Nova York no inverno: o que fazer, onde ficar e dicas

Nova York no inverno é realmente uma aventura congelante, mas muito especial. Muitas pessoas podem se questionar o motivo de ir à cidade nesta época do ano, pelo frio e possíveis nevascas, mas eu afirmo, sem titubear, que é uma das melhores épocas do ano para visitá-la.

A Big Apple é uma das cidades mais bem preparadas para receber visitantes no mundo, em todas as estações do ano e, além das suas tradicionais atrações, outras são colocadas à disposição do público, que combinam bem com o frio.

Central Park durante o Inverno em Nova York
Central Park repleto de neve durante o inverno

Como Nova York no inverno é muito procurada pelos turistas (afinal, não são só os brasileiros que querem ver neve), neste guia vou indicar o que fazer, onde se hospedar, enfim, as melhores dicas e como fugir de roubadas, como as filas gigantes de lugares fechados.

O que saber sobre Nova York no inverno

Temperatura de Nova York durante o inverno

O inverno no hemisfério norte começa no fim de dezembro, próximo ao Natal, e termina na segunda quinzena de março. Eu já tive a oportunidade de ir a Nova York nesta época do ano e realmente é bastante frio para o padrão dos brasileiros. Mas fique tranquilo porque também não é nenhum Canadá…risos.

Rio Hudson durante o inverno
Rio Hudson com partes congeladas e Nova York ao fundo

Em dezembro, por exemplo, a temperatura média de Nova York fica entre 7ºC e 0ºC. Em janeiro e fevereiro é quando mais esfria e há mais chances de nevar. No primeiro mês do ano, varia entre 4ºC e – 3ºC e, no segundo, entre 6ºC e – 2ºC.

O último mês da estação é mais tranquilo, entre 11ºC e 2ºC. Mas sempre fique atento ao noticiário para não ser pego desprevenido com mudanças climáticas.

Em que mês do inverno ir para Nova York 

O mês mais caro do inverno de Nova York é dezembro, mais para perto do Natal e do Réveillon, quando a cidade fica lotada de turistas. Eu não sou fã dessa época na cidade porque fica complicado até para andar na rua, pela quantidade de pessoas.

Mas, para quem não se incomoda, verá uma cidade muito bem enfeitada e com diversas atrações natalinas. As festas de fim de ano em Nova York, por sinal, são bastante populares em todo o mundo.

Nova York no Natal
Cidade de Nova York enfeitada durante o Natal

Com o passar dos meses, os preços vão baixando, mas em janeiro ainda há muita gente de férias e fevereiro, normalmente, é o mês do carnaval também nos Estados Unidos. Mesmo assim, fica bem mais tranquilo caminhar pela cidade. Mas tire da cabeça a ideia de encontrar Nova York vazia, isso nunca acontece…risos.

Como ir para Nova York

Atualmente, apenas de São Paulo saem voos diretos para Nova York. As companhias que fazem esse trecho são: Latam, United, Delta e American Airlines.

A partir de outras cidades, é necessário fazer escala em São Paulo ou em outros países como: Peru, Panamá, Canadá ou dentro do próprio Estados Unidos.

O preço médio atual de uma passagem de São Paulo para Nova York é de R$ 2482, mas fique ligado porque, ao longo do ano, existem diversas promoções.

Aeroportos de Nova York

Os aeroportos John F. Kennedy (JFK), Newark (EWR) e LaGuardia (LGA) abastecem a cidade de Nova York, com voos de todo o mundo, porém, apenas os dois primeiros recebem aviões diretos do Brasil.

Aeroporto JFK de Nova york
O JFK é um dos principais aeroportos dos Estados Unidos

A distância dos três para o centro da cidade não é curta, mas existem diversas formas para chegar a Manhattan, por exemplo, sem dor de cabeça.

John F. Kennedy

Localizado a cerca de 26 km do centro de Nova York, em Queens, o aeroporto JFK é o maior que abastece a região metropolitana da cidade.

Com oito terminais, ele recebe cerca de 80 milhões de pessoas todos os anos, fato que o faz um dos mais movimentados dos Estados Unidos.

Newark

Dos três aeroportos que abastecem Nova York, o de Newark é o mais longe. Ele fica no estado de Nova Jersey, a cerca de 31 km de Manhattan.

O aeroporto tem três terminais e um transporte interno que liga cada um deles. Ele é principal hub da United nos Estados Unidos.

Aeroporto de Newark
Aeroporto de Newark também recebe voos do Brasil
LaGuardia

O aeroporto de LaGuardia é o mais próximo do centro de Nova York. Apenas 14 km o separaram de Manhattan.

Ele é utilizado principalmente em voos domésticos, portando, é possível descer nele, caso o seu voo do Brasil faça escala em outra cidade americana.

como ir para Manhattan saindo dos aeroportos?

A partir dos aeroportos John F. Kennedy e Newark é possível usar o Air Train + Metrô para chegar ao centro da cidade de Nova York, porém, o preço dos bilhetes é diferente. No JFK custa 10,25 dólares, enquanto no EWR custa 15,25 dólares.

Os três aeroportos têm ônibus executivos para Manhattan. A partir do JFK o preço é de 19 dólares por pessoas, enquanto no EWR custa 17 dólares e o LGA 16 dólares.

Para quem prefere pegar um shuttle, a partir do JFK e do LGA, o ingresso por pessoa é a partir de 19,60 dólares, dos aeroportos, ate o hotel. Por ser mais distante, em Newark, o preço é um pouco mais caro, mas a qualidade do serviço é a mesma. O bilhete custa a partir de 21 dólares.

Shuttle do aeroporto de Nova York
Exemplo de Shuttle no JFK (divulgação Get Your Guide)

Existe também a possibilidade de ter um transporte privado, que é a minha preferência, do aeroporto para o hotel. Saíndo do JFK, o preço é a partir de 105 dólares, de LGA custa 95 dólares de de EWR 133 doláres.

As reservas podem ser feitas através do site da Civitatis, mas atenção: o preço pode variar de acordo com o número de pessoas e do carro que será necessário para o transporte.

Onde se hospedar

A cidade de Nova York é divida em cinco distritos (Manhattan, Brooklyn, Bronx, Queens, e Staten Island) e todos apresentam opções de hospedagem.

Sempre que posso ir à cidade, Manhattan é a minha escolha, mais precisamente perto da Times Square, mesmo sabendo que é mais caro.

Para poder aproveitar ao máximo a cidade e não perder tempo com deslocamentos, escolho sempre a região de Midtown Manhattan.

Nesta área, por exemplo, ficam Rockefeller Center, Empire State Building, Madison Square Garden, Bryant Park, entre outras atrações da cidade.

Duas opções de hotéis que eu gosto bastante na cidade são o Equinox Hotel Hudson Yards e o The Chatwal, que me proporcionam experiências bastante confortáveis e um excelente café da manhã.

Recepção do Hotel Equinox, em Nova York
Recepção do Equinox Hotel (crédito: divulgação)

Caso você tenha interesse em pesquisar por outros hotéis, o mapa virtual abaixo tem todas as opções de estabelecimentos para dormir em Nova York. Elas estão apresentadas por preço e localização.

            Booking.com

Como se locomover em Nova York

Ônibus turístico

Para quem está indo para a cidade pela primeira vez, ou quer ter mais conforto para ir aos pontos turísticos, sem nenhum tipo de preocupação ou filas, eu recomendo adquirir o New York Sightseeing Pass.

Com este passe, você poderá usar, a vontade, o ônibus de 2 andares pelas principais ruas turísticas da cidade. Além disso, o passe garante um desconto de mais de até 65% nas principais atrações de Nova York, como Empire State Building, Top of the Rock, Edge, MoMa, entre outras.

O passe é vendido de acordo com número de dias que você deseja e é possível usar o ônibus e as 100 atrações da forma que quiser, respeitando a quantidade de dias escolhidos.

Ônibus de 2 andares em Nova York
Ônibus de 2 andares em Nova York (crédito: divulgação)

+ Saiba tudo sobre os melhores passes econômicos de Nova York

Metrô

Nova York também é bem servida de metrô. É possível ir para qualquer canto da cidade, seja em Manhattan, ou fora da ilha. Para mim, o mapa das linhas é meio confuso, mas mesmo assim dá para se virar bem.

O preço do ticket unitário é de 3 dólares, mas se você pretender usar muito o transporte, é possível adquirir o MetroCard.

Este é um cartão de transporte público mais econômico, que pode ser adquirido por 1 dólar nos guichês ou nas máquinas que vendem passes, localizadas nas próprias estações.

Ao usar o MetroCard, o ticket unitário custa 2,75 dólares. Além disso, ele oferece um bilhete chamado 7 Day Unlimited Pass, que custa 32 dólares e, ao adquirir esta modalidade do passe, metrô e ônibus podem ser usados livremente dentro da cidade, pelo período de 7 dias corridos.

Mapa do metrô em Nova York
Mapa do metrô em Nova York (clique para abrir a imagem em tamanho original e imprimir/ divulgação)

Táxis e motoristas de aplicativos

A cidade também tem muitos táxis e motoristas de aplicativo. Os preços são mais altos, por isso, é o meio de transporte que menos recomendo. Só em caso de emergência mesmo.

Táxis de Nova York no inverno de Nova York
Os táxis amarelos de Nova York são famosos no mundo todo

Mas não se esqueça de que é preciso estar conectado à internet para poder solicitar um motorista de aplicativo, caso o lugar onde você esteja não tenha wi-fi. Pode valer a pena, no entanto, comprar um chip internacional para o seu celular antes de deixar o Brasil.

Outras informações úteis de Nova York

Moeda: dólar americano

Língua: inglês americano

Fuso-horário: normalmente é de – 2 duas horas, mas pode mudar com o horário de verão americano e do Brasil.

Documentos necessários: visto para entrar nos Estados Unidos e passaporte com validade mínima de 6 meses.

Normalmente, o visto de turismo tem validade de 10 anos e custa cerca de 160 dólares. Ele deve ser tirado diretamente no Consulado dos Estados Unidos.

Atrações exclusivas em Nova York no Inverno

Espetáculo de Natalino

Se você estiver na cidade, entre o início de novembro e a primeira semana de janeiro, assistir ao musical Christmas Spectacular, do grupo de dança The Rockettes, é algo que altamente recomendo!

Bailarinas do Christmas Spectacular
Bailarinas do Christmas Spectacular, no Radio City Hall (crédito: divulgação)

Milhares de pessoas vão ao Radio City Music Hall, uma das casas de espetáculos mais famosa de Nova York, todos os anos, para acompanhar o musical.

Muitos, inclusive, dizem que é a melhor forma de entrar no clima natalino da cidade. Ah… um spoiler…risos! O papail noel também participa do show!

Por ser bastante popular, não deixe de comprar o seu ingresso com antecedência.

Endereço: 1260 6th Ave, New York, NY 10020, Estados Unidos.

Patinar no gelo

Uma das atividades que mais gosto, quando vou a algum lugar que faz frio, é patinar no gelo. E, neste caso, Nova York dá um show, são diversas pistas por toda a cidade.

A mais famosa de todas é a Rockefeller Rink, no Rockefeller Center, onde também fica uma grande árvore de natal, procurada por muitas pessoas para fotos.

Pista de patinação no gelo, no inverno de Nova York
A pista de patinação no gelo do Rockefeller Center faz bastante sucesso em Nova York

Posso destacar também as pistas do Central Park, do Bryant Park e do Pier 17, que também estão na lista das melhores da cidade.

Geralmente, só é preciso pagar pelo aluguel dos patins para patinar. A entrada na pista costuma ser gratuita.

Passear pela Times Square e pela 5ª Avenida 

Caminhar pela Times Square e pela 5ª Avenida durante na época natalina é bastante especial. As vitrines das lojas ficam bem bonitas enfeitadas com o tema da época.

Painéis luminosos da Times Square no inverno
Times Square no inverno

Mesmo que você não queira fazer compras nestas áreas, vale a pena apenas observar como os nova-iorquinos se preparam para o natal.

Lojas enfeitadas durante o Natal em Nova York
Vitrines natalinas em Nova York

Restaurante Week de Inverno

O Restaurante Week acontece duas vezes por ano, em Nova York, uma vez no inverno e outra no verão. Na época mais fria, o evento acontece, normalmente, entre o fim de janeiro e o início de fevereiro.

Cerca de 400 restaurantes renomados participam do evento, em todas as região da cidade, oferecendo 2 opções de pratos no almoço por 26 dólares e 3 no jantar por 42 dólares. Mas atenção: as refeições só são servidas nos dias de semana.

Atrações regulares para aproveitar também durante o inverno

Central Park

Não tem como ir a Nova York e não dar um passada pelo Central Park. Sempre que tenho a oportunidade de ir à cidade, vou ao parque. Apesar do frio, o parque é bastante visitado, inclusive, por locais que praticam esportes.

Nova York no inverno e pessoas no Central Park
O Central Park é bastante procurado, mesmo no inverno

Um dos passeios que recomendo é conhecer o Central Park de carruagem, pois os condutores disponibilizam cobertores durante o passeio, que é bem agradável para quem não quer caminhar no frio. Preço:125 dólares, para até 4 pessoas. O valor é por carruagem.

Outro tour que vale a pena fazer no Central Park é o de Cenários de Séries e Filmes. Neste passeio de 2 horas, são visitados os lugares onde foram gravados: Esqueceram de Mim 2, Love Story, Bonequinha de Luxo, entre outros sucessos americanos. Preço: 31 dólares.

Visitar museus

Nova York é repleta de museus, sendo que alguns dos mais famosos do mundo estão na cidade. O meu preferido é o Museu de História Natural, onde passei um dia inteiro sem perceber as horas passando.

Aproveite também para, no mesmo dia, conhecer o Metropolitam Museum of Art, também chamado de MET. As distância entre os dois é de pouco mais de 1 quilômetro e é possível, comprar um único ingresso para visitar os dois museus.

Museu de História Natural de Nova York
O Museu de História Natural de Nova York é famoso em todo o mundo

Uma dica para você que vai aos dois museus: use o Central Park como caminho e aproveite todo o seu visual.

O Museu de Arte Moderma de Nova York (o MoMA) também faz bastante sucesso entre os visitante e o seu ingresso pode ser adquirido de forma on-line.

Broadway

Os musicais da Broaway, em Nova York, são populares no mundo e funcionam ao longo do ano inteiro. É muito legal assistir aos shows em Nova York, pois são super produções, em ambientes bastante confortáveis.

Veja como obter desconto nos shows mais populares da Broadway, como O Rei Leão, Fantásma da Ópera ou Chicago.

Painel do Fantasma da Ópera na Times Square
Painel do musical Fantasma da Ópera na Times Square

Rockefeller Center e Empire State 

O Rockefeller Center e o Empire State são dois clássicos para que vai a Nova York. Dois edifícios com vistas belíssimas da cidade. O primeiro é o meu preferido, mas o Empire é bastante conhecido pelo filme “King Kong“.

Os dois têm áreas externas e internas, portando, se o dia estiver muito frio, você poderá aproveitar da mesma forma. Para não ficar em nenhuma fila, principalmente no frio, compre o seu ingresso com antecedência para o Empire State e Rockefeller Center.

Foto do Empire State tirada do Rockefeller Center
Vista de Rockefeller Center para o Empire State

Assistir a jogos da NBA e NHL

Enquanto as ligas de beisebol e e futebol americano estão de férias, a NBA e a NHL fazem sucesso entre os moradores de Nova York e visitantes, durante o inverno no hemisfério norte.

Eu sou suspeito para falar, já que sou um fã de esportes americanos. Ir para uma arena de esportes no país é muito mais do que apenas assistir a um jogo. Existe toda uma estrutura que faz do evento um verdadeiro show.

No caso do basquete americano (NBA), a cidade de Nova York tem dois times: O New York Knicks e o Brooklyn Nets. O primeiro manda os seus jogos no Madison Square Garden, o ginásio mais famoso do mundo, enquanto o segundo tem o Barcklays Center como casa, uma das arenas mais modernas da NBA, que custou mais de 1 bilhão de dólares.

Fachada Madison Square Garden
Área externa do Madison Square Garden
Barclays center no Brooklyn
Moderna fachada do Barclays Center (divulgação)

Apenas a título de curiosidade, o New York Ranger e o New York Islanders são os representantes da cidade na liga americana de hóquei. O primeiro manda os seus jogos no Madison Square Garden, enquanto os Islanders jogam no Barcklays Center.

Ir a um rooftop 

Sucesso em Nova York, os rooftops também são abertos durante o inverno, embora em condições diferentes do verão.

Os bares e restaurantes se adaptam para as condições climáticas mais extremas, durante a época de frio. Alguns não abrem as suas varadas, enquanto outros colocam coberturas e aquecimento para que os clientes possam aproveitar as áreas externas.

Um dos meus preferidos na cidade é o Mr. Purple, que tem excelentes drinks e petiscos para apreciar o anoitecer. Ele também abre durante o brunch.

Lounge com móveis e vista panorâmica para NY
A adorável vista panorâmica do Mr. Purple (credito: Gerber Group)

Fazer compras

As vitrines da 5ª Avenida enchem os olhos de todos que vão a Nova York. Lá estão lojas de grandes marcas como, Gucci, Tiffany & Co, Louis Vuitton, Prada, Apple Store, entre outras.

Difícil não parar para fazer uma comprinha, mas, mesmo assim, considere a possibilidade de ir ao Woodburry Premium Outlet, uma das melhores outlets de Nova York e dos Estados Unidos.

Ele fica fora de Manhattan, mas com um shuttle é bem fácil de chegar a ele. Há vários horários de saída e retorno a Manhattan. Preço: 40 dólares.

Woodburry Premium Outlet no Natal
Woodburry Premium Outlet enfeitado para o Natal (crédito: divulgação)

Caso prefira ficar por Manhattan, não deixe de conhecer os melhores lugares para fazer compras da cidade. Há até cupom de desconto na Macy´s, a maior loja de departamento dos Estados Unidos!

Nas redondezas de Nova York no inverno

Como eu disse antes, pode nevar em Nova York no inverno e, com frequência, isso acontece.

Se você tiver interesse em fazer algo diferente na cidade, você pode ir até uma das estação de esqui em suas divisas. As principais são:

  • Camelback Mountain Resort
  • Belleayre Mountain
  • Mountain Creek
Mountain Creek perto de Nova York
Snowboard em Mountain Creek (crédito: divulgação)

Confira as distâncias e o tempo entre Nova York e as estações

Mountain Creek – cerca de 86 km – 1h 20 min.
Camelback Mountain Resort – cerca de 138 km – 1h 40 min.
Belleayre Mountain – cerca de 215 km – 2h 40 min.

É possível fazer um bate e volta de Nova York e passar um dia em uma das estações de ski. Para isso, alugue um carro.

Dicas para curtir o inverno em Nova York

  • Para fugir de filas e do frio das rua de Nova York, reserve sempre que puder a sua ida a passeios e restaurantes.
  • Use roupas e sapatos impermeáveis e não esqueça de comprar uma segunda pele adequada para enfrentar a temperatura externa. Confira sempre na etiqueta do produto, antes de comprá-lo, para não acontecer o mesmo que com a Leda.
  • Luvas e gorros são imprescindíveis para o seu look diário em Nova York no inverno, assim como um bom protetor labial.
  • A Ponte do Brooklyn e os passeios de barco para a Estátua da Liberdade são muito procurados pelos turistas, mas confira sempre a meteorologia do dia porque o vento e o frio podem atrapalhar o seu passeio.
  • Tours noturnos ao ar livre, em dias de muito frio, podem ser incômodos.

    Também recomendamos

    Outono em Nova York: peças para uma mala perfeita

Onde é mais barato fazer compras nos Estados Unidos

7 passeios gratuitos para fazer em Nova York

Lolô Ascar: Amo tanto Nova York que sinto falta até do cheiro de lá

O quê falta para a sua viagem?

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *