Porto Maravilha: uma visita obrigatória no Rio de Janeiro

Desde que a região portuária foi revitalizada e o Museu do Amanhã inaugurou oficialmente a região em 2015, muitas famílias cariocas e turistas de todos os lugares do Brasil perambulam ali nos arredores. A mudança realmente é impressionante. Em 2013, estive lá, pois já havia o Museu de Arte do Rio e queria conhecê-lo. Nas imediações, era tudo muito escuro e cheio de contêineres. Com a chegada das Olimpíadas, apareceram as artes de ruas, do famoso Kobra e outros artistas, que cheias de significados encheram de cores as paredes. E para fechar a mudança com chave de ouro, o AquaRio, […]

Continue lendo

Balneário Camboriú e Itajaí em qualquer época do ano

Conhecida como a nova capital catarinense do turismo, brasileiros e outros povos sul-americanos lotam as ótimas praias de Balneário Camboriú durante a alta temporada. Está certo que no período entre Natal e Réveillon, o movimento é muito maior, afinal o número de habitantes vai de 100 mil para até 1 milhão pessoas, mas mesmo assim os receptivos moradores afirmam ter espaço para todos durante o período com a bonita queima de fogos. As nove praias de Balneário Camboriú são lindas e limpas, sem exageros. Dá até para ver os siris andando de ladinho entre um buraco e outro na areia. […]

Continue lendo

Búzios: das paisagens retratadas à badalação desejada

Desde que a atriz Brigitte Bardot visitou Búzios na década de 60, a cidade da Região dos Lagos não é mais uma simples vila de pescadores. O destino tem mais de 15 praias, hotéis de luxo, variado entretenimento noturno e restaurantes para diferentes paladares, que atrai turistas no mundo inteiros. Alguns até estabelecem residência fixa de tão encantadora que é. A praia mais conhecida é a da Armação, que contorna a Orla Bardot e a famosa rua das Pedras. É muito movimentada porque tem um píer que serve para  transatlânticos e outras embarcações. Não é uma praia dessas cheia de […]

Continue lendo

“Dá para curtir Caldas Novas sem ser criança ou idoso”

“Quando era criança, fui umas duas ou três vezes para Caldas Novas com os meus pais, durante as férias escolares. Resolvi voltar à cidade depois de dezesseis anos pela boa lembrança que tinha de lá e confesso que, apesar da minha perspectiva ser diferente, por estar viajando com o meu namorado e em uma fase diferente da vida, o brilho da cidade não mudou. Continua sendo um lugar atrativo para todas as idades. Sai de São Paulo (capital) e, de carro, percorremos todo o trajeto até Caldas Novas. A viagem é um pouco cansativa, afinal são oito horas, mas parando […]

Continue lendo

Foz do Iguaçu: Gigante pela própria natureza

Muitas pessoas me falavam que Foz do Iguaçu era uma cidade bonita, cheia de atrativos naturais para conhecer e um lugar interessante por estar muito perto do Paraguai e da Argentina, mas eu fiquei realmente impressionada com a beleza natural da região. O primeiro lugar que visitei foi o Parque das Aves e quase saí surda de lá de tantos cantos e gritos que escutei de diferentes pássaros. O parque é muito bem cuidado, muito bonito, cheio de instrutores que projetem os pássaros. Foi bom ver de perto tucanos, flamingos, papagaios, sabiás e interagir com as araras. Lá tem grandes […]

Continue lendo

“A Chapada dos Veadeiros impressiona mesmo na época de seca”

A Nana e a Bebel, residentes de Brasilia, resolveram fazer uma viagem em grupo de 320 km para desvendar uma das preciosidades do Brasil, a Chapada dos Veadeiros, em Goiás.  Meninas, o quê mais marcou vocês nesta experiência? A beleza natural da Chapada dos Veadeiros impressiona os seus visitantes! O cerrado, mesmo em plena época de seca, encanta com suas belas flores, rios e cachoeiras de águas límpidas e cristalinas. Vale a pena encarar a água fria, dar um mergulho e sentir a vibração especial que possui este lugar. Recomendam algum produto ou serviço no local? Nós fomos recebidos com […]

Continue lendo

Olimpíadas no Rio de Janeiro: o que tem acontecido na Cidade Maravilhosa

Desde o comecinho das Olimpíadas de 2016, estou no Rio para registrar o clima da cidade e, finalmente, fazer coisas que nunca fiz por aqui. Sempre fui desencorajada a fazer o que tinha vontade na cidade por amigos e familiares, pelo fato de, infelizmente, o Rio carregar a fama de “perigosa” e “violenta”. Então, só me dediquei ao turismo padrão em todas as minhas vindas para cá: Cristo Redentor, Pão de Açúcar, andar em Copacabana e Ipanema, tomar um cafezinho no Forte, papear na mureta da Urca, fazer stand up paddle, enfim, essas coisas mais normais. Mas ter as Olimpíadas no Rio, me […]

Continue lendo