Um guia completo e gratuito sobre Barcelona

Barcelona é o meu lugar preferido no mundo. Dediquei um semestre da minha vida à cidade para estudar espanhol e vivenciar a cultura. Gosto muito do clima. da arquitetura, da relação amistosa e fácil com os catalães, da intensidade de Gaudí impressa em vários pontos turísticos, das praias, enfim, de tudo.

+ 5 restaurantes em Barcelona que você precisa conhecer

Ao longo deste artigo, vou descrever a minha experiência na capital da Catalunha para te convencer sobre a necessidade de visitar este destino. Sim, você precisa conhecer este lugar!

Bonita arquitetura das casas em vista panorâmica
A beleza da arquitetura de Barcelona, vista do Parc Guell

Você sabia que o seguro viagem é obrigatório na Espanha? 

Evite problemas com as autoridades e viaje com tranquilidade. Escolha agora a melhor opção de seguro viagem para você e garanta até 10% de desconto com o cupom ARESDOMUNDO.

FAZER UMA COTAÇÃO RÁPIDA

Um pouco sobre a história de Barcelona

Hoje, Barcelona é a maior metrópole do Mar Mediterrâneo e a sexta maior cidade da União Europeia (em número de pessoas, com quase 2 milhões de habitantes). Cheia de Patrimônios mundiais pela UNESCO e construções de referência divididas entre praias e montanhas, é também um importante centro financeiro no mundo, já que importantes empresas e universidades têm sede na cidade.

Bem antes de todos os méritos catalães, registros apontam que a região de Barcelona já era povoada há cerca de 3500 anos, no final do período Neolítico. Ocupada por Iberos e posteriormente por Cartagineses, povo que residia no norte da África, passou por turbulentos períodos de conquistas.

No século I A.C, dominada pelos Romanos, Barcelona foi refundada. No século VIII, os italianos perderam o poder e a cidade foi liderada por quase um século por muçulmanos.

E mais dominações…

Os Romanos voltaram a dominar a região, contudo a potência chamava muita a atenção dos muçulmanos e estes votaram à cidade para saquear, destruir e incendiar vários pontos. A população sofreu muito no período, já que era perseguida, morta e traficada para outros países para ser escravizada.

No século XIV, Barcelona começou a decair e, com a união dos reinados de Aragão e Castela, a tensão entre os catalães e castelhanos começou a ficar mais intensa, piorando com a Guerra dos Segadores e Guerra de Sucessão Espanhola, que mais uma vez destruíram partes da cidade e aboliu as leis próprias da Catalunha.

E mais sangue…

No século XVIII, Barcelona voltou a ter destaque econômico e cresceu geograficamente, devido à industrialização. Tudo ia bem até que começaram novas guerras sangrentas, como a Guerra Civil Espanhola, I e II Guerra Mundial.

Líderes reergueram a cidade com muita garra para depois de décadas alcançar o mérito devido. Em menos de 100 anos alcançou o poder econômico e financeiro na região, sediou as Olimpíadas de 1992 e o Fórum Universal das Culturas, em 2004.

Melhor preço garantido para a sua hospedagem! Seja em hotéis, resorts, casas de temporada ou apartamentos.

A Booking.com é um dos maiores buscadores de hospedagens do mundo, presente em mais de 70 países. Ela tem como missão garantir o menor preço de hospedagem e não cobrar taxa de reserva . O atendimento é excelente e a viagem pode ser feita com segurança, pois diante de qualquer problema com a hospedagem, a empresa se coloca à disposição para solucionar.

Pela ferramenta é possível reservar hotéis, casas de temporada, apartamentos, resorts ou pousadas em qualquer destino.

Vale a pena adquirir o city pass de Barcelona

A maioria das atrações a seguir, podem ser feitas por meio da aquisição do passe da cidade, que dá direito às entradas dos principais pontos turísticos, museus com 20% de desconto, inclusive, com transfer do aeroporto ao centro da cidade e ônibus turístico, sem custo adicional. Esta é a forma mais econômica de conhecer mais sobre Barcelona. Contudo, abaixo também deixo listado algumas formas de adquirir ingressos individuais, ou seja, por passeio também.

Atrações em Barcelona

Atrações de Gaudí

Andar pela cidade de Barcelona chega a ser mágico, porque, entre os prédios baixos de cor bege, de repente, nos deparamos com arte.

prédios baixos em Barcelona
Típica rua em Barcelona

E o mais puro da arte na cidade tem nome: Antoni Gaudí.  Claro, há também obras do grande Miró e Picasso, mas o que mais caracteriza a cidade são as obras do arquiteto.

Igreja Sagrada Família

A Igreja, mesmo não sendo finalizada (porque Gaudí faleceu antes), é linda e esplendorosa. A prefeitura tem há anos planos para terminar a obra. Antes diziam que ela seria concluída em 2014, agora já tem um plano novo para 2026.

Mas isso divide bastante a opinião pela cidade. Alguns acham que a Sagrada Família deveria ser acabada sim, porque o desenho do projeto é de Gaudí. Outros não concordam, pois a herança do arquiteto é aquilo, do jeito que está.

As torres da Igreja representam velas sendo derretidas, quando vistas por fora. Por dentro dela há mosaicos que refletem as suas cores de acordo com a posição do sol.

Fortemente recomendo fazer um tour pela Sagrada Família. E comprando o ingresso com antecedência, não precisará enfrentar as imensas filas.

Sagrada Família em construção
A gigante Igreja Sagrada Família, vista de longe
Sagrada Família em construção em Barcelona
Sagrada Família sendo finalizada
Arquitetura interna da Sagrada Família
Teto do interior da Sagrada Família

Parc Güell

Muito procurado entre os visitantes também, o passeio pelo Parc Güell arranca suspiros. No bairro de Gràcia, Gaudí criou o ponto urbano, que mescla arquitetura, arte e natureza.

O Parc Güell é considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e os visitantes podem conhecer as abóbadas dos pavilhões de entrada, os jardins antigos, o teto da sala hipostila, o famoso banco ondulante e o El Drac das escadarias (uma espécie de camaleão, símbolo de Barcelona).

Arquitetura do Parc Güell
Interior do Parc Güell, um dos pontos turísticos famosos de Barcelona
Arquitetura e turistas no Parc Güell
Arquitetura de Gaudí no Parc Güell
Banco ondulante e turistas no Parc Guel
O famoso banco ondulante

Casa Batlló

O edifício modernista, antiga residência do afortunado empresário têxtil Josep Batlló, é um dos pontos mais procurados por turistas.

O empresário queria se destacar dos familiares e, por isso, contratou Gaudí para criar a sua residência. Como Gaudí tinha acabado de ganhar um concurso sobre construções artísticas, faria sentido convidá-lo para o projeto.

Quando a Casa Batlló estava quase sendo finalizada, o afortunado Milà, sócio de Josep em uma fábrica de fios, visitou a construção. Gaudí, neste dia, ganhou outro projeto: a Casa Milà. Ambos são considerados Patrimônios Mundiais da Unesco.

Detalhes da arquitetura da Casa Batlló
Detalhes da fachada da Casa Batlló

Há vários tours interessantes na Casa Batlló. Um deles é noturno e você poderá escutar música no terraço.

Já uma outra opção, seria uma visita teatral, onde atores vão tratar os visitantes como conhecidos e explicar o universo da burguesia do início do século XX.

La Pedrera (ou Casa Milà)

Imperdível, assim como o Parc Güell. La Pedrera (ou Casa Milà), localizada na Passeig de Gràcia, surpreende os amantes de arquitetura e arte.

A obra se trata de um prédio que parece ter sido esculpido em uma pedra e ter raízes na terra. Além de observá-lo por fora, é possível conhecer o seu interior, visitar o apartamento de Gaudí, onde hoje funciona uma exposição, e de outras personalidades influentes da época.

Vale a pena conhecer os aposentos, recomendo, inclusive, passar pela cobertura. As vigas são imponentes e o local permite tirar fotos de outros ângulos da cidade. Por isso, não perca!

Ingressos com áudio guia em português é a melhor forma para conhecer a Casa Milà.

Arquitetura externa da La Pedrera
Frente da Casa Milà, outro ponto turístico importante de Barcelona
Arquitetura interna e vigas da La Pedrera
Vista interna da arquitetura da Casa Milà
Detalhes da arquitetura da Casa Milá

Casa Vicens

Outra obra de Gaudí admirada na cidade é a Casa Vicens, que eu acredito ser a menos popular, mas também é bem bonita.

Foi projetada para ser uma casa de férias de um proprietário de uma fábrica de tijolos. Na época, Gaudí não tinha experiência nenhuma, talvez, por isso, esta seja a mais simples das suas criações.

Outros pontos de arte em Barcelona

Se o intuito for viver a arte de Barcelona na essência, vale a pena visitar o Museu do Pablo Picasso, que também morou na cidade, e o primeiro museu de arte contemporânea de Barcelona, a Fundació Joan Miró.

São 14 mil obras disponíveis neste último, e ele fica localizado dentro do Parc MontJuïc.

Parc MontJuïc

A região de MontJuïc estava bem abandonada antes de Barcelona receber os Jogos Olímpicos de 1992. Com as obras de revitalização e adequação da cidade para sediar o evento, este se tornou um dos pontos mais valorizados.

Arquitetura e fontes de MontJuïc
A beleza da região de MontJuïc

Uma ótima forma de chegar ao Parc MontJuïc é pegar o teleférico na região portuária. Dá para ver Barcelona de forma panorâmica e o passeio é excelente. Eu sugiro dar uma olhada no site oficial antes de ir, pois há apresentações da fonte mágica, que lindamente muda de cores de acordo com as músicas tocadas.

Da zona portuária ao centro

A zona portuária e Barceloneta

A zona portuária também foi toda revitalizada para receber o evento esportivo. Por isso, hoje, a praia de Barceloneta é bastante visitada por locais e turistas de todo o mundo.

É muito gostoso andar pelo calçadão a pé ou de bicicleta, tomar um solzinho na praia, apreciar as águas frias do Mediterrâneo, almoçar em um dos belos restaurantes na costa e curtir a vibe alegre de quem frequenta a região.

A praia não é maravilhosa e muito distante de qualquer praia que temos no Brasil,  mas o local, em si, é bonito e a infraestrutura é maravilhosa.

Vista da praia de Barceloneta
Praia de Barceloneta ao entardecer
Turistas na praia de Barceloneta
Passeio pelo calçadão da praia de Barceloneta

Ramblas

Há duas formas de andar pelas Ramblas. Ir da praia de Barceloneta ao centro, ou fazer o caminho inverso, saindo da Praça da Catalunha.

As Ramblas são uma espécie de calçadão com comércio variado e vários ambulantes. Há homens-estátua, vendedores de roupas, bijuterias e artesanato. Acho importante passar por elas, mas não espere nada de diferente.

Ramblas na cidade de Barcelona
Movimento nas Ramblas, uma das principais ruas de comércio

Mercat de la Boqueria

Nas Ramblas está o famoso Mercat de la Boqueria, ideal para comprar frutas recém chegadas da África, temperos típicos da Catalunha, peixes, sanduíches práticos ou alimentos asiáticos mais exóticos, como escorpiões no espeto. A essência gastronômica de Barcelona pode ser sentida aí, por isso, recomendo muito uma passada, nem que seja breve.

Alimentos coloridos pendurados no Mercat de la Boqueria
Variedade de alimentos no Mercat de la Boqueria
Venda de presunto no Mercat de la Boqueria
Jamón Pata Negra e variedade de embutidos

Se for do seu interesse aprender a preparar uma autêntica paella espanhola, ou outro prato típico da Catalunha, recomendo uma olhadinha AQUI.

Conheça também 5 restaurantes para agradar diferentes paladares em regiões turísticas de Barcelona

Bairro Gótico

Este é mais um dos meus locais preferidos em Barcelona. O bairro Gótico é repleto de ruelas estreitas e histórias intensas de lutas. Inicialmente era ocupado por judeus, que residiam em casas escuras cheias de contornos e diabos nas janelas (para afastar os inimigos). Contudo, o local passou por transformações, mas não perdeu as suas características.

Além da arquitetura que realmente impressiona, há igrejas com muros marcados por bombas da II Guerra Mundial e um comércio variado, com lojas de souvenir, restaurantes e roupas descoladas.

Arquitetura e fatos do Bairro Gótico de Barcelona
Marcas de bala nos muros da igreja

Praça da Catalunha

Ponto de encontro de muitas pessoas que residem em Barcelona, ao redor da bonita Praça estão lojas gigantes, como El Corte Inglès, Desigual, Zara, Mango e H&M.

Há também vários restaurantes e ônibus turísticos, que levam as pessoas para outros pontos da Catalunha, ou para a Outlet La Roca Village.

Ah! Recomendo uma visita a este último centro comercial, pois lá comprei uma calça linda da Versace uma vez por 40 euros e um óculos da Dolce & Gabanna por 60 euros.

Mais sobre compras em Barcelona

Barcelona é uma excelente cidade para fazer compras, pois os impostos são mais baixo do que em muitos outros lugares na União Europeia e os valores mínimos para solicitar o tax free também são atrativos. Veja mais sobre como receber o imposto das compras de volta, antes de fazer as suas compras.

Parc de La Ciutadella

Dá para ir a pé da Praça Catalunha ao Parc de La Ciudadella, mas também facilmente de metrô. No bonito parque estão a sede do Parlamento da Catalunha, o zoológico da cidade e os museus de geologia e zoologia. Se for um dia de verão, recomendo alugar um barco para um passeio pelo lago central.

Arco no Parc de La Ciudadella
Arco do Triunfo catalão, próximo ao Parc de La Ciudadella

Um pouco mais distante do centro

Assistir um jogo no Camp Nou

Fique atento ao calendário do Campeonato Espanhol, Copa do Rey e na Liga dos Campeões. Mas, se você for visitar a cidade em uma época fora sem jogos, faça um tour pelo estádio, pois sempre está aberto para visitação e a estrutura realmente impressiona.

Jogo de futebol no estádio Camp Nou
Jogo da Champions League no Camp Nou

Tibidado

Poderia dizer que é apenas uma montanha de onde se pode ter belas vistas panorâmicas de Barcelona, contudo, tem um parque de diversões cheio de atrações e também uma igreja linda, que anda bem popular no Instagram, chamada Sagrat Cor.

Arquitetura da Sagrat Cor em Barcelona
Sagrat Cor, em Barcelona

Outras informações de Barcelona

Segurança na cidade

Barcelona é uma cidade segura. Pode andar tranquilamente a qualquer hora. Alguns residentes pedem mais atenção ao bairro de Ravel, mas é segura sim.

Eu, particularmente, recomendo atenção com seus pertences e com malas nas costas, por exemplo, em estações de metrô e em lugares mais cheios, como nas Ramblas. Assim como em qualquer lugar no mundo, existe gente oportunista e estas aproveitam os mais desligados para roubar.

Se o seu medo for terrorismo, esqueça a fatalidade para aproveitar ao máximo o destino. A segurança de Barcelona também foi bastante reforçada após o ocorrido.

As melhores praias de Barcelona

Brasileiros gostam muito da Mar Bella (a praia do topless e do coletivo gay) e Nova Mar Bella (frequentada por famílias com crianças pequenas).

Muitos vão também a Barceloneta, já que é a única que tem reconhecimento internacional. Mas eu também recomendo a Bogatell, que é bem menos turística que as mencionadas acima e mais frequentada pelos locais.

Todas estas praias acima são banhadas pelas águas claras, calmas e frias do mar Mediterrâneo.

Língua: espanhol ou catalão 

Há muitos anos os catalães tentam se separar da Espanha. Nas ruas é comum falar catalão (uma mistura de espanhol com francês bem difícil de compreender).

Na cidade todos são bilíngues e falam espanhol também, mas você pode sentir alguma resistência em lugares pouco turísticos. Em outras palavras, você pode se deparar com algum chatinho por aí.

Como o turismo é forte na cidade e há também grandes faculdades de renome internacional, muita gente fala inglês. No entanto, acho válido garantir pelo menos o nível básico da língua espanhola, até para viajar para outros cantos da Espanha posteriormente.

Transporte em Barcelona

O transporte público de Barcelona é absolutamente eficiente. Chega muito próximo em todos os pontos turísticos e dá para usar até mesmo do aeroporto ao centro (e vice versa).

Arredores de Barcelona

Se tiver oportunidade, visite Montserrat, Girona e Figueres.

A melhor forma de alugar carro na Espanha, com garantia de melhor preço e parcelamento em até 12 vezes!

A Rentcars.com compara o preço de veículos de mais de 100 locadoras, em qualquer lugar do mundo, e apresenta os preços em reais. Ela também disponibiliza a opção de parcelamento em até 12 vezes e sempre que há disponibilidade, oferece benefícios, como: km gratuito, segundo condutor sem custo, upgrade de cortesia, entre outros itens de confortos que tornam a experiência mais prazerosa.

QUERO ALUGAR O MEU VEÍCULO NA ESPANHA AGORA

Na primeira cidade há um mosteiro lindo no topo de uma montanha. Já Girona é uma cidade medieval, com características góticas e românticas ao mesmo tempo. Em Figueres está um dos museus que mais gosto no mundo: Salvador Dalí.

Também recomendamos

Seu guia em Madrid: arte, atrações e compras

Viaje conectado: internet de qualidade e chamadas ilimitadas

 

Como sair do aeroporto de Barcelona, pelo blog Viagem a dois

O principal de Lisboa: cultura, atrações e compras

Como fazer o bolo de maçã espanhol

Checklist para a sua viagem

Hotéis, resorts, pousadas, apartamentos e casas de temporada com a missão cobrir qualquer preço e  não cobrar taxa de reserva.

Chip internacional de celular já funcionando antes de sair do Brasil. Use o cupom PROMO10 e obtenha 10% de desconto.

Passagens aéreas com preços de outlet! O app compara os preços de diferentes companhias e apresenta todas as opções, incluindo as com desconto (com preços de outlet).

Ingressos para Broadway, parques da Disney, Cirque Du Soleil e outros lugares especiais, com possibilidade de parcelar em até 10x. Use o cupom AMOFF e ganhe 2,5% de desconto nos parques da Disney e 5% de desconto em outros ingressos.

Seguro viagem com desconto de até 10% e pagamento em até 12x no cartão. Use o cupom ARESDOMUNDO.

Tours, ingressos e transfers, com os melhores preços.

Aluguel de carros no Brasil ou exterior, com preços em reais e pagamento em até 12 vezes.

Caso tenha dúvidas sobre estes ou outros serviços, acesse TERMOS DE USO.

Deixe o seu comentário

2 comentários

  1. Falou tudo sobre a cidade de Gaudí! Vou usar na minha viagem!!!

    1. Pode usar esse guia, Alberto! Fique a vontade! Gaudí é tudo, né? rs. Sou bem suspeita para falar, pq adoro o estilo de arte dele. Boa viagem!