Assunção, no Paraguai, a 329,9 km.

Outras informações úteis sobre Foz do Iguaçu

Moeda

Real (BRL).

Língua

O português é o idioma oficial.

Porém, por ficar na fronteira entre o Paraguai e a Argentina, muitas pessoas também falam o espanhol, principalmente na área do turismo.

Fuso horário

Foz do Iguaçu tem como horário oficial o Horário de Brasília.

Planejando a viagem para Foz do Iguaçu

Melhor época para visitar

Foz do Iguaçu recebe turistas durante todo o ano, mas vale destacar que em dezembro, janeiro e julho (meses de férias escolares) é quando a cidade fica mais cheia.

O ideal é visitá-la fora destes períodos, pois os passeios serão mais proveitosos e os preços mais baixos.

Parque das Aves em Foz do Iguaçu
Tradicional foto com uma arara no Parque das Aves

Como as principais atividades da cidade são ao ar livre, também recomendo não ir para lá durante os meses mais frios do Brasil, já que é muito revitalizante chegar perto das cataratas e se molhar por suas águas.

Temperatura da cidade

A temperatura média anual de Foz do Iguaçu é de 21,6ºC. O mês mais quente do ano é o de janeiro, quando a temperatura máxima fica na casa dos 31ºC e a mínima em 22ºC.

O mês mais frio é o de junho, quando a média da temperatura máxima é de 23ºC e a mínima de 12ºC.

Os dois primeiros meses do ano (janeiro e fevereiro) são os mais molhados, com 9 dias de chuva cada. Já julho e agosto são os que menos chovem, com 6 cada.

Quantos dias ficar

Para poder conhecer todas as atividades com tranquilidade e ainda dar uma passada pela Argentina e Paraguai, eu recomendo ficar pelo menos 4 dias em Foz do Iguaçu.

Conhecer as Cataratas (lado brasileiro e argentino), a Usina de Itaipu e Puerto Iguazú são atividades demoradas, por isso, considerar apenas um fim de semana seria pouco tempo para estar em Foz do Iguaçu.

Como chegar

É possível chegar a Foz do Iguaçu de avião, carro e ônibus.

Contudo, como sempre há promoções excelentes de voos para a cidade, a melhor opção, a meu ver, é por meio de transporte aéreo.

De avião

A cidade tem um aeroporto internacional que se chama Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu (IGU) e é a principal porta de entrada da cidade para turistas.

Ele fica a 13 km do centro.

Apesar de estar longe de ser um dos maiores do país, ele recebe os visitantes com certo conforto.

O Aeroporto de Foz do Iguaçu é o quarto aeroporto de maior movimento da Região Sul do Brasil, atrás apenas do aeroporto de Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis.

As passagens entre a cidade paranaense e o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, são vendidas a partir de R$ 233.

Como deixar o aeroporto de Foz do Iguaçu rumo ao hotel
Transfer

A forma mais confortável para deixar o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, rumo ao hotel escolhido, é por meio de um transfer particular.

No caso, um motorista estará à disposição, após o seu desembarque, e o levará da forma mais rápida e confortável.

Apenas a título de informação, um carro para até 3 pessoas custa cerca de 160 reais.

Já para 4 pessoas, em torno de 175 reais e para um grupo de até 12 pessoas, custaria cerca de 450 reais.

Se esta opção de transporte lhe parecer interessante, reserve com antecedência apenas para garantir disponibilidade.

Táxi/ Uber

O preço da corrida vai depender da localização do seu hotel, do dia e horário da sua chegada.

Por isso, para evitar qualquer surpresa ou a não disponibilidade de veículos, a melhor forma é reservar um transfer.

Ônibus

Para deixar o aeroporto e partir para a zona urbana da cidade há apenas uma linha, que é a 120.

É um ônibus comum, sem nenhum luxo. Ele sai a cada 20 minutos e as suas viagens acontecem entre às 6 da manhã a meia-noite.

Dependendo do local que você vai, pode ser necessário trocar de ônibus.

Por isso, não vejo como a melhor opção.

De carro

A principal estrada para chegar à cidade é a BR-277, que corta o Paraná.

Alugar um carro para se locomover pela cidade pode valer bastante a pena, pois as distâncias dentro da cidade são grandes e as ruas são bem sinalizadas.

Estar com um automóvel garante mais autonomia para visitar as atrações de acordo com o seu tempo.

Um dica!

Caso você vá com o seu próprio carro e tenha o objetivo de visitar Paraguai e Argentina, é preciso ter a carta verde, que é um seguro de carro obrigatório para viajar pelos países do Mercosul.

Para conseguir a carta verde e fácil.

Basta entrar em contato com a sua seguradora e solicitar.

Ela custa a parir de R$ 67 reais e você a receberá no mesmo dia.

Caso você alugue um carro em Foz, não esqueça de solicitá-la em sua locadora.

De ônibus

A Rodoviária de Foz do Iguaçu fica bem próxima ao centro da cidade, em uma área que não é coberta por hotéis.

Ela recebe ônibus de muitas cidades brasileiras e de outros países também.

Como a distância é longa para a maioria das cidades, fique atento aos preços dos bilhetes aéreos, que podem ser mais baratos, além de oferecerem mais conforto e viagens mais rápidas.

Endereço da rodoviária: Av. Costa e Silva, 1601 – Jardim Itamaraty, Foz do Iguaçu – Paraná.

Onde se hospedar em Foz do Iguaçu

Os dois principais lugares para se hospedar em Foz do Iguaçu são o centro da cidade e a Avenida das Cataratas, a mais importante da cidade, pela quantidade de atrações nos arredores.

Porém, há pessoas que preferem ficar dentro do Parque Nacional das Cataratas.

Tudo vai depender dos seus objetivos nesta viagem.

Hotel no Parque do Iguaçu
Área externa do hotel Belmond, no Parque do Iguaçu

As melhores opções de hospedagem em Foz do Iguaçu são:

Hotel Belmond Hotel das Cataratas: hotel mais badalado da cidade, o Belmond fica dentro do Parque das Cataratas, com uma bela vista para as cataratas.

Os quartos são bastante confortáveis e decorados em estilo português, com tons leves.

Um refúgio no meio de uma floresta tropical, que permite com que seus hóspedes durmam com o som natural das cataratas.

O Belmond ainda tem duas piscinas, academia, spa, quadra de tênis, sala de reuniões e conferências, dois restaurantes (Ipê Grill e Itaipu) e um bar (Tarobá).

Preço: diária a partir de R$ 1718 para duas pessoas.

Mabu Thermas Grand Resort: este resort está localizado acima do Aquífero Guarani, uma das maiores fontes de água termais do mundo.

Essa água, com temperatura de 36ºC, se renova a cada 4 horas e abastece as piscinas e praia do complexo do hotel.

O estabelecimento também oferece quartos confortáveis, sauna, bar na piscina, spa e atividades recreativas.

Preço: a partir de R$ 454 reais.

Bourbon Foz do Iguaçu Hotel : a 1,4 km está o hotel Bourbon, um estabelecimento moderno, com suítes confortáveis, além de piscina e academia.

O hotel fica perto de alguns dos pontos mais procurados do centro da cidade, como Shopping Cataratas JL e a Mesquita Omar Ibn Al-Khatab e também do Marco das 3 fronteiras.

Preço: a partir de R$ 289.

Caso você tenha interesse em buscar outras opções de estabelecimentos para dormir na cidade, veja no mapa interativo abaixo, pois nele estão todos os lugares para se hospedar, apontados por localização e preço.

Booking.com

O que fazer em Foz do Iguaçu

Parque das Aves

Próximo às Cataratas, o Parque das Aves é um espaço de 16 hectares de mata nativa, com mais de 1500 animais, entre aves, mamíferos e répteis.

Tucanos no Parque das Aves
Os Tucanos ficam soltos no Parque das Aves

Ele é a única instituição do mundo que tem como objetivo preservas as aves nativas da Mata Atlântica, oferecendo a possibilidade de ter um contato próximo com os animais, sem gerar estresse neles.

É uma experiência imperdível para todas as idades.

Preço: 60 reais, por pessoa.

Usina Hidrelétrica de Itaipu

Localizada no Rio Paraná, entre Brasil Paraguai, Hidrelétrica de Itaipu é uma usina binacional, a maior do mundo na produção de energia limpa e renovável.

Ela foi inaugurada em 1984 e recebe visitantes do mundo inteiro, atrás de informações sobre esta gigante.

Usina de Itaipu
Tamanho da usina hidrelétrica de Itaipu impressiona

Na excursão pela usina, é possível ter acesso ao seu interior e conhecer os segredos e fatos que fazem parte da sua história.

No passeio de 2 a 4 horas está incluído também o transporte de ida e volta para o seu hotel, além do ingresso da atração.

Preço: R$ 42, por pessoa.

Parque Nacional do Iguaçu

O Parque Nacional do Iguaçu é uma área de preservação ambiental, localizado a 17 km do centro de Foz do Iguaçu, com cerca de 185 mil hectares.

Nele se encontra uma das maiores áreas de preservação da Mata Atlântica, além das famosas Cataratas do Iguaçu.

Em 1986, o Parque Nacional do Iguaçu recebeu da UNESCO o título de Patrimônio Natural da Humanidade.

Cataratas do Iguaçu

As Cataratas do Iguaçu são um conjunto de 275 quedas de água no rio Iguaçu, localizadas entre os Parque do Nacional do Iguaçu, no Brasil, e o Parque Nacional Iguazú, em Misiones, Argentina.

Conhecer as Cataratas é algo obrigatório para quem vai a Foz do Iguaçu.

Quando estive por lá, fiz um circuito completo espetacular pelo lado brasileiro, que durou 4 horas.

Cataratas do Iguaçu
As Cataratas do Iguaçu impressionam todos os visitantes

O ônibus da execução me buscou no hotel e me levou diretamente ao Parque Nacional, onde pude contemplar vistas maravilhosas e uma experiência inesquecível com a natureza.

Lá dentro, eu fiz uma caminhada de 1200 metros, com um guia, onde observei o Cânion do Rio Iguaçu e algumas quedas d’água, como a de Rivadavia e a Três Mosqueteiros.

Ao final do percurso, cheguei ao mirante da Garganta do Diabo, o ponto máximo da atração.

Mirante da Garganta do Diabo
Mirante da Garganta do Diabo, em Foz do Iguaçu

Preço da excursão com guia + transporte (sem ingresso ao Parque): a partir de 114 reais.

Macuco Safari

O Macuco Safari é uma empresa, com concessão do Governo Federal, que faz passeios de barco pelo Rio Iguaçu, que tem como ponto alto os banhos nas quedas d’água.

Barco do Macuco Safari
Barco do Macuco Safari

É um passeio muito emocionante e realmente imperdível.

Eu fiz e farei de novo quando volta à cidade.

Turistas perto das Cataratas do Iguaçu
Ficamos bem perto das Cataratas do Iguaçu, no passeio com o Macuco Safari

É possível comprar o ingresso antecipadamente por menos de R$ 150, por pessoa.

Lado argentino

Dois terços das Cataratas do Iguaçu estão na Argentina e o outro lado do parque também merece ser visitado. É uma experiência complementar à brasileira.

Vale a pena fazer uma excursão para conhecer o melhor deste lado do parque.

A minha sugestão é fazer um passeio de 6 horas, com um guia, que te buscará no próprio hotel.

Este passeio é dividido em percurso superior e inferior.

O superior realiza um trajeto de 800 metros por passarelas que permitem uma visão totalmente única das quedas d’água.

Ele passa pelas Duas Irmãs, Bosetti, Bernabé Méndez e M’Bigua.

No percurso inferior, durante 2 horas, é possível contemplar as quedas d’água, diante dos seus pés.

Destaque para as vistas da Garganta do Diabo e do Cânion do Rio Iguaçu.

Preço: a partir de 167,20, por pessoa (ingresso para o parque não está incluído).

Marco das Três Fronteiras

Um dos principais pontos turísticos da cidade é, sem dúvida, o Marco das Três Fronteiras.

Pintado de verde e amarelo, ele é um obelisco que marca a divisa entre Brasil, Argentina e Paraguai.

Na região da tríplice fronteira há lojas de artesanato, lanchonetes, área de recreação e um mirante, além de um estacionamento.

Caso você tenha o desejo de fazer de conhecer o Marco das Três Fronteiras, há uma excursão.

Preço: R$ 40, por pessoa.

Puerto Iguazú

A cidade de Puerto Iguazú faz parte da província de Misiones, na Argentina, e faz fronteira com Foz do Iguaçu.

Ela é bastante procurada pelos brasileiros que vão a Foz do Iguaçu pelas comprar no Free Shop, cassinos e pelas opções diversificadas de restaurantes.

Em Puerto Iguazú é possível ter uma verdadeira imersão cultural argentina, através do enoturismo da região, que promove não apenas os bons vinhos, mas também as excelentes carnes, famosas empanadas e alfajores.

Caso você esteja interessado em conhecer a rica gastronomia argentina de Puerto Iguazú, existe um tour excelente, que considera transfer de ida e volta ao seu hotel e o jantar, com champanhe de boas-vindas. Preço: cerca de 440,00 reais.

Empanadas argentinas
As famosas empanadas argentinas (divulgação)

Outra ótima opção do lado argentino, é assistir a um espetáculo de tango, com a opção de jantar, no Teatro Madero Tango.

O show tem duração de 1 hora e 30 minutos, com a presença de 25 artistas e uma orquestra.

Ah, o bacana deste passeio é que antes do espetáculo começar, há duas horas livres para aproveitar a cidade e conhecer o cassino local. Preço: cerca de 270 reais.

Ciudad del Este

Para quem deseja fazer compras no Paraguai, há um transporte de ida e volta para Ciudad del Este.

Comércio em Ciudad del Este
Comércio em Ciudad del Este, visto da ponte da amizade

Chegando lá, você terá cerca de 2 horas 30 minutos para fazer conhecer as diversas lojas, ou passear pela zona comercial da cidade. Preço: cerca de 70 reais.

Confesso que eu fui conhecer a cidade, porque todo mundo falava de lá, mas não gostei da experiência.

Vi muitos produtos falsificados, muita gente armada na rua, crianças extremamente pobres comendo restos de turistas. Enfim, eu não gostei do que vi, não me senti em um ambiente seguro, não gostei da experiência…

Mas se você quiser conhecer, recomendo que não saia do perímetro de compras.

Só vá em lugares recomendados também, para não ter problemas.

Gostou das dicas de Foz do Iguaçu?

Deixe o seu comentário ou as suas dúvidas, que logo respondemos. 😉

Também recomendo

Show de tango em Buenos Aires: top 5 com e sem jantar

Guia de Buenos Aires: o que fazer, hotéis e segurança

Quanto custa viajar para 13 lugares

Lugares de Curitiba, pelo blog D&D Mundo afora

O passeio pelas Cataratas

compartilhe:
Deixe o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *