“Joguei futebol em Dubai e trouxe experiências incríveis na bagagem”

O Rodney foi para o Oriente Médio jogar futebol em um time profissional e voltou com uma bagagem incrível de histórias. Além do sucesso conquistado, ele passou por 10 terremotos e chegou a ser preso pela fé.

Arquitetura em Dubai
A Palma da Mão, Atlantis, Dubai

“Eu era mais um desses meninos sonhadores que corriam descalços atrás da bola. Tijolos ou os meus próprios chinelos serviam de gol, e as minhas alegrias eram as “peladas na rua“. O pessoal do bairro e a minha família me elogiavam, dizendo que jogava bola muito bem. Me convenceram tanto disso que resolvi tentar a sorte, fazendo uma seletiva na Sociedade Esportiva Palmeiras, com os meus 15 anos de idade. E não é que após apenas dois testes, eu fui aprovado! Risos.

Dentro desse grande clube, comecei a disputar muitos campeonatos e fazer novas amizades. Depois de alguns anos com o time, um treinador que também foi um pai para mim, me deu incríveis conselhos. Ralamos muito, ganhamos títulos e perdemos juntos também. Mas a vida foi boa e ofereceu a ele uma proposta irrecusável para trabalhar em Dubai.

Sem qualquer tipo de contato com ele durante longos anos, certa manhã meu telefone tocou. Escutei uma pessoa do outro lado falando: “Fala, meu jogador! Vai ficar dormindo ou vai vir para Dubai comigo?”. Fiquei sem palavras ao escutá-lo e também com o seu convite. Travei por completo, mas disse que sim, que iria para lá.

Após 6 anos de Palmeiras, entrei naquela aeronave cheio de expectativas. Onde será que fica Dubai? O quê será que tem lá? Nunca tinha ouvido falar, não sabia onde era, não sabia quem morava lá, não sabia que língua eles falavam e nem o que eles comiam. Engraçado que só pensei nessas coisas dentro do avião, mas não ia voltar atrás só por causa disso, né?

Quando pisei em Dubai fiquei maravilhado com tudo que vi. Era tudo tão mágico que parecia um filme. Os homens todos vestidos de branco e barbudos. As mulheres com rostos tampados e vestimentas sem graça, compridas e pretas.

As ruas eram muito limpas, bonitas e tinham o deserto como pano de fundo. Sentia um calor surreal, via muitos carros e prédios luxuosos. Mal sabia eu que teria que aprender a andar de camelo, a cumprimentar diferente e até mudar os meus costumes para parecer um local.

Camelo, pirâmide e turista
Experiências do Rodney em Dubai (crédito: arquivo pessoal Rodney Toledo)

Entrei tão de cabeça em Dubai que, além de aprender inglês, corri atrás do árabe também. O aprendizado das línguas foi algo fundamental para a minha existência porque, além de me virar sem depender de ninguém, ampliei absolutamente as minhas amizades. Conheci muitos  indianos, paquistaneses, sírios, iraquianos e egípcios.

Durante os 5 anos que morei lá, alguns fatos me marcaram bastante. Um deles foi que eu fui preso porque fui orar no monte com outro brasileiro. Poxa, mal sabiam que eu somente era uma pessoa religiosa e tinha ido lá para agradecer pelas bênçãos na minha vida.

O local que fui rezar era atrás do quartel do exército. Me prenderam porque acharam que éramos espiões de outro país. Fiquei alguns dias lá. Para a minha sorte e também vergonha, o presidente do clube foi me resgatar.

Amizade entre brasileiros e árabe
Nesta foto o Rodney já havia saído da prisão (crédito: arquivo pessoal Rodney Toledo)

Outro fato que me marcou muito foi o treme-treme da cidade. Passei por mais de 10 terremotos e hoje sei identificar um a distância, risos. Quase morri afogado num parque aquático também. Nossa, que brinquedos loucos!

Morando lá, tive o prazer de conhecer lugares, como: Turquia, Egito, República Tcheca, Tailândia, Irã, Alemanha, Holanda, Kuwait, Omã e, lógico, os Emirados Árabes. Retornei ao Brasil com uma rica bagagem de um mundo de verdade que existe não só em fotos e trago todas estas experiências e lembranças dentro de mim.

Esfinge e pirâmide ao fundo
Viagem do Rodney ao Egito (crédito: arquivo pessoal Rodney Toledo)

Apesar de não mais jogar futebol profissionalmente, hoje sou motorista bilíngue e comerciante de bonés personalizados. Claro, também acompanho de perto a carreira do meu filho, de 14 anos, que joga no São Paulo e hoje eu sou mais um dos que aprecia o seu belo futebol. Já tem patrocínio da Nike e tudo o garoto!”

Por Rodney Toledo – Ex-jogador de futebol em Dubai

Também recomendamos

O que aprendi sobre a fé na Índia

“A tempestade de areia que invadiu a minha casa no Líbano”

Preciso mesmo de seguro viagem?

Dubai: 7 costumes diferentes do Brasil, pelo blog Viciada em Viajar

Checklist para a sua viagem

  • Hotéis, resorts, pousadas, apartamentos e casas de temporada com a missão cobrir qualquer preço e não cobrar taxa de reserva.
  • Chip internacional de celular com desconto já funcionando antes de sair do Brasil. Use o cupom PROMO10, obtenha 10% de desconto e se livre da roaming internacional.
  • Passagens aéreas promocionais e dois destinos internacionais pelo preço de um! O melhor buscador de passagens aéreas para brasileiros.
  • Ingressos para Broadway, parques da Disney, Cirque Du Soleil com desconto e a possibilidade de parcelar em até 10x sem juros. Use o cupom AMOFF.
  • Seguro viagem com desconto de até 10% e pagamento em até 12x no cartão. Use o cupom ARESDOMUNDO.
  • Tours, citypasses com desconto, ingressos e transfers  para qualquer lugar do mundo.
  • Aluguel de carros no Brasil ou exterior, com preços em reais e pagamento em até 12 vezes. Use o cupom OUTUBRO6OFF.

Deixe o seu comentário