Guia de Luxor: o que fazer, como chegar e como se virar

O quê fazer em Luxor…?

Sabe aquelas coisas que a gente sonha conhecer sobre o Egito, como os magníficos templos, as tumbas de faraós e as paredes cheias de hieróglifos?

Então, grande parte disso tudo que você imagina está na cidade de Luxor, por isso, uma visita ao destino é indispensável, depois de conhecer as Pirâmides.

Pensando na capital do Egito Antigo e nas melhores atrações turísticas da cidade, aceitei o convite da Dunas Travel, para descobrir as maravilhas que beiram o rio Nilo e escrever um guia completo sobre a cidade para vocês.

Leia com atenção este post-guia, porque aqui reuni todas as informações que vocês precisam saber sobre Luxor para vivenciar as melhores experiências no destino.

Templo de Karnak
Nascer do sol no Templo de Karnak – observe a matemática do egípcio ao construir o templo, favorecendo o aparecimento do sol no meio

O quê saber sobre Luxor

Significado de “Luxor”

A palavra “Luxor”, em árabe, significa “Cidade dos Palácios”, já que há muitos templos grandiosos, monumentos importantes e as necrópoles de antigos líderes do Egito, os faraós.

Templo de Luxor
Nas ruínas do Templo de Luxor

Um pouco da história

Com o objetivo de aproveitar a “fertilidade” do rio Nilo, Luxor foi construída às suas margens.

A cidade “nasceu” a partir das ruínas de Tebas, a antiga capital do Império Novo – de 1550 a 1069 a.C, e ficou popular por abrigar vestígios arquitetônicos e culturais da antiga civilização egípcia.

Luxor não é uma cidade grande e nem tão evoluída como Cairo, a capital, mas ela é de fundamental importância para o país, tanto pela história, quanto pelo turismo.

Este último, por sinal, é uma importante fonte de renda para os egípcios, já que a maior parte do país é pura areia.

Escultores em alabastro
Escultores de alabastro, pedra típica do Egito – Luxor é um dos melhores lugares para comprar objetos de decoração

A história de Luxor também se mistura com a sua geografia.

Como o rio Nilo corta a cidade ao meio, os antigos egípcios falavam que, do lado oriental, onde o sol nasce, era a “vida dando boas-vindas”.

Nesta parte, os habitantes faziam a sua rotina e erguiam as grandes maravilhas que conhecemos por lá.

Lado Oriental de Luxor
Lado oriental de Luxor, onde o sol nasce, que significa “vida”

Já do lado ocidental, onde o sol se põe, os egípcios encaravam como a “morte”. Por isso, era o local ideal para enterrar os grandes faraós.

E é deste lado que estão as importantes necrópoles, como a do faraó Tutancâmon, que foi descoberto pelo celebre arqueólogo inglês Howard Carter, em 1922.

Como é o vale dos reis
Lado ocidental de Luxor, onde o sol se põe, que simboliza a “morte”. Aí estão as tumbas dos faraós

Distância de Luxor

A distância do Cairo para Luxor é de 656 km, o que dá mais ou menos 7 horas e meia de carro ou 1 hora de avião.

Já de Luxor para Aswan, 240 km. Em torno de 3 horas e 15 minutos de carro.

De Luxor para Hurghada, o paraíso dos mergulhadores, 303 km. Mais ou menos 3 horas e 50 minutos de carro.

Distância de Luxor
Distância de Luxor e outras cidades do Egito (Google Maps)

Clima e a melhor época para visitar a cidade

Assim como o Cairo, a melhor época para visitar Luxor é entre novembro e março, pois as temperaturas ficam em torno de 18°, ao longo do dia.

Temperatura de Luxor
Temperatura anual de Luxor (fonte: NOAA)

Contudo, recomendo também evitar o período do Ramadã, pois a rotina da cidade pode mudar bastante, já que é uma data religiosa importante para eles (e praticam o jejum durante boa parte do dia).

Diferença de horário

Considerando o horário de Brasília, são + 5 horas.

Língua falada

A língua falada em Luxor é o árabe, mas, como há muitos turistas, também dá para se comunicar em inglês e até em francês, em alguns lugares.

Religião

Islamismo, por isso, evite roupas muito curtas, coloridas ou chamativas, mesmo que esteja muito calor.

Como planejar a viagem para Luxor

Quantos dias são necessários para visitar

Depende de quanto você se interessa por história.

Contudo, como tem muitas cidades interessantes no Egito, diria que 2 dias são suficientes para conhecer os principais pontos turísticos de Luxor.

Há 2 formas de conhecer Luxor:

Como chegar em Luxor

De Cairo para Luxor é possível chegar de avião, trem ou carro.

A melhor forma de todas, na minha opinião, é de avião, pois leva apenas 1 hora e é a opção mais confortável e segura.

Nós viajamos com a EgyptAir e foi bem tranquilo o percurso.

EgyptAir
EgyptAir: companhia aérea que usei para ir do Cairo para Luxor e de Aswan para o Cairo (viagem tranquila)

O melhor lugar para comprar voos para Luxor é na ViajaNet. Vi bons preços no buscador e mais disponibilidade de datas também.

A passagem pode custar entre R$ 600 e R$ 1800, depende da data da viagem.

No bilhete, geralmente, está incluído uma mala de 23kg e a bagagem de mão (sem custo adicional).

Sobre o aeroporto, só há um em Luxor, que é o Luxor Airport (LXR) e ele fica bem perto do centro.

Muitos hotéis oferecem transfer gratuito de ida e volta ao aeroporto, por isso, ao reservar o seu hotel, opte por algum que inclua o serviço e permita que a sua viagem seja mais confortável.

De trem

Também é possível ir para Luxor de trem, mas os egípcios “meio que obrigam” os turistas a comprarem o bilhete para o trem noturno, por medidas de segurança.

A viagem, no caso, dura cerca de 12 horas e os viajantes podem usufruir de cabines com camas.

O bilhete custa em torno de 80 dólares e recomendo, antes de comprar, dar uma olhada no site da Egyptian National Railways.

Trem não foi a nossa opção de transporte para Luxor, pois tínhamos poucos dias no Egito e preferíamos mais conforto e segurança no transporte.

Carro

Apesar da estrada ser bem delimitada, o asfalto e a sinalização deixam um pouco a desejar. Isso sem contar que é um desertão sem fim, porque são quase 700 km, né?

Não acho que seja seguro dirigir no Egito, porque mesmo no Cairo, o trânsito é uma loucura. Por isso, não recomendo viajar de carro, a não ser que um nativo dirija.

Como mencionei anteriormente, levaria em torno de 7 horas e meia este modelo de transporte.

Mas se você preferir ir de carro, vá munido de bastante água, snacks e papel higiênico, pois os possíveis pontos de parada, talvez não amparem bem as suas necessidades.

Eu fiz pequenas viagens de carro no Egito e levei tudo isso que mencionei acima, risos.

Onde se hospedar 

A maioria dos hotéis fica a poucos passos do Templo de Luxor, no centro da cidade. Inclusive os hotéis de luxo, que recomendo fortemente o investimento, já que não são tão caros no Egito.

Duas sugestões que dou são:

As suítes parecem santuários de paz e o hotel disponibiliza transfer sem custo do aeroporto, além de uma excelente culinárias e vistas para o rio Nilo.

Uma diária com café da manhã custa a partir de R$ 300.

Steigenberger Nile Palace
Suíte do Steigenberger Nile Palace – conforto com excelente preço em Luxor (foto: divulgação)

Tudo bem próximo ao Nilo. A diária custa a partir de R$ 562.

Além das sugestões acima, deixo o mapa virtual da cidade, com todos os hotéis listados por localização e preço.

Booking.com

Roteiro de 2 dias em Luxor

Este roteiro foi preparado pelo que acho prioridade conhecer na cidade. Se você tiver apenas 1 dia para conhecer Luxor, faça apenas o que indico no dia 1.

Já se tiver 2 dias, recomendo fazer tudo, risos.

Caso esteja com uma agência de ponta no destino, certamente, você fará tudo isso abaixo em 2 dias, pois foi assim comigo.

Os pacotes de agências locais costumam considerar ingressos, transportes e refeições, contudo, confirme antes da sua viagem, se for este o seu plano de viagem para conhecer o Egito.

Dia 1

  • Templo de Luxor

Porque conhecer: conheça o principal templo de Luxor, local que foi construído para a veneração do deus Amon.

Nele você verá um dos obeliscos, que faz par com o da Place de La Concorde, em Paris, além dos colossos de Ramsés II.

Templo de Luxor
Templo de Luxor com o obelisco que “falta”

Apenas à título de curiosidade, o outro obelisco está em Paris, pois foi trocado com os franceses por um relógio que nunca funcionou.

Este está situado na frente da Mesquita Muhammad Ali, no Cairo.

Tempo estimado na atração: de 2 a 3 horas, mas depende do seu interesse pela atividade e ritmo para conhecer tudo.

Preço: EGP 160,00 (+ – 40 reais).

Onde fica: no centro da cidade, em East Bank.

  • Templo de Karnak

Porque conhecer:  o templo de Karnak é praticamente “uma continuação” do Templo de Luxor, mas se engana quem acha possível, atravessar a Avenida das Esfinges para chegar ao outro Templo.

A Avenida é fechada atualmente, pois ainda é uma área de escavações e vira e mexe acham preciosidades por lá.

Avenida das Esfinges
Avenida das Esfinges

O Templo de Karnak levou quase 2 mil anos para ser construído.

É o maior de todos e um dos templos mais bonitos do Egito também.

Templo de Karnak
Amanhecer no Templo de Karnak
Templo de Karnak
Encantada com os hieróglifos

Tempo estimado na atração: considere umas 3 horas e meia, mais ou menos.

Preço: o bilhete na porta custa EGP 200,00 ( + – 50 reais).

Onde fica: em East Bank mesmo.

  • Almoço

Sugiro o Sofra Restaurant & Café, que oferece comida mediterrânea e há pratos veganos e vegetarianos também.

A nota do estabelecimento é altíssima no Trip Advisor.

  • Templo de Hatshepsut

Porque conhecer: acho muito interessante conhecer um templo dedicado a uma faraó mulher, já que ainda é um sexo tão “reprimido” no país.

Bom, esta faraó se vestia de homem e foi uma das maiores rainhas do Egito, juntamente com a Cleopatra.

Templo de Hatshepsut
Templo de Hatshepsut
Interior do Templo de Hatshepsut
Paredes degastadas no interior do Templo de Hatshepsut

Tempo estimado na atração: 3 horas.

Preço: EGP 140 ( + – 35 reais).

Onde fica: ele é um pouco longe, em West Bank.

  • Passeio de felucca pelo nilo

Porque fazer o passeio: a embarcação é muito usada pelos egípcios para ir de um lugar ao outro, ou até mesmo viajar entre cidades próximas.

Vale a pena fazer este passeio no final do dia para curtir o pôr do sol no Nilo.

As paisagens são lindas!

Felucca
Como é uma felucca egípcia

Duração: você escolhe a duração, mas recomendo umas 2 horas. A ideia é relaxar mesmo diante da paisagem.

Preço: em torno de EGP 250 (+ – 65 reais).

Onde fica: basta procurar pelos donos das embarcações nas margens do Nilo, no centro de Luxor.

  • TOUR DE TUK TUK NOTURNO PELO TEMPLO DE LUXOR

Pegue um dos tuk tuk que ficam em frente ao Templo de Luxor e dê uma volta pelo centro da cidade, de noite.

A iluminação do Templo é encantadora, vale muito a pena, mesmo!

Templo de Luxor de noite
Colunas do Templo de Luxor, durante a noite

Ah, combine o preço fazendo mímica com as mãos, antes de entrar no veículo. Somente para evitar desentendimentos.

  • Jantar

Sugestão: que tal jantar em um restaurante com nome de faraó?

Tutankhamon é um estabelecimento de comida egípcia, africana e mediterrânea, também muito recomendado no Trip Advisor.

Fica em Al-Gezira, West Bank, a 600 metros do Templo de Luxor.

Dia 2

  • Visita ao vale dos reis e entrada nas tumbas 

Porque conhecer: vale dos Reis é o local onde as câmaras mortuárias de importantes faraós foram colocadas, já que as pirâmides chamavam muito a atenção e seria mais difícil para os ladrões saquea-las.

Se você topar acordar por volta das 4 horas da manhã, poderá sobrevoar de balão o local, que, por sinal, é um dos mais ricos do mundo também.

Contudo, se tiver medo de altura ou quiser conhecer o interior das tumbas, dá para fazer um tour de trem e a pé também.

Sobrevoar de balão o Vale dos Reis
Como é sobrevoar de balão o Vale dos Reis
Vale dos Reis
Trem no Vale dos Reis, a melhor alternativa para chegar nas tumbas em dias de extremo calor

No Vale dos Reis foram encontradas 63 tumbas e algumas estão abertas para visitação. Ao comprar o ticket, o visitante geralmente pode escolher 3 delas.

Uma das mais bonitas é a de Ramessés IV, muito grande e com as paredes forradas de hieróglífos.

Interior da tumba de Ramessés IV
Paredes com hieróglifos, no Interior da tumba de Ramessés IV
A história de Rameses IV nas paredes de sua tumba em Luxor
A história de Ramessés IV nas paredes de sua tumba

Outra tumba interessante para visitar é a de Tutankamon. O ingresso, no caso, é pago a parte.

Aliás, você conhece a Maldição de Tutankamon? Dá uma olhada no vídeo que eu fiz com as minhas descobertas!

É uma história interessantíssima!

O quê é a maldição da múmia
A maldição de Tutankamon e a maldição da múmia no Museu do Cairo

Tempo de duração na atração: voo demora 1 hora, mais ou menos. E para conhecer as tumbas, mais umas 2 ou 3 horas.

Preço: o passeio de balão custa cerca de R$ 450.

Já a entrada no Vale dos Reis, EGP 240 ( + – 60 reais).

A tumba de Tutancâmon é paga a parte. Peço desculpas, não me recordo o valor.

Onde fica:  West Bank.

Dica extra: se você quiser, também dá para conhecer o Vale das Rainhas, mas como somente 4 das 80 câmaras mortuárias estão abertas, talvez você possa otimizar o tempo com outras atividades na cidade.

Caso se interesse pelo local, não deixe de procurar pela a da Rainha Nefartari.

  • Colossos de Memnon

Porque conhecer: vestígios do complexo de Amenhotep III.

Dizem, na cidade, que as duas gigantes estátuas ficavam em um outro templo grandioso, mas que, devido ao calor constante e às enchentes do Nilo, só sobraram elas para contar a história.

Colossos de Memnon
Os Colossos de Memnon são vestígios de um grandioso templo que existiu no passado

Tempo na atração: no máximo 20 minutos.

Preço da atração: gratuita. Basta ir até elas para admirá-las.

Onde fica: fica perto do Vale das Rainhas, em West Bank (se estiver voltando para Luxor, pode passar por aí).

  • Almoço

Sugestão: com várias opções vegetarianas, o Al-Sahaby Lane Restaurant é uma boa pedida para quem ainda quer experimentar outros sabores da culinária local.

Também é um restaurante bem referenciado pelo Trip Advisor e fica a 400 metros do Templo de Luxor, em Al-Sahaby St Via Luxor Temple St.

  • Museu da Mumificação e museu de luxor

Porque conhecer: a antiga civilização acreditava que, por meio da mumificação, a alma seria preservada no corpo durante a passagem da vida para a morte.

No Museu da Mumificação há múmias de humanos e animais que eram adorados.

Eu acho absolutamente interessante a passagem pelo local.

Museu da Mumificação em Luxor
Múmia no Museu da Mumificação (crédito: divulgação Civitatis)

Se você gostar muito de múmias, vá também ao Museu de Luxor.

Tem outras múmias reais lá, além de peças da antiga civilização do Egito. Fica bem perto do Museu da Mumificação, por sinal.

Tempo na atração: mais ou menos 1 hora em cada museu, em ritmo normal.

Preço: 245 reais, a entrada nos Museu de Luxor e Museu da Mumificação, para ingressos comprados com antecedência.

Onde fica: fica no centro de Luxor, perto de tudo, em East Bank.

  • sorvete no fim do dia

Para recarregar as energias e dar uma refrescada, ao retornar para o centro de Luxor, tome um sorvete no Wenkie’s German Ice Cream & Iced Coffee.

Recomendo experimentar um dos sabores locais.

Como é cada uma das atrações de Luxor

Se você quiser saber os detalhes dos principais pontos turísticos de Luxor, veja este vídeo que fiz durante a viagem.

Vídeo com o que fazer em Luxor
Vídeo com as principais atrações de Luxor

Mais sobre turismo em Luxor

Assédio às turistas mulheres

O assédio é algo rotineiro para turistas mulheres no país e senti na pele o desgosto, apesar de não ser nada exagerado, a ponto de se preocupar.

Por lá, os homens falam muitas coisas “íncomodas”, olham para a gente como se fossemos uma atriz de Hollywood e tiram muitas fotos. Alguns pedem, outros não.

Em Luxor, o assédio foi maior do que no Cairo, no meu caso.

Por diversas vezes, dentro dos templos, mesmo com roupas largas e pouco coloridas, me deparei com homens tentando tirar fotos de mim.

Loja de Luminárias no Egito
Típicas roupas que usava no Egito. Completamente coberta, na maior parte da viagem.

Geralmente eles chegavam em duplas, fingiam que iam tirar foto de alguma coisa, para eu aparecer na foto, mas, em algumas situações, era explícito mesmo.

Não encostaram nenhuma vez em mim, mas o guia da minha agência ajudou várias vezes a tirar eles de perto, já que falava em árabe.

Em uma das situações, em Luxor também, tentaram oferecer um dote ao meu marido por mim.

Aconteceu dentro de uma loja e na proposta inicial foi oferecido 4000 camelos. Se quiser saber mais sobre esta história, veja este post que conto em detalhes como foi.

Cuidados com a saúde

O Egito é um país que frequentemente costuma apresentar problemas com a qualidade da água. Não esqueça que Cairo é uma das cidades mais contaminadas do mundo, por sinal! E há casos de febre amarela.

Recomendo tomar a vacina de tifo e de febre amarela antes da viagem.

Além disso, como higiene também não é o “forte” do egípcio, faça um seguro viagem para viajar de forma tranquila.

Seguro Viagem:

Assim, se você tiver qualquer problema de saúde, desde uma indisposição estomacal, até um acidente dentro de um templo ou pirâmide, poderá contar com o suporte médico e hospitalar sem se preocupar com qualidade ou dinheiro.

Partindo de Luxor de cruzeiro

Recomendo fazer um cruzeiro, a partir de Luxor, até Aswan, a 241 km.

Pelo rio Nilo é possível conhecer outras cidades e preciosidades do Egito Antigo, como o Templo de Edfu, Templo de Philae e Templo de Kom Ombo.

Cruzeiro no Nilo
Como são os navios de cruzeiro no Nilo

Gostou do guia de Luxor com a sugestão de roteiro para até 2 dias de viagem?

Caso tenha dúvidas ou queira compartilhar conosco a sua experiência, deixe abaixo um comentário. Logo retornamos 🙂

O quê falta para a sua viagem?

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *