Tax Free: como receber de volta o imposto das compras

Turistas que viajam para alguns lugares da Europa, principalmente países da União Europeia (UE), pagam o imposto sobre produto, conhecido como “VAT”, assim como qualquer morador do país visitado.

Porém, para os turistas que residem fora da União Europeia, como o Brasil ou Estados Unidos, por exemplo, as regras são diferentes. Os países-membros da UE entendem que não é justo cobrar por este imposto, uma vez que este dinheiro vai auxiliar diretamente os cidadãos com a infraestrutura da cidade, melhoria dos hospitais e escolas públicas, saneamento básico, etc. Por isso, é oferecida a possibilidade de devolução de uma parte do valor para os viajantes.

Placa da Champs Elysees em Paris
Famoso local de compras em Paris

Apesar das regras de devolução serem as mesmas para todos os países da União Europeia, o valor de imposto devolvido difere de um local para o outro, já que cada nação tem a sua própria política de arrecadação.

Algumas empresas, como a Global Blue, fazem a devolução dos valores aos turistas e, pelo serviço, ficam com uma pequena parte do imposto a ser restituído.

tax    global

Mesmo que a empresa fique com uma parcela do valor restituído, eu realmente recomendo o serviço porque, no final das contas, a gente acaba recebendo um bom dinheiro de volta.

Por exemplo, se você fizer uma compra de 200 euros na Alemanha, receberá de volta algo em torno de 22 euros. Já se esta mesma compra for feita na Polônia, o valor restituído será de 27 euros, segundo a calculadora da Global Blue.

Como solicitar o Tax Free

Lojas que trabalham com Tax Free

Não são todos os estabelecimentos que devolvem o imposto, por isso, é importante se informar com a empresa de Tax Free local. No próprio site delas ou em guichê nos aeroportos há, muitas vezes, a listagem completa de lojas participantes. Geralmente, marcas famosas de roupas, calçados, acessórios e eletrônicos fazem parte do programa, não é nem necessário consultar.

Outra forma de reconhecer um participante do programa é observar a loja. Os estabelecimentos costumam usar adesivos de Tax Free nas vitrines e outros materiais, como banners e folhetos no caixa.

Valor mínimo da compra para solicitação

As empresas exigem que os clientes gastem no mínimo um determinado valor em um estabelecimento para fazer a solicitação de Tax Free. Este montante é determinado pelo país e pode variar entre 75 e 190 euros na União Europeia. Na Itália, por exemplo, só é possível dar entrada se gastar no mínimo 156 euros em uma loja. Na Espanha, o valor mínimo é de 90,16 euros e muitas lojas deixam os clientes somarem os cupons de compras realizadas em dias diferentes.

Se não atingiu o valor mínimo, não adianta reclamar. Não poderá solicitar o benefício.

Três passos para solicitar o Tax Free

1.Quando for finalizar a sua compra, solicite ao caixa o formulário do Tax Free. Para isso acontecer, você deverá atingir o valor mínimo da compra estabelecido pelo país e ter o passaporte em mãos. Geralmente, os atendentes pedem este documento para comprovar que você é turista.

O atendente, após as duas confirmações acima, te dará uma nota especial referente à compra com um campo para preenchimento. Neste local, você colocará os seus dados básicos.

É muito importante ter o carimbo da loja na nota, ou no formulário. Para cada compra que fizer, sempre observe isso, pois, caso contrário, o imposto não será restituído.

2. No final da sua viagem, quando você estiver saindo da Comunidade Europeia, procure dentro do aeroporto, na área de check in, a Alfândega, porque ela irá analisar os documentos e vai carimbar todos também, dando a você a permissão final para receber o dinheiro. Basicamente, eles avaliam duas coisas: se a pessoa preencheu os campos todos nos cupons de compras e se as lojas carimbaram devidamente.

Muito importante que você esteja com as suas malas nesta hora. Como existem muitos casos de fraude, às vezes os profissionais da Alfândega pedem para ver as compras. Nunca aconteceu comigo, mas é um direito que eles têm.

3. Após tudo carimbado, tudo certo pela Alfândega, procure o guichê da empresa do “Tax Free”. Ela geralmente tem esse nome mesmo e trabalha para todas as empresas de reembolso do país.

Lá, você entregará as notas e formulários das suas compras preenchidos e carimbados e vai informar se deseja receber o dinheiro na hora ou no cartão de crédito posteriormente.

Pontos de atenção com o Tax Free

  • Cuidado com o prazo de solicitação. O máximo para dar entrada no benefício são 120 dias. Se for passar uma temporada na Europa, você pode perder o benefício. Se informe direito, principalmente no país em que realizou a compra.
  • Recomendo que você faça a pesquisa sobre o país que irá visitar. O meu exemplo foi com a União Europeia, mas outros países, como Japão, Rússia, Finlândia, Estados Unidos (alguns estados), República Tcheca ou Argentina têm as suas próprias regras.

Caso tenha ficado com alguma dúvida, assista a este vídeo abaixo da Global Refund, que explica o mecanismo para reembolso.

É isso! Boas compras!

CHECKLIST PARA A SUA VIAGEM

❤️ Doamos US$ 1 dólar para cada reserva que você faz conosco.  

  • Hotéis, resorts, pousadas, apartamentos e casas de temporada com a missão cobrir qualquer preço e não cobrar taxa de reserva.
  • Chip internacional de celular com desconto já funcionando antes de sair do Brasil. Use o cupom de desconto: ARESDOMUNDO.
  • Passagens aéreas promocionais e dois destinos internacionais pelo preço de um! O melhor buscador de passagens aéreas para brasileiros.
  • Seguro viagem com desconto de até 10% e pagamento em até 12x no cartão. Use o cupom de descontoARESDOMUNDO.
  • Tours, citypasses com desconto, ingressos e transfers para qualquer lugar do mundo.
  • Aluguel de carros no Brasil ou exterior, com preços em reais e pagamento em até 12 vezes.

Deixe o seu comentário