Guia de Barcelona grátis 2022: atrações, segurança, etc

Precisa de um guia de Barcelona com todas as informações úteis sobre a cidade?

Se sim, está no lugar certo! 🙂

Aqui você terá um guia completo e gratuito sobre uma das cidades mais fascinantes da Espanha.

Neste material há desde a história, até como ter economia no transporte, no dia a dia.

Desde as melhores atrações da cidade, até as dicas para ter descontos nas entradas, lojas e restaurantes.

Então, vamos seguir viagem pelas terras de Gaudí, que o melhor está por vir 🙂

guia de barcelona 2022
A beleza da arquitetura de Barcelona, vista do Parc Guell

Guia de Barcelona grátis

Barcelona é um dos meus lugares preferidos no mundo.

Dediquei um semestre da minha vida à cidade para estudar espanhol e vivenciar a cultura catalã e conhecer os arredores.

Depois que retornei ao Brasil, fui outras 2 vezes para lá, por isso, esse guia de Barcelona está caprichado!

A história de Barcelona

Cheia de Patrimônios mundiais pela UNESCO, Barcelona tem muita história para contar…

A região catalã, segundo registros, já era povoada há cerca de 3500 anos, no final do período Neolítico.

Ocupada por Iberos e posteriormente por Cartagineses, povo que residia no norte da África passou por turbulentos períodos de conquistas.

No século I a.C, dominada pelos Romanos, Barcelona foi “refundada”.

No século VIII, os italianos perderam o poder e a cidade foi liderada, por quase um século, por muçulmanos.

E mais dominações…

Os Romanos voltaram a dominar a região, contudo, a potência chamava muita a atenção dos muçulmanos e estes voltaram à cidade para saquear, destruir e incendiar vários pontos.

A população sofreu muito no período, já que era perseguida, morta e traficada para outros países para ser escravizada.

No século XIV, Barcelona começou a decair e, com a união dos reinados de Aragão e Castela, a tensão entre os catalães e castelhanos começou a ficar mais intensa.

Barcelona separatista
Barcelona é uma cidade separatista, que busca independência da Espanha. Muitas pessoas usam a bandeira da Catalunha nas janelas

E piorou mais ainda com a Guerra dos Segadores e Guerra de Sucessão Espanhola, que mais uma vez destruíram partes da cidade e aboliram as leis próprias da Catalunha.

Depois Barcelona despontou de vez…

No século XVIII, Barcelona voltou a ter destaque econômico e cresceu geograficamente, devido à industrialização.

Tudo ia bem até que começaram novos conflitos sangrentos, como a Guerra Civil Espanhola e as duas Guerras Mundiais.

Líderes reergueram a cidade com muita garra para, depois de décadas, alcançar o mérito devido.

Em menos de 100 anos, a cidade alcançou o poder econômico e financeiro na região, sediou as Olimpíadas de 1992 e o Fórum Universal das Culturas, em 2004.

A cidade de Barcelona
Como é a cidade de Barcelona hoje

Porque visitar Barcelona

Sou capaz de lhe dar 1001 motivos para visitar a cidade, mas vamos aos principais!

  •  A arte inspira

É muita beleza em um lugar só!

O arquiteto Gaudí deixou um grande legado para a cidade, com obras lindíssimas, como a Sagrada Família, La Pedrera e o Parc Guel.

foto da sagrada familia barcelona
Igreja Sagrada Família, um dos legados de Gaudí
  • Pela gente

Os cidadãos de Barcelona são muito amistosos, realmente nos recebem muito bem.

Além disso, há muitos turistas de diferentes origens, então, é fácil, em um ambiente multicultural, fazer novos amigos e se divertir.

  • A comida é fantástica!

Frutos do mar frescos, tapas muito bem preparadas, temperos cheios de personalidade e doces inesquecíveis.

Há ótimos lugares para comer na cidade!

Onde comer em Barcelona
Olivos, Restaurante de Barcelona (divulgação)
  • “Clima de verão”, mesmo no inverno

Mar, areia e muitos praticantes de esportes fazem com que a cidade sempre pareça uma “colônia de férias”.

  • Tem o que fazer todos os dias

São tantas atividades interessantes, que fica até difícil escolher, em viagens curtas ao destino.

  • É a sexta maior cidade da União Europeia

…em número de pessoas.

Monjuic
Monjuic, um dos principais pontos turísticos de Barcelona

Informações úteis sobre a cidade

Tamanho

101,9 km.

Número de habitantes

5.575 milhões.

Clima

O verão é bastante quente, úmido e o céu é sempre azul, o que atrai muitos turistas de toda a Europa.

Já no inverno, o céu fica, com frequência, encoberto e raramente neva.

Sim, pode nevar na praia.

Estive lá quando isso aconteceu, por sinal.

Em Barcelona, o verão é curto, morno, úmido e de céu quase sem nuvens. O inverno é longo, fresco e de céu parcialmente encoberto.

Ao longo do ano, em geral, a temperatura varia de 5 °C a 28 °C e raramente é inferior a 1 °C ou superior a 31 °C.

praia em barcelona
O clima é sempre bom em Barcelona

Temperatura

No verão (de Junho a Setembro), a temperatura pode variar entre 20°C e 27°C, embora nos últimos anos tenha passado dos 30°C.

No inverno (de Dezembro a Março), a variação da temperatura fica entre 9° e 17°C.

O frio não me incomodou para nada, achei bem razoável, sinceramente. Mas se você quiser ir à praia, vá na primavera ou verão, que já estará calor.

Moeda

Euro.

Língua

Catalão (é a preferida), mas falam espanhol fluente também e inglês em pontos turísticos.

>>> Veja também! Visto para Europa 2022: novas regras para brasileiros, ETIAS e dicas

Distância de Barcelona para outras cidades da Espanha

  • Madrid: 625 km, 6 horas de carro
  • Saragoça: 314 km, 3 horas de carro
  • Bilbao:  611 km,  5 horas e 45 minutos de carro
  • Málaga: 979 km, 9 horas e 35 minutos de carro
  • Sevilha:  997 km, 10 horas e 15 de carro
Barcelona no mapa
Distância de Barcelona para outras cidades da Espanha (Google Maps)

Distância de Barcelona para outras cidades da Europa

  • Marselha, na França: 505 km, 5 horas e 5 minutos de carro
  • Principado de Mônaco: 687 km, 6 horas e 50 minutos de carro
Onde fica Barcelona no mapa da Europa
Distância de Barcelona a outros países europeus (Google Maps)

Quantos dias ficar em Barcelona

No meu guia de Barcelona, eu recomendaria pelo menos 4 dias, porque tem bastante coisa para fazer, não apenas na cidade, mas nos arredores.

Contudo, se você tiver um ritmo mais rápido para conhecer as coisas, dá para conhecer os principais pontos turísticos em 3 dias.

Você sabia que com o Barcelona Pass você pode entrar em 20 das melhores atrações de Barcelona, sem custo algum?

Além disso, o passe minimiza o tempo em filas, garante o uso do ônibus turístico e descontos em restaurantes, shows e lojas!

Algumas das atrações incluídas do Barcelona Pass:

  • Casa Milá ou La Pedrera (de Gaudí)
  • Estádio do Camp Nou
  • Casa Batlló (de Gaudí)
  • Barcelona Walking Tour
  • Ônibus hop-on hop-off
  • Passeio de barco com Las Golondrinas
  • Transfer para a Outlet La Roca Village
  • Colônia Güell e cripta de Gaudí
topo da casa mila
A Casa Milá, obra de Gaudí, é uma das atrações do Barcelona Pass

O passe custa 101 euros por pessoa e garante uma economia de mais de 230 euros, do que comprando atração por atração na bilheteria.

QUERO SABER MAIS SOBRE O BARCELONA PASS

*Atenção: o valor do passe pode sofrer alterações pelo fornecedor

Como ir para Barcelona

Felizmente, agora há voos diretos de São Paulo para Barcelona pela Latam.

De outros destinos do Brasil é mais comum encontrar voos que fazem escala em Madrid, mas é tranquilo também, já que há bastante voos.

O preço médio em classe executiva para Barcelona é de R$ 9.500.

Já de classe econômica entre R$ 2.490 e R$ 3.200, dependendo da época do ano em que a passagem é comprada.

Avião
Avião pousando em Barcelona

O aeroporto de Barcelona

Barcelona tem apenas um aeroporto, aliás a Catalunha toda.

Ele fica a 12 km do centro de Barcelona, no município de El Prat de Llobregat.

O Aeroporto de Barcelona se chama Aeroporto Josep Tarradellas, mas no dia a dia escutamos as pessoas falando apenas El Prat. Ele é gigante, muito organizado e bonito.

Aeroporto El Prat
El Prat é o único aeroporto de Barcelona

De lá partem voos para diferentes lugares da Europa e também destinos de outros continentes.

Aliás, se você pretender viajar pela Europa, partindo de Barcelona, procure pela companhia Vueling.

É uma low cost espanhola muito eficiente.

Os preços são realmente muito bons!

Transfer do aeroporto para o centro da cidade ou hotel

Como o aeroporto é distante do centro de Barcelona, não use táxi, pois a corrida pode sair cara.

Recomendo que pegue um transfer para o centro da cidade ou para o seu hotel, pelo custo e comodidade de não ter que ficar carregando malas.

Compre com antecedência, inclusive, pois, como muita gente sabe que tem no aeroporto de Barcelona, dependendo do horário, pode ter longas filas para comprar.

Já se o seu hotel for muito próximo à Praça Catalunha, use o AeroBus, que é eficiente e custa apenas 5,90 euros.

Há trem e metrô também para ir ao centro de Barcelona, mas…

É bastante demorado.

Primeiro, é necessário pegar um trem, que fará conexão com o metrô, para dai então você encontrar a linha certa para ir ao centro de Barcelona.

Nada contra o metrô…

Ele é muito eficiente em Barcelona, mas com malas é um perrengue que pode ser evitado.

Mapa do metrô em Barcelona
Quantidade de linhas de metrô em Barcelona (crédito: metrô de Barcelona)

Transporte em Barcelona

O transporte público de Barcelona é absolutamente eficiente.

O metrô mesmo chega muito próximo à maioria dos pontos turísticos e só costumo usar o metrô mesmo.

Uma forma de você economizar no transporte público em Barcelona é adquirindo o Hola BCN!

Este passe permite o acesso livre aos metrôs, ônibus, trens suburbanos e bondes.

O passe pode ser comprado por número de dias, sendo indicado de 2 a 5 dias de viagem.

Passes econômicos de transporte em Barcelona
Passes de transporte econômicos em Barcelona: de 2 a 5 dias

As melhores atrações de Barcelona 

Abaixo você verá as principais atrações da cidade para um roteiro de 3 a 5 dias.

Contudo, se você for ficar mais tempo em Barcelona, pense também em fazer tours pela Catalunha.

Há lugares interessantíssimos para conhecer, como o Mosteiro de Montserrat.

Atrações de Gaudí

Andar pela cidade de Barcelona chega a ser “mágico”, porque, entre os prédios baixos de cor bege, de repente, nos deparamos com arte.

prédios baixos em Barcelona
Típica rua em Barcelona

E o mais puro da arte por lá tem nome: Antoni Gaudí.

Claro, há também obras do grande Miró e Picasso, mas o que mais caracteriza a cidade são as obras do arquiteto, por isso, não podem faltar no seu guia de Barcelona!

  • Igreja Sagrada Família

A igreja, mesmo não tendo sido finalizada (porque Gaudí faleceu antes), é linda e esplendorosa.

Uma das atrações tradicionais de qualquer guia de Barcelona sempre considera.

Sabe-se que a prefeitura tem planos para terminar a obra em breve, mas a gente nunca sabe quando será de verdade.

construção da sagrada familia
A construção “infinita” da Sagrada Família

Antes diziam que ela seria concluída em 2014, agora já tem um plano novo para 2026.

Sagrada Família em construção
A gigante Igreja Sagrada Família, vista de longe

O término da igreja divide bastante a opinião pela cidade.

Alguns acham que a Sagrada Família deveria ser acabada, sim, porque o desenho do projeto é de Gaudí.

Outros não concordam, pois a herança do arquiteto é aquilo, do jeito que está.

Você acha que deveria ser terminada ou não?

Sagrada Família em construção em Barcelona
Sagrada Família sendo finalizada

As torres da Sagrada Família representam velas sendo derretidas, quando vistas por fora.

Por dentro dela há mosaicos que refletem as suas cores, de acordo com a posição do sol.

Fortemente recomendo fazer um tour pela Sagrada Família.

Ingressos:

Para entrar na Sagrada Família é preciso comprar ingresso.

 

Há diversos tipos, por volta de 30 euros por pessoa.

Vale bastante a pena comprar um com com antecedência, para evitar as filas que costumam dar volta no quarteirão.

Infelizmente, o ingresso da Sagrada Família não faz parte do Barcelona Pass (passe econômico de atrações da cidade), mas a entrada não é cara também.

dentro da Sagrada Família
Teto do interior da Sagrada Família
Endereço

Carrer de Mallorca, 401, 08013.

  • Parc Güell

Muito procurado entre os visitantes também, o passeio pelo Parc Güell arranca suspiros.

Este é um dos lugares que mais gosto na cidade, por sinal…

No bairro de Gràcia, Gaudí criou este ponto urbano, que mescla arquitetura, arte e natureza.

É muito bonito mesmo. Indispensável no roteiro.

foto do Parc Guell
Arquitetura de Gaudí no Parc Güell

O Parc Güell é considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Durante uma visitação é possível conhecer:

  • as abóbadas dos pavilhões de entrada
  • os jardins antigos
  • teto da sala hipostila
  • o famoso banco ondulante
  • escultura do El Drac (uma espécie de camaleão, símbolo de Barcelona), nas escadarias
como é o parc guell por dentro
O famoso banco ondulante do Parc Guell
Ingresso

O melhor lugar para comprar ingresso é diretamente na porta, pois é mais barato.

Costuma custar 10 euros por pessoa.

Endereço

08024, Barcelona

  • Casa Batlló

O edifício modernista e antiga residência do afortunado empresário têxtil Josep Batlló, é um dos pontos mais procurados por turistas.

Josep queria se destacar dos familiares e, por isso, contratou Gaudí para criar a sua residência.

Como Gaudí tinha acabado de ganhar um concurso sobre construções artísticas, faria sentido convidá-lo para o projeto.

Quando a Casa Batlló estava quase sendo finalizada, o afortunado Milà, sócio de Josep em uma fábrica de fios, visitou a construção.

Gaudí, neste dia, ganhou outro projeto: a Casa Milà. Ambos são considerados Patrimônios Mundiais da Unesco.

como é a Casa Batlló
Detalhes da fachada da Casa Batlló
Ingresso

A entrada na Casa Battló custa cerca de 25 euros por pessoa, mas, se você tiver o Barcelona Pass, não custará nada.

Endereço

Passeig de Gràcia, 43, 08007

  • La Pedrera (ou Casa Milà)

La Pedrera (ou Casa Milà), localizada na Passeig de Gràcia, surpreende os amantes de arquitetura e arte.

A obra se trata de um prédio que parece ter sido esculpido em uma pedra e ter raízes na terra.

foto da La Pedrera
Frente da Casa Milà, outro ponto turístico importante de Barcelona

Além de observá-lo por fora, é possível conhecer o seu interior, visitar o apartamento de Gaudí, onde hoje funciona uma exposição, e de outras personalidades influentes da época.

foto Casa Milà
Vista interna da arquitetura da Casa Milà

Vale a pena conhecer os aposentos, recomendo, inclusive, passar pela cobertura.

As vigas são imponentes e o local permite tirar fotos de outros ângulos da cidade.

Ingresso

O ingresso, com audioguia em português, quando comprado com antecedência, custa apenas 12 euros.

Não é necessário pagar entrada se tiver o Barcelona Pass.

  • Casa Vicens

Outra obra de Gaudí admirada na cidade é a Casa Vicens. Ela é a menos popular, mas também é bem bonita.

foto Casa Vicens

Frente da Casa Vicens, outro patrimônio de Gaudi (divulgação)

A obra foi projetada para ser uma casa de férias de um proprietário de uma fábrica de tijolos.

Na época, Gaudí não tinha experiência nenhuma, talvez, por isso, esta seja a mais simples das suas criações.

Ingresso

O ingresso sem filas custa 12 euros por pessoa.

A atração não está inclusa no passe econômica da cidade, então, é preciso comprar o ingresso separadamente.

Endereço

Carrer de les Carolines, 20-26, 08012

Você sabia que o seguro viagem é obrigatório na Espanha? 

Evite problemas com as autoridades e viaje com tranquilidade.

Escolha o seguro viagem com o melhor custo-benefício para você e garanta um excelente desconto com o cupom ARESDOMUNDO.

Seguro Viagem: Europa
AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 16/dia*
AC 60 EUROPA AC 60 EUROPA Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 18/dia*
CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 24/dia*

Teleférico e Parc MontJuïc

A região de MontJuïc estava bem abandonada antes de Barcelona receber os Jogos Olímpicos de 1992.

Com as obras de revitalização e adequação da cidade para sediar o evento, este se tornou um dos pontos mais valorizados, fazendo parte de qualquer guia de Barcelona, hoje em dia.

fonte de MontJuïc
A beleza da região de MontJuïc

Uma ótima forma de chegar ao Parc MontJuïc é pegando o teleférico na região portuária, perto da praia de Barceloneta.

Do teleférico dá para ver grande parte de Barcelona, de forma panorâmica. O passeio é excelente!

Ao chegar no Parc MontJuïc, procure visitar o Museu do Pablo Picasso, que também morou na cidade.

São 14 mil obras disponíveis no local e ele fica localizado dentro do próprio parque.

A fonte mágica de MontJuïc

Como você deve saber, há um show das fontes mágicas de MontJuïc, que mescla iluminação colorida e música nas águas.

fonte mágica montjuic
Apresentação da fonte mágica de Montjuic

É uma atração bastante popular, sem custo e acontece em vários horários:

De terça a sábado: das 11 às 13 horas e entre às 16 e 18 horas.

Domingo: das 11 às 15 horas.

Endereço

Plaça de Carles Buigas, 1, 08038

Atrações da zona portuária ao centro de Barcelona

  • A zona portuária e Barceloneta

A zona portuária também foi toda revitalizada para receber o evento esportivo de 1992.

Por isso, hoje, a praia de Barceloneta é bastante visitada por locais e turistas de todo o mundo.

foto praia de Barceloneta
Praia de Barceloneta ao entardecer

É muito gostoso andar pelo calçadão a pé ou de bicicleta, tomar um solzinho na praia e apreciar as águas frias do Mediterrâneo.

Também vale a pena almoçar em um dos bons restaurantes da costa e curtir a vibe alegre de quem frequenta a região.

A praia não é maravilhosa e muito distante de qualquer uma que temos no Brasil,  mas o local, em si, é bonito e a infraestrutura é maravilhosa.

As melhores praias de Barcelona

Brasileiros gostam muito da Praia Mar Bella (a praia do topless, que também é gay friendly) e da Nova Mar Bella, que é frequentada por famílias com crianças pequenas.

Eu também recomendo a praia de Bogatell, que é bem menos turística que as mencionadas acima e mais frequentada pelos locais.

Todas estas praias acima são banhadas pelas águas claras, calmas e frias do mar Mediterrâneo.

  • Ramblas

Há duas formas de andar pelas Ramblas:

  • ir da praia de Barceloneta ao centro
  • ou fazer o caminho inverso, saindo da Praça da Catalunha (a praça principal da cidade).

As Ramblas são “uma espécie de calçadão”, com comércio variado e vários ambulantes.

Ramblas
Movimento nas Ramblas, uma das principais ruas de comércio de Barcelona

Há homens-estátua, vendedores de roupas, bijuterias e artesanato. Acho importante passar por elas para conhecer, mas não espere nada de diferente.

Ah! Tome muito cuidado com os seus pertences, pois há batedores de carteira.

  • Mercat de la Boqueria

Nas próprias Ramblas está o tradicional Mercat de la Boqueria.

Alimentos coloridos pendurados no Mercat de la Boqueria
Variedade de alimentos no Mercat de la Boqueria

Ele é ideal para comprar frutas recém chegadas da África, temperos típicos da Catalunha, peixes, sanduíches práticos ou alimentos asiáticos mais exóticos, como escorpiões no espeto.

A essência gastronômica de Barcelona pode ser sentida aí, por isso, recomendo considerar no seu roteiro, nem que seja em uma passada breve.

Venda de presunto no Mercat de la Boqueria
Jamón Pata Negra e variedade de embutidos na Boqueria

A entrada no mercado é gratuita.

Endereço

La Rambla, 91, 08001.

  • Bairro Gótico

O bairro Gótico é repleto de ruelas estreitas e histórias intensas de lutas. A arquitetura é como o nome sugere.

Inicialmente era ocupado por judeus, que residiam em casas escuras cheias de contornos e diabos nas janelas, com o objetivo de afastar os inimigos.

Contudo, o local passou por transformações, mas não perdeu as suas características.

Além da arquitetura, que realmente impressiona, há igrejas com muros marcados por bombas da II Guerra Mundial e um comércio variado, com lojas de souvenir, mercadinhos artesanais e roupas descoladas.

como é o Bairro Gótico de Barcelona
Marcas de bala nos muros da igreja do Bairro Gótico de Barcelona
  • Praça da Catalunha

Ponto de encontro de muitas pessoas que residem em Barcelona, ao redor da bonita Praça estão lojas gigantes, como El Corte Inglès, Desigual, Zara, Mango e H&M.

Além de todo o perímetro comercial, da Praça da Catalunha costuma sair um ônibus para a Outlet La Roca Village.

Comprei uma calça da Versace por 40 euros, uma vez, e  um óculos da Dolce & Gabanna por 60 euros.

Ah! Se você tiver comprado o Barcelona Pass, “fique de olho”, pois o passe costuma oferecer descontos e experiências em lojas no perímetro da praça.

  • Mais sobre compras em Barcelona

Barcelona é uma excelente cidade para fazer compras!

Os impostos são mais baixo que em muitos outros lugares na União Europeia e os valores mínimos para solicitar o tax free também são atrativos.

  • Parc de La Ciutadella

Dá para ir a pé da Praça Catalunha ao Parc de La Ciudadella, mas também facilmente de metrô.

No bonito parque estão:

  • Sede do Parlamento da Catalunha
  • Zoológico da cidade
  • Museus de geologia e zoologia

Se for um dia de verão, recomendo também alugar um barco para um passeio pelo lago central.

Arco no Parc de Barcelona
Arco do Triunfo catalão, próximo ao Parc de La Ciudadella

Um pouco mais distante do centro

  • Assistir a um jogo do Barcelona no Camp Nou

Fique atento ao calendário do Campeonato Espanhol, Copa do Rey e na Liga dos Campeões da Europa, para ter o prazer de ver o grande time do Barcelona em campo.

Jogo de futebol no estádio Camp Nou
Jogo da Champions League, que tive a oportunidade de assistir no Camp Nou
Ingresso

Se você for visitar a cidade em uma época sem jogos, faça um tour pelo estádio, pois sempre está aberto e a estrutura realmente impressiona.

O ingresso na porta custa 25 euros por pessoa, mas com o Barcelona Pass não custa nada.

Endereço

C. d´Arístides Maillol, 12, 08028

  • Tibidado

Poderia dizer que é apenas uma montanha de onde se pode ter belas vistas panorâmicas de Barcelona.

Contudo, tem um parque de diversões cheio de atrações e também uma igreja linda, chamada Sagrat Cor.

Uma atração indispensável no seu guia de Barcelona.

Sagrat Cor em Barcelona
Sagrat Cor, em Barcelona

Segurança na cidade

Barcelona é uma cidade segura.

É possível caminhar tranquilamente a qualquer hora.

Alguns residentes pedem mais atenção no bairro de Ravel e locais mais periféricos, apenas.

Eu, particularmente, recomendo atenção com seus pertences e com as malas nas costas, por exemplo, em estações de metrô e em lugares mais cheios, como nas Ramblas.

Assim como em qualquer lugar no mundo, existe gente oportunista e estas aproveitam os mais desligados para roubar.

Se o seu medo for terrorismo, esqueça o ataque terrorista que aconteceu nas Ramblas alguns anos atrás.

A segurança de Barcelona foi bastante reforçada, inclusive.

Arredores de Barcelona

Se tiver oportunidade, visite:

  • Montserrat: famosa pelo turismo religioso, lá está um lindo mosteiro encravado no topo de uma montanha.
  • Girona e Figueres: Girona é uma cidade medieval, com características góticas e românticas, ao mesmo tempo.

Lá foram gravadas cenas da trilogia Senhor dos Anéis.

Em Figueres está um dos museus que mais gosto no mundo, o de Salvador Dalí.

Ambas as cidades podem ser conhecidas em um tour.

Vista panorâmica das casas com diferente arquitetura, em Girona
Vista panorâmica, com um pouco da arquitetura de Girona

Gostou do guia de Barcelona?

Se tiver dúvidas sobre o destino ou quiser compartilhar a sua experiência, deixe o seu comentário, que logo respondemos 🙂

Também recomendo na Espanha

Seu guia em Madrid: arte, atrações e compras

Como sair do aeroporto de Barcelona

O quê falta para a sua viagem?

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

  1. Alberto

    Falou tudo sobre a cidade de Gaudí! Vou usar na minha viagem!!!

    • Pode usar esse guia, Alberto! Fique a vontade! Gaudí é tudo, né? rs. Sou bem suspeita para falar, pq adoro o estilo de arte dele. Boa viagem!

Inscreva-se na nossa newsletter e ganhe um incrível e-book sobre turismo de luxo!