15 curiosidades de Amsterdam que todos querem saber

Curiosidades de Amsterdam? Imagina, quase não tem nada sobre a capital da Holanda.

Brincadeiras à parte. Claro que Amsterdam é uma cidade muito curiosa!

Por isso, criei este post com as 15 curiosidades de Amsterdam, que vão revelar assuntos interessantes sobre sexo, drogas, o estilo de vida dos holandeses e a cidade em si.

Afinal, por trás da beleza arquitetônica de Amsterdam, há coisas que todo mundo quer saber e, como felizmente tive a oportunidade de conhecer o destino, eis que aqui estou para te contar as descobertas mais curiosas, risos.

Casas e o canal de Amsterdam
Amsterdam em um dia ensolarado

15 curiosidades de Amsterdam: coisas que todos querem saber

1) O sexo sempre fez parte da história de Amsterdam

Na verdade, quando olhamos a história de Amsterdam, notamos que a cidade foi um centro naval de comércio e, posteriormente, virou um município portuário.

Isso significa que, muitos trabalhadores faziam paradas na cidade, para depois continuar as suas longas viagens de barco.

No momento de parada dos transportes, tudo que os trabalhadores precisavam era oferecido e o sexo também virava moeda de troca.

Por isso, começaram a aparecer profissionais do ramo, por espontânea vontade, e também mulheres traficadas, o que compõe o lado triste da história.

A fama sexual de Amsterdam veio deste contexto histórico, por isso, na cidade há tantas atrações turísticas relacionadas ao assunto. Além do Distrito da Luz Vermelha, há o Museu do Sexo, o Museu Erótico e muitos, mas muitos sex shops.

Como é o Distrito da Luz Vermelha
Como é o Distrito da Luz Vermelha

O assunto é curioso para muitas culturas, claro. Mas o holandês trata o tema de forma bastante simples e natural, até por estar tão vinculado às raízes históricas do país.

Interior do Museu do Sexo em Amsterdam
Interior do Museu do Sexo, em Amsterdam. Onde até personagens da Disney são “sexualizados”.

2) As mulheres das vitrines do Red Light District

Red Light District ou o Distrito da Luz Vermelha é um dos bairros mais curiosos para conhecer em Amsterdam e isso se deve ao turismo sexual altamente difundido na região.

Por lá, além do Museu da Prostituição, estão as famosas prostitutas de vitrine, que são mulheres e travestis de diferentes biotipos, que ficam se insinuando, dentro das “lojas”, para quem passa pela rua estreita, com iluminação avermelhada.

O local tem bastante turistas e não é um tabu visitá-lo. Homens e mulheres, que, assim como eu, ficavam curiosos em conhecer mais sobre o funcionamento de um dos “points” da cidade, passavam por ali.

Outros, não, eram clientes mesmo. Mas, enfim, não me senti insegura em momento algum, porque tem muitas câmeras e uma certa proteção policial também.

Letreiro luminoso de loja
Letreiro em Amsterdam

Na verdade, em muitos lugares da Europa é comum ver as prostitutas em vitrines, porque faz frio na maior na parte do ano. Logo, não faria sentido vê-las nas ruas exibindo os seus corpos, diante de temperaturas tão baixas, né?

Mas o Red Light District, sem sombra de dúvida, é um dos lugares mais famosos do continente, no que diz respeito ao assunto.

Você sabia que ao adquirir o I Amsterdam City Card, é possível entrar em vários pontos turísticos da cidade e usar o transporte público sem custo algum?

As principais atrações oferecidas pelo I Amsterdam City Card são:

  • Cruzeiro pelos canais de Amsterdam
  • Entrada no Museu Van Gogh, Museu de Ciência NEMO e Rijksmuseum
  • Visita ao Castelo Muiderslot
  • Ingresso ao A´DAM, o balanço mais alto da Europa
  • Aluguel de bicicleta por 24 horas em Amsterdam
  • Passeio de barco até a famosa cidade de Volendam
  • Desconto de 25% no Heineken Experience, Madame Tussauds e Museu da Prostituição

QUERO SABER MAIS SOBRE O I AMSTERDAM CITY CARD

I Amsterdam Card

3) As profissionais do sexo tem “carteira assinada”

As profissionais do sexo, em Amsterdam, têm suas profissões legalizadas. Isto é, recolhem impostos, podem se aposentar e tudo certinho.

4) Valorização do prazer feminino

Em Amsterdam fala-se muito em “porna”, que significa “pornô para mulheres”.

Acredito que como as mulheres cada vez mais ganham status igualitário na sociedade, tudo o que neste sentido está sendo empoderado, inclusive o sexo pela perspectiva feminina.

O interessante de sex shops voltados para as mulheres e o conceito do “porna”. em si, é que o sexo feminino valoriza muito mais o lado contextual pré ato sexual, a cumplicidade entre os pares e coisas do tipo, do que o ato em si.

Segundo o contexto do “porna”, o lado lúdico da coisa faz chegar lá… Perspectiva que, por sinal, foi muito difundidas por um dos livros mais vendidos do século XXI, 50 Tons de Cinza, de E.L. James.

Em Amsterdam, tem farmácias com prateleiras inteiras sobre o assunto e lojas de lingeries super bonitas, como a Marlies Dekkers, uma das preferidas das atrizes holandesas.

Há também algumas revistas locais, como a Viva, que convida as leitoras a descobrirem seus corpos, oferecendo um brinquedo erótico em assinaturas.

coisas curiosas de Amsterdam
Pirulitos em formato de órgãos genitais em sex shop de Amsterdam

5) Camisinha sob medida

Em Amsterdam há uma loja especializada em camisinhas, que oferece preservativos sob medida.

Na verdade, a loja vende todo o tipo de preservativo, inclusive anti-alérgicos, para mulheres e uns tipos engraçados, estampados.

lugares curiosos de Amsterdam
Loja de preservativos sob medida (crédito: Condomerie)

6) Maconha em Amsterdam

Sexo é tão natural quanto a maconha em Amsterdam. Sério.

Como sempre digo, o problema não é o holandês, porque o convívio com a maconha é diário e ele sabe lidar com a rotina de uso, a sociedade, etc.

Há até um canal de Youtube na Holanda, onde jovens testam diversas drogas no corpo e mostram os efeitos para o conhecimento de outros.

Quem desperta o lado abusivo da coisa é o turista.

Este age de forma inconsequente nas ruas, por querer diversão a todo custo e, muitas vezes, passa por situações desagradáveis, ou causa problemas em ambientes públicos.

Loja de souvenirs e maconha em Amsterdam
Típica loja onde vende maconha

7) O tal do Happy Cake

Muitas pessoas na cidade procuram o tal do “happy cake” ou “space cake”, que em português seria “bolo da felicidade” ou “bolo espacial”.

Esse é um bolo de maconha, possível de encontrar em qualquer coffee shop.

O doce geralmente tem um tamanho grandinho e a pessoa tem que saber quanto pode consumir, porque dizem que o efeito da droga pelo estômago é mais forte que inalando. Aprendi no canal do Youtube holandês acima, por sinal, risos.

Quem me conhece, sabe que eu sou um pouco “careta” para essas coisas, nada contra quem faz uso, mas tome cuidado com a “iguaria”.

Uma conhecida, durante a sua viagem para Amsterdam, experimentou e quis pular em um dos canais da cidade, completamente fora de si.

Aliás, se você for careta mesmo, risos, leia o rótulo de tudo o que consumir na cidade. Eu fiz isso antes de comprar algumas coisas, para saber se não tinha “cannabis” na composição.

Ganhei o selo de “neurótica crônica” após a viagem, mas sai “limpa” da Holanda, risos.

Você sabia que o seguro viagem é obrigatório na Holanda? 

Evite problemas com as autoridades e viaje com tranquilidade. Escolha agora a melhor opção de seguro viagem para você, por um custo bem baixo por dia e garanta um excelente desconto com o cupom ARESDOMUNDO.

Seguro Viagem: Europa
GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*
Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 20/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*

8) Centro de ressaca para quem passou dos limites

Se você abusar do álcool em algum momento da viagem em Amsterdam, existe um lugar chamado de Hangover Information Center, que vende uma bebida que promete acabar com a ressaca.

No caso, eles recomendam beber a fórmula no dia do consumo do álcool, um pouco antes de dormir.

Para tudo tem uma solução em Amsterdam, não é mesmo?

curiosidades de Amsterdam
A Central de ressaca é um dos lugares curiosos de Amsterdam

9) Há mais bicicletas do que carros em Amsterdam

Não é adorável pensar que em uma cidade há mais bicicletas do que carros?

Em Amsterdam, sim, há mais bicicletas do que carros, aliás, mais bicicletas do que pessoas. Fatos que nos chamam a atenção para duas coisas:

  • 1) não ser atropelado pelo transporte na cidade, risos. Porque muita gente anda de bicicleta, inclusive em calçadas de vias movimentadas.
  • 2) como tem, em todos os lugares, imensos estacionamentos para bicicletas e para carros, claro, a gente quase não vê.
Estacionamento de bicicletas na Holanda
Estacionamento de bicicletas em Amsterdam

10) As 1001 funções dos canais de Amsterdam

Como você deve saber, Amsterdam é cortada por vários canais, assim como Veneza, na Itália.

O que muita gente não sabe é que estes canais têm diversas funcionalidades, como moradia, escoamento de água, transporte e manutenção de prédios.

Falando em turismo, recomendo que você conheça Amsterdam por meio de um passeio de barco. É incrível ver a cidade sob esta perspectiva. Fica ainda mais charmosa!

Ah! Apenas a título de curiosidade, na cidade há 165 canais e os principais são: Herengracht, Prinsengracht e Keisergracht.

Já reservou o seu hotel em Amsterdam?

Encontre a melhor hospedagem para você em Amsterdam, seja em hotel, casa de temporada ou apartamento e conte com o suporte de uma empresa séria, sempre pronta para o atendimento, diante de qualquer necessidade.

Use o mapa digital abaixo, pois nele estão presentes todos os estabelecimentos para dormir de Amsterdam.

Booking.com

11) A casa mais estreita do mundo

Em Amsterdam, a arquitetura, de uma forma geral, é muito bonita, mas alguns prédios são bem curiosos.

A casa mais estreita do mundo, por exemplo, está em Amsterdam.

Com as medidas surpreendentes de 2 metros de largura por 5 metros de profundidade, é interessante pensar que alguém consegue morar lá… Tem cama? Tem sofá? Como é o deslocamento nestes espaço?

Adoraria visitar essa casa por dentro.

12) O balanço mais alto de toda a Europa

Se você gostou do recorde “a casa mais estreita do mundo”, certamente também vai gostar deste outro título de Amsterdam.

Na cidade holandesa está o A´DAM Lookout, o balanço mais alto de toda a Europa, que tem uma altura superior a 20 andares.

Além do friozinho na barriga oferecido gratuitamente pelo balanço, ele permite curtir uma vista panorâmica incrível da cidade!

A atração faz parte do passe econômico de Amsterdam, por isso, adquira-o para conhecer o A´DAM e os outros pontos turísticos curiosos da cidade, sem ter que pagar altos valores de ingressos.

13) A cultura da “compra de segunda mão”

Outra curiosidade de Amsterdam é que os holandeses gostam muito de comprar produtos de segunda mão, por isso, há muitos brechós na capital holandesa.

Na cidade, por sinal, costuma acontecer nas estações mais quentes do ano o lj Hallen, um dos mercados de reúso mais populares de toda a Europa.

Por lá são comercializados artigos de decoração, roupas, brinquedos, acessórios e antiguidades.

14) Um dos lugares mais bonitos do mundo

A partir de Amsterdam é possível conhecer um dos lugares mais bonitos do mundo!

Sim, bem próximo da cidade está localizado o Parque de Keukenhof, local que no verão vira um imenso jardim, com mais de 7 milhões de tulipas de todas as cores, jacintos e narcisos.

Apenas pela beleza do parque já valeria participar de um tour para o ponto turístico, mas recomendo ir até lá também, porque a tulipa é um dos símbolos mais presentes em souvenirs holandeses e é uma forma de você vivenciar mais a cultura.

curiosidades de Amsterdam: Parque de Keukenhof
Parque de Keukenhof, um dos lugares mais bonitos e curiosos do mundo

>>> Arredores de Amsterdam: 5 passeios fabulosos e baratos

15) Cadê a placa “I am Amsterdam”?

Um dos principais pontos turísticos de Amsterdam, alguns anos atrás, sem sombra de dúvidas, era a placa “I am Amsterdam”, que ficava localizada na Museuplein.

Como a placa gerava muito tumulto e confusões, devido ao número de turistas que queriam tirar fotos com ela, a prefeitura da cidade resolveu alterar o seu local.

Hoje, se você quiser tirar foto com ela, precisa ir até a entrada do Aeroporto de Amsterdam. Por isso, não esqueça de dar passadinha na atração turística, ao chegar ou partir da cidade 😉

I am Amsterdam
A placa “I am Amsterdam” mudou de lugar

Gostou das curiosidades de Amsterdam?

Se você conhece algo curioso sobre a cidade ou gostaria de dizer algo, comente abaixo, que logo respondemos. 

Também recomendo pelos Países Baixos

O que fazer em Bruxelas, onde dormir e comer chocolate

Como visitar Bruges, o que fazer no frio e dicas

Steigenberger Wiltcher: um super hotel no coração de Bruxelas

Chocolate em Bruxelas e tour de cervejas belgas: onde ir

O quê falta para a sua viagem?

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

  1. Avatar
    10/07/2019

    Amei o post. Realmente Amsterdã vai muito além do sexo e drogas que os turistas vivem procurando. Quem vai com esse intuito acaba perdendo muito da beleza da cidade. Em cada canto há uma descoberta diferente. Amo essa cidade.

    • Leda De Luca
      10/07/2019

      Olá, Johnnie. Fico feliz que tenha gostado do post! Muita gente vai para Amsterdã com outros propósitos mesmo.
      A cidade é linda, né? Também acho. Aliás, o quê você mais gostou em Amsterdã?
      Volte sempre! 😉