O que fazer em São Paulo: 35 top atrações e restaurantes

Está querendo sugestões do que fazer em São Paulo, além de dicas de onde comer na capital paulista?

Se sim, dá uma olhada neste post, pois preparei um guia com 35 melhores pontos turísticos para você conhecer na cidade brasileira, seja um morador da cidade ou viajante.

Como é São Paulo
Não faltam coisas para fazer em São Paulo

O que fazer em São Paulo: as top 35 atrações

Atividades ao ar livre

1) Parque do Ibirapuera

O Parque do Ibirapuera é o parque mais visitado da América do Sul e tem o tamanho de 390 acres. Além de ser um lugar muito agradável para um passeio, apresenta várias atividades interessantes ligadas à natureza.

Volta no lago do Parque do Ibirapuera
Volta no lago do Parque do Ibirapuera

Dentre o extenso portfólio de atrações, recomendo pelo menos dar uma volta no lago, passear pelo Bosque das Araucárias e passar pela Marquise.

Também vale a pena passar pela Oca, obra do famoso arquiteto Oscar Niemeyer, e o Planetário, se estiverem abertos.

Fonte do Parque do Ibirapuera
Fonte do Parque do Ibirapuera

A entrada no parque é gratuita e ele abre diariamente, de segunda a segunda.

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, bairro Vila Mariana.

Melhores preços de passagens aéreas para São Paulo
Passagens aéreas saindo de
Latam Brasil CWB Curitiba GRU São Paulo 23 Out 26 Out R$ 196 Latam Brasil CWB Curitiba GRU São Paulo 04 Dez 07 Dez R$ 196 Latam Brasil CWB Curitiba GRU São Paulo 29 Nov 30 Nov R$ 196 Latam Brasil CWB Curitiba GRU São Paulo 20 Nov 22 Nov R$ 196 Latam Brasil CWB Curitiba GRU São Paulo 11 Nov 30 Nov R$ 196 Latam Brasil CWB Curitiba GRU São Paulo 13 Nov 22 Nov R$ 196 Ver mais ofertas

 

2 e 3) Monumento às Bandeiras e o Obelisco 

Bem perto do Parque do Ibirapuera estão o Monumento às Bandeiras e o Obelisco de São Paulo.

Monumento às Bandeiras
Monumento às Bandeiras

O Monumento às Bandeiras é uma obra do escultor Victor Brecheret, que foi inaugurado em 1953, com o objetivo de homenagear os bandeirantes que exploraram os sertões, entre os séculos XVII e XVIII.

Já o Obelisco, que é o maior monumento da cidade, mede 72 metros de altura e é todo feito em mármore.

A obra, na verdade, é um monumento funerário que homenageia os heróis de 32. Apesar dele ter sido inaugurado em 1955, só foi finalizado em 1970.

Tanto o Monumento às Bandeiras, quanto o Obelisco, ficam no perímetro do Parque Ibirapuera, apesar de estarem separados pela Avenida Pedro Álvares Cabral.

Atividades gratuitas.

4) Dica de onde comer na região do Ibirapuera

Neste perímetro turístico do Parque do Ibirapuera tem um incrível restaurante premiado, de culinária brasileira, no rooftop do antigo prédio do Detran (atual edifício MAC USP – Avenida Pedro Álvares Cabral, 1301). Ele se chama Vista.

Como você pode imaginar, a vista é para o Parque do Ibirapuera. Uma refeição completa com prato principal, bebida e sobremesa custa em torno de 200 reais por pessoa, já considerando a taxa de serviço.

5) Beco do Batman

O Beco do Batman, como o nome sugere, são ruinhas estreitas que se cruzam, onde os artistas de rua conquistaram os seus espaços.

Lá há vários murais em 3D e manifestações artísticas coloridas e pintadas nas paredes, para tirar fotos interessantes.

Se você quiser conhecer o local, vá cedo para não disputar espaço com outros visitantes. Sábado de manhã, quando o movimento é um pouco maior, você verá casais fazendo ensaios para casamentos, debutantes e modelos interagindo com os murais.

Endereço: Rua Medeiros de Albuquerque, do número 82 ao 154, bairro Jardim das Bandeiras.

Atividade gratuita e você pode ir até ela em qualquer dia da semana.

6) Dica de onde comer na Vila Madalena

A 700 metros do Beco do Batman, no endereço Rua Girassol, 523, fica um dos melhores restaurantes libaneses de São Paulo, o SAJ.

Se você gosta de esfihas bem preparadas, pastinha de grão de bico e cervejas internacionais, certamente irá ao lugar certo.

Apenas como referência, o valor médio gasto por pessoa é de 150 reais, já considerando a taxa de serviço.

Precisa de hotel em São Paulo?

Garanta a sua hospedagem, em São Paulo, por meio do melhor buscador de hotéis, casas de temporada e apartamentos.

Encontre agora mesmo a sua hospedagem ideal e conte com o suporte de uma empresa séria e sempre pronta para o atendimento, diante de qualquer necessidade.

Booking.com
  

7) Parque da Aclimação

Se você gostou do Parque do Ibirapuera, também vale a pena conhecer o Parque da Aclimação, pois é um lugar bastante tradicional de São Paulo.

O parque tem apenas 112 mil m² e foi inaugurado em 1939. Dê uma volta no lago a pé ou de bicicleta, que está de bom tamanho e você conhecerá bem o local.

Endereço: Rua Muniz de Sousa, 1119, Aclimação.

A entrada no parque é gratuita.

8) Avenida Paulista

A Avenida Paulista é um dos principais pontos turísticos de São Paulo.

Avenida Paulista, em São Paulo
Como é a Avenida Paulista

Pela avenida de 2,8 km há vários prédios históricos de São Paulo, além de lojas de departamento, como a Forever 21 e centros comerciais, desde o grande Shopping Paulista, que fica bem no comecinho da avenida, até o Center 3, que é quase uma galeria e fica mais para o final, perto do metrô Consolação.

Atividade gratuita.

9) Dica de onde comer na região dos Jardins

Na Alameda Campinas, 1849, está o restaurante Lellis Trattoria, especialista em pasta italiana. Os pratos são bem servidos e, por cerca de 150 reais, dá para 2 pessoas comerem e ficarem bem satisfeitas.

Grande variedade de vinhos no Lellis
O Lellis tem espaço para mais de 7 mil garrafas de vinho

10) Bairro da Liberdade

O Bairro da Liberdade, reduto da comunidade japonesa de São Paulo, fica bem perto do centro histórico, sendo fácil chegar de metrô (Estação Liberdade) ou de Uber.

Imigrantes japoneses começaram a chegar a São Paulo no início do século XX e escolheram o bairro pelos preços baixos de moradia e pela proximidade com o centro. A partir de então, o comércio se desenvolveu e hoje há vários mercados, lojas adoráveis e restaurantes asiáticos.

Bairro da Liberdade em São Paulo
Minha visita ao Bairro da Liberdade durante o popular evento Tanabata Matsuri

Ah! Se você gosta de cosméticos, tem uma loja bárbara no bairro que se chama Ikesaki (rua Galvão Bueno, 37). Vários salões de cabeleireiro compram produtos lá, porque os preços são realmente excelentes!

Atividade gratuita.

11) Zoológico de São Paulo

O Zoológico de São Paulo, na verdade, se chama Parque Zoológico de São Paulo.

Ele foi criado em 1957, com o objetivo de gerar um trabalho de consciência e responsabilidade com a fauna.

O zoo, ainda hoje, é o maior jardim zoológico do Brasil e é uma excelente atração turística, principalmente se tiver crianças envolvidas.

Endereço: Avenida Miguel Estéfano, 4241, bairro Água Funda.

Conheça São Paulo e cidades famosas da região por outra perspectiva!

Melhores tours em São Paulo e região:

TOUR PARA SÃO ROQUE + OUTLET SANTA CATARINA: visitação às 4 principais adegas de São Roque, a cidade dos vinhos, onde serão degustados vinhos, queijos e doces e depois ida à outlet Santa Catarina (bastante popular na região).

EXCURSÃO PARA APARECIDA: ida à Basílica de Nossa Senhora da Conceição, uma das maiores do mundo. O tour passa por outros pontos religiosos da cidade.

PRAIAS E CACHOEIRA DA ILHA DE SANTO AMARO: que tal um passeio por 3 praias limpas, selvagens e pouco visitadas e um mergulho em uma cachoeira paulista? Este day tour é perfeito!

12) Jardim Botânico de São Paulo

O Jardim Botânico, que foi fundado em 1928, é um parque a céu aberto, com mais de 380 mil tipos diferentes de árvores e 139 espécies de aves, como tucanos e bugios.

Pela biodiversidade e pelo local ser muito bem cuidado, vale a pena a visita, tanto se você gostar de plantas, como se quiser apenas fazer um passeio relaxante, em meio ao verde.

O Jardim Botânico fica localizado no bairro de Água Funda, em São Paulo, e é cobrada uma entrada de 10 reais de adultos e 5 reais de estudantes.

Endereço: Av. Miguel Estéfno, 3031, Vila Água Funda.

13) Ponte Estaiada

A Ponte Estaiada (ou Octávio Frias de Oliveira) é um dos mais populares cartões postais de São Paulo.

Ela foi inaugurada em 2008, tem uma altura de 138 metros e apresenta 2 pistas em curva, que cruzam o Rio Pinheiros, no bairro do Brooklin.

Ponte Estaiada
A Ponte Estaiada tem uma altura de 180 metros.

Uma passadinha de carro basta para conhecer a ponte. Aproveite para ir ao Shopping Morumbi (um dos melhores centros comerciais de São Paulo), que fica nas proximidades da ponte.

Ah! Se você vier de fora da cidade, recomendo que se hospede no Grand Hyatt, porque é um dos melhores hotéis da capital e os quartos têm uma vista bem bonita para a ponte iluminada de noite.

Endereço: Av. Jornaista Roberto Marinho, 6807, Cidade Monções.

+ Maison Alexandrine: o atelier das celebridades em São Paulo

14) Memorial da América Latina

O Memorial da América Latina, localizado no bairro de Barra Funda, é um centro de lazer e de cultura, que existe desde 1989.

No local há um acervo de obras de arte permanente, uma biblioteca com cerca de 30 mil livros, além de um espaço dedicado às imagens e música.

Vira e mexe, no Memorial, também há palestras, exposições rotativas e espetáculos de dança, teatro e música, por isso, vale a pena ficar de olho na programação.

Exposição no Memorial da América Latina
Exposição no Memorial da América Latina

Uma curiosidade sobre o ponto turístico é que o espaço serviu como sede do Parlamento Latino Americano até o ano de 2007 (agora fica no Panamá).

Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda.

15) Museu do Ipiranga

O Museu do Ipiranga (também conhecido como Museu Paulista da Universidade de São Paulo) esta fechado faz tempo, por falta de manutenção.

Museu do Ipiranga
Museu do Ipiranga, em São Paulo

Mas este local histórico e muito importante da capital paulista pode ser visitado por fora, já que o edifício fica no Parque da Independência.

Endereço: Rua Brigadeiro Jordão, 149, Ipiranga.

A melhor forma de alugar carro em São Paulo, com garantia de melhor preço e parcelamento em até 12 vezes!

A Rentcars.com compara o preço de veículos de mais de 100 locadoras, no Brasil, e apresenta os preços mais baixos, em reais.

Ela também disponibiliza a opção de parcelamento em até 12 vezes e sempre que há disponibilidade, oferece benefícios, como: km gratuito, segundo condutor sem custo, upgrade de cortesia, entre outros itens de confortos que tornam a experiência mais prazerosa.

Reserve o seu carro com antecedência e garanta preços melhores que os de lojas de aeroportos e a disponibilidade do veículo do seu interesse.

QUERO ALUGAR O MEU VEÍCULO EM SÃO PAULO AGORA MESMO

 ​

Atividades culturais indoor

16) Teatro Municipal de São Paulo

O Teatro Municipal de São Paulo, inaugurado em 1911, é um dos teatros mais importantes do Brasil e ele fica no centro da cidade.

A arquitetura do seu edifício foi inspirada da Ópera de Paris e, embora a conservação deixe a desejar, o Teatro é considerado um Patrimônio Histórico do estado, desde 1981.

Frente do Teatro Municipal em São Paulo
A arquitetura do Teatro Municipal de São Paulo foi inspirada na Ópera de Paris

Dentre eventos importantes sediados no local, aconteceu a Semana da Arte Moderna, em 1922, que deu início ao Modernismo no Brasil.

Eu frequentei muito este local na minha infância. Lembro-me até hoje das apresentações de balé que assisti, por isso, recomendo ficar atento à programação.

Endereço: Praça Ramos de Azevedo, s/n, República.

17 a 19) Pateo do Colégio, Igreja São José de Anchieta e Museu Anchieta

Também no centro de São Paulo, o Pateo do Colégio é outro ponto turístico de fundamental importância, pois no local, em 1554, foi realizada a primeira missão jesuíta, além, de fato, ter marcado o início da cidade de São Paulo.

Principais pontos turísticos de São Paulo
Páteo do Colégio, um dos principais pontos turísticos de São Paulo

Indo até o local, você poderá visitar o Pateo, a Igreja São José de Anchieta, que são atividades gratuitas, e também o Museu Anchieta, que custa 8 reais para adultos e 2 reais para crianças menores de 7 anos.

20) Dica de onde comer no centro de São Paulo

Dentro da estrutura do Pateo está um dos melhores restaurantes do centro de São Paulo. É delicioso almoçar no local, embora o estabelecimento seja conhecido como Café do Pateo.

Endereço: Praça Pateo do Collegio, 2, Centro Historico de Sao Paulo.

21) Edifício Altino Arantes

O Edifício Altino Arantes, também conhecido como Farol Santander ou Prédio do Banespa, pelos mais velhos, fica bem próximo ao Pateo do Colégio e, a meu ver, é uma atração turística de bastante peso na cidade.

No prédio, que teve a sua arquitetura inspirada no Empire State, de Nova York, o visitante pode conhecer a história do banco no Brasil e ver exposições de arte rotativas (andares 19, 20, 22, 23 e 24).

Edifício Altino Arantes
Prédio branco a esquerda: Edifício Altino Arantes, o Empire State brasileiro

Também é possível ir até o mirante no 26° andar, para ver a cidade de São Paulo sob outra perspectiva e até levar as crianças nas pistas de skate do 21° andar.

São Paulo vista de cima
Vista panorâmica de São Paulo do 26° andar do Farol Santander

Duas curiosidades sobre o edifício, que muita gente desconhece, é que ele tem um bar que se chama SubAstor, que fica localizado no subsolo, dentro de onde funcionava o cofre do banco, na primeira metade do século XX.

Além disso, no edifício também há um loft de 335m², no 25° andar, todo decorado em estilo art déco, que é alugado para quem quer passar uma noite exclusiva neste icônico prédio de São Paulo. Se for o seu caso, só prepare o bolso, pois custa cerca de 4 mil reais a diária.

A visitação completa ao Edifício Altino Arantes custa 20 reais para adultos. Estudantes pagam meia e clientes Santander pagam 18 reais.

Endereço: Rua João Brícola, 24, Centro.

22 e 23) Catedral da Sé e Marco Zero

A Catedral da Sé, também conhecida como Catedral Metropolitana de São Paulo, foi inaugurada em 1954 e é a catedral da Arquidiocese da cidade.

Esta é a igreja mais importante de São Paulo e ela é incrivelmente bonita por dentro.

Para entrar nela, não é necessário pagar nada e apenas reforço o cuidado com os seu pertences, ao andar nos arredores da construção, pois apesar do policiamento, há batedores de carteiras.

Bem em frente à Catedral da Sé, também está o Marco Zero, que é uma pilastra de concreto decorada com o nome de outros estados, que oficialmente inicia todas as medições de distância, em quilômetros.

Endereço da Catedral da Sé: Praça da Sé, Centro. Endereço do Marco Zero: Praça da Sé, 68, Centro.

24) Casa das Rosas

Certamente você já ouviu a história das mansões que existiam na Avenida Paulista no início do século XX, certo?

Pois bem, a Casa das Rosas é uma das poucas construções que restaram deste período e vale a pena conhecê-la, pois, além da sua arquitetura ter estilo francês, nela acontecem várias manifestações culturais, voltadas para a poesia e literatura.

Como é a Casa das Rosas
Casa das Rosas, localizada no início da Avenida Paulista

Recomendo entrar na casa e aproveitar para tomar um cafezinho no seu jardim. É quase um refúgio na barulhenta Avenida Paulista.

Geralmente as visitações são gratuitas.

Endereço: Av. Paulista, 37, Bela Vista.

+ Maison Alexandrine: o atelier das celebridades em São Paulo

25) MASP

O Museu de Arte de São Paulo (MASP), que foi fundado em 1968, é uma das mais importantes instituições culturais do Brasil.

O que fazer em São Paulo
Prédio no MASP, localizado na Avenida Paulista

No MASP está uma importante coleção de arte da América Latina, arte brasileira, asiática e africana, além de itens arqueológicos e uma biblioteca repleta de volumes de arte.

O ingresso ao MASP custa entre 20 e 40 reais e, às terças, a entrada é gratuita.

Endereço: Av. Paulista, 1578, Bela Vista.

26) Terraço do COPAN

O COPAN também é um edifício bastante popular em São Paulo, já que foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

Este é um dos edifícios mais democráticos do país, porque nele vivem pessoas de diferentes níveis sociais, desde afortunados, até pessoas com menos posses.

Apesar de ser um edifício residencial, ele atrai a curiosidade de muita gente, por isso, acontecem visitas guiadas e gratuitas no seu interior.

Os visitantes, durante as visitas, são levados até o 32° andar, de onde, após alguns lances de escada, é possível chegar a cobertura e ter uma vista panorâmica de São Paulo.

A duração do passeio, que acontece apenas de dia de semana, é de no máximo 30 minutos e não tem custo algum.

Endereço: Avenida Ipiranga, 200.

27) MIS

O MIS (Musei da Imagem e do Som), inaugurado no ano de 1970, tem como objetivo preservar e relatar importantes manifestações artísticas relacionadas à imagem, som e arte, sob a perspectiva social, cultural e humana.

As exposições são muito bem planejadas no espaço, o que garante uma experiência bastante positiva aos visitantes.

Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa.

28) Dica de onde comer na região

Na avenida Brigadeiro Luis Antônio, 4700, ainda na região dos Jardins, está o SKYE, um restaurante sofisticado e contemporâneo de São Paulo.

Na verdade, o local também poderia ser considerado como uma atração, já que está em um rooftop de um prédio moderno, em formato de barco.

Durante o dia são servidas excelentes refeições, mas quando a noite cai, o local também recebe um grande movimento em seu bar.

Preço médio de uma refeição completa por pessoa: 250 reais.

Tem interesse em conhecer mais sobre a noite paulista e visitar excelentes bares?

O passeio noturno guiado em São Paulo garante:

  • Passagem pelo boêmio bairro da Vila Madalena e centro da capital.
  • Parada no tradicional Bar Brahma, no centro de São Paulo, para se divertir com música brasileira ao vivo e beber boas cervejas.
  • Ida ao Skye Bar, o famoso terraço no hotel de luxo em forma de barco, perto da Avenida Paulista. No local, você poderá experimentar outros drinks e petiscos e ter uma vista panorâmica da cidade, à beira de uma piscina.

QUERO SABER MAIS SOBRE O TOUR NOTURNO EM SÃO PAULO

29) Instituto Tomie Ohtake

O Instituto Tomie Ohtake é um local que costuma ter filas, aos finais de semana, pois sempre apresenta excelentes exposições, cursos e ateliês, além de uma livraria e bistrô.

Se você quer se manter bem informado sobre as tendências de arte no Brasil e no mundo, este é um excelente lugar para ir.

Instituto Tomie Ohtake
Prédio onde funciona o Instituto Tomie Ohtake

Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 201, Pinheiros.

30) Cinepolis JK Iguatemi

O Cinepolis JK Iguatemi é um cinema que oferece uma das melhores experiências da capital, ao assistir um filme.

As cadeiras, na verdade, são poltronas reclináveis. Há pipoca comum, mas também pipoca gourmet e atendimento vip, que pode ser solicitado, se você tiver interesse no serviço à la carte. Sim, você é servido diretamente na sua poltrona.

O conforto é tanto que confesso já ter dormido durante um filme uma vez, risos.

Sala de cinema em São Paulo
Conforto do Cinepolis JK

Ingressos custam de 49 a 78 reais, mas estudantes e clientes do banco Santander pagam meia.

Endereço: Avenida Presidente Jucelino Kubitschek, 2041, Vila Nova Conceição.

31) Museu do Futebol

O Museu do Futebol, inaugurado em 2008, é o lugar ideal para quem quer entender mais sobre a história do esporte no país e no mundo, além das suas curiosidades.

Ele fica dentro do Estádio Pacaembu, na Praça Charles Muller e os ingressos custam 20 reais para adultos e 10 reais para estudantes.

Endereço: Praça Charles Miler, s/n, Pacaembu.

32) Pinacoteca

A Pinacoteca, que está situada em um edifício dos anos 1900, no centro de São Paulo, é um dos museus de arte mais importantes do Brasil.

O lugar é bastante interessante e vale a pena conhecê-lo até mesmo pelo prédio.

Ingressos custam 10 reais para adultos e 5 reais para crianças.

Endereço: Praça da Luz, 2, Luz.

Já que você foi até a Pinacoteca, vá também ao Museu da Língua Portuguesa e à Estação da Luz, pois ficam quase em frente e são outros lugares interessantes para conhecer.

33) Museu da Língua Portuguesa

O Museu da Língua Portuguesa, que é um dos museus mais visitados da América do Sul, conta a história do idioma, ao longo do tempo, e também apresenta interessantes exposições literárias.

Eu tive a oportunidade de ver a exposição de Cazuza, alguns anos atrás, e foi fabulosa.

Cazuza no Museu da Língua Portuguesa
Exposição do Cazuza no Museu da Língua Portuguesa

Infelizmente, em dezembro de 2015, o museu sofreu um incêndio e ele está sendo reconstruído, ou seja, fechado para o público. Contudo, nós, paulistas, mantemos a esperança que logo ele estará ativo novamente.

34) Estação da Luz

A Estação da Luz, que foi aberta em 1901, é popular pela sua arquitetura de influência inglesa.

Estação da Luz
Fachada da Estação da Luz, em estilo inglês

Passe por ela para conhecer o seu saguão e a estação em si. Parece mesmo que estamos em algum transporte de Londres.

A visitação é gratuita.

35) Museu da Imigração

O Museu da Imigração está instalado no local onde funcionava a antiga Hospedaria dos Imigrantes.

No Museu há importantes documentações, que nos ajudam a entender melhor como foi a chegada dos imigrantes, de diferentes países, ao longo dos séculos XIX e XX.

Pela importância histórica do prédio, ele é considerado um Patrimônio Histórico tombado.

Somente as exposições e o acesso à maria-fumaça são pagas. Exposições custam 10 reais para adultos. Idosos e estudantes pagam meia. Já o trem, a partir de 20 reais, e crianças menores de 6 anos não pagam.

Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 1316, Mooca.

Gostou das dicas do que fazer em São Paulo? Espero que estas sugestões de passeios ajudem no seu roteiro de 1 a 7 dias na capital paulista. 🙂

Também recomendo em São Paulo

Outlet Premium São Paulo: vale a pena fazer compras?

Restaurantes italianos em São Paulo: 5 excelentes dicas

Castelos no Brasil para se hospedar e conhecer

Aeroporto de guarulhos: lounge vip ou hotel exclusivo

Dados de São Paulo, do blog Vida de Turista

Réveillon no Brasil: top 7 destinos, festas e hotéis

Curiosidades no Bairro da Liberdade

O que fazer em SP durante as férias, pelo blog Turistando.in

Interior de São Paulo: o que fazer em Itu

O quê falta para a sua viagem?

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *