Dicas de leitura: bestsellers para amar em qualquer lugar

Está buscando dicas de leitura para uma viagem ou passar o tempo em casa mesmo?

Se sim, veja estes incríveis bestsellers que andei lendo.

São livros atemporais, desses que prendem a nossa atenção já nas primeiras páginas e, não conseguimos parar de ler, até terminar.

Recomendo-os, inclusive, para quem não tem o hábito de ler, pois são realmente envolventes e de fáceis entendimento.

Dica de leitura
Leia um livro para te distrair dentro de um avião

Dicas de leitura: excelentes bestsellers para ler 

As dicas de leitura vão de histórias reais e curiosas a ficções de fundo cultural. Vamos lá!

Capas de livros best sellers no Brasil

A Origem, de Dan Brown

Desde o livro “Código da Vinci”, Dan Brown não saiu mais do hit parade dos livros. Logo nas primeiras páginas de “A Origem”, aparece uma frase de Joseph Campbell que diz o seguinte: “Devemos estar dispostos a nos livrar da vida que planejamos para ter a vida que nos espera”. Para quem não faria sentido esta frase nos dias de hoje?

A Origem” propicia uma reflexão sobre a existência humana. A história passa, em boa parte, na Catalunha, Espanha, e evidencia comportamentos ocultos sobre fatos históricos, a fé exagerada e o poder.

Pode agradar mais ainda quem se interessa por tecnologia, curiosidades e suspense.

O livro “A Origem, de Dan Brown”, está custando R$ 16,90, em papel e R$ 16,05, na versão digital (Kindle).

Você sabia que ao comprar um Kindle, é possível ler vários livros de forma gratuita?

O Kindle, para quem não conhece, é um aparelho leve e que cabe nas mãos, onde você pode ler todos os livros que quiser.

Além de muitos títulos serem gratuitos para quem tem o Kindle, ele garante a iluminação necessária para a sua leitura, não ocupa espaço em casa, na bolsa e nem em viagens e, todos os livros preferidos podem ficar armazenados de forma simples.

QUERO SABER MAIS SOBRE O KINDLE

O que é kindle

 

O Diário de Anne Frank, de Otto Frank

Este livro é o verdadeiro diário de Anne Frank, adolescente que ficou escondida por anos em um cômodo pequeno, em Amsterdam, antes de ser levada a um campo de concentração, durante o regime nazista.

Otto Frank, seu pai, foi o único sobrevivente da família e divulgou o diário dela após a barbárie alemã.

Na Europa, este livro chega a ser leitura obrigatória em várias escolas e relata a vida da família aprisionada dentro de um sótão, pela percepção da jovem.

A história não é recente, contudo, muito interessante. Quem gosta de analisar o comportamento humano, histórias familiares e entender mais sobre a guerra sob a óptica de quem esteve nela, pode agradar bastante.

Outro livro complementar a este, conta a história dos últimos 7 meses de vida de Anne em campo de concentração. Seria o último capítulo do diário, que não foi escrito devido a sua prisão e morte.

As mulheres judias que estiveram aprisionadas com ela e sobreviveram à guerra foram entrevistadas e assim nasceu este relato. Para quem tiver interesse, chama Os 7 últimos meses de Anne.

O livro “O Diário de Anne Frank” custa R$ 17,89 na versão em papel e não há no formato digital.

o livro “Os sete últimos meses de Anne Frank” custa R$ 14,90 em papel e R$ 8,90 na versão digital (Kindle).

Queda dos Gigantes (Vol 1), de Kenneth Follett 

Na verdade, o livro “A Queda dos Gigantes” pertence à trilogia “O século”, que é composta também por “O inverno no mundo (Vol 2)” e a “Eternidade por um fio (Vol 3)”.

Eles foram lançados em 2012, mas a linguagem é tão moderna, que parece que foram escritos na semana passada.

A Queda dos Gigantes” explica, de forma simples, a essência das pessoas e o relacionamento entre diferentes culturas para se chegar ao mundo que temos hoje.

Cinco famílias, cinco países e cinco destinos são entrelaçados e o resultado é uma lição de história apresentada pela perspectiva de pessoas comuns.

Eu acho a trilogia adequada para qualquer tipo de pessoa. Afinal, todo mundo tem curiosidades a respeito de sociedade, cultura e política.

Em uma viagem longa de avião, daria para, inclusive, ler boa parte de um dos livros.

O livro “A Queda dos Gigantes” está custando R$ 37,90 na versão em papel e R$ 35,91 na digital (Kindle).

Freakonomics, de Sthepen Dubner e Steven Levitt

Tinha falado sobre o bestseller em um vídeo no Instagram e foi muito legal a repercussão. Já li este livro duas vezes, porque o autor faz comparações entre assuntos absolutamente distintos, mas ao mesmo tempo bem similares.

Em “Freakonomics”, descobri, por exemplo, porque cargos mais altos tendem a inadimplir mais com gastos simples do dia a dia, o que os lutadores de sumo têm em comum com os corretores de imóveis e desvendei mistérios sobre o lado oculto de muitos fatores que nos afetam de forma indireta no dia a dia.

Uma leitura muito curiosa que realmente amplia a nossa forma de compreender o mundo.

O livro “Freakonomicscusta R$ 49,96 na versão em papel e R$ 33,24 na versão digital (Kindle).

O Silêncio das Montanhas, de Khaled Hosseini

Eu confesso que amo todos os livros que o afegão Khaled Hosseini escreve. Comecei a gostar do autor com o clássico “O Caçador de Pipas” e “A Cidade do Sol” e agora me vejo absolutamente conectada com os personagens de “O Silêncio das Montanhas”.

“O Silêncio das Montanhas” é um romance que explora, de forma minuciosa, o elo entre as pessoas, as muitas vidas partidas e infâncias perdidas.

O autor demonstra o seu entendimento sobre os refugiados que partem e os seus reencontros com as suas raízes.

Uma leitura absolutamente envolvente e emocionante. Desses livros que não conseguimos parar de ler, sabe?

O livro O Silêncio das Montanhas” custa R$ 35,90 e não está disponível na versão digital (Kindle).

Gosto das dicas de leitura, mas eu não tenho tempo de ler

A vida é corrida para todo mundo, na verdade. Não diga que gosta das dicas de leitura, mas que não tem tempo, pois a gente tem o poder de administrar 100% do nosso dia e em todas as situações.

Um livro pode estar sempre na sua bolsa, por exemplo, e você pode fazer uma leitura enquanto espera para ser atendido no dentista, ou pode ler durante o transporte para o trabalho, ou durante 15 minutinhos do seu horário de almoço, em uma viagem de avião ou até mesmo quando se prepara para dormir.

As brechas podem ser criadas por você para este hábito ganhar força. E eu te encorajo mesmo a fazer isso, acredite em mim. A partir do momento que você gosta de ler algo, não consegue parar mais. É como chocolate ou viajar. Viciante.

Gostou das sugestões de livros? Conta para mim que livros você anda lendo. 🙂

Também recomendamos

Dicas de livros para as férias: os melhores até 30 reais

Acervos de mais de 50 museus viram livros de colorir

20 coisas que vão mudar depois do coronavírus

A história real de uma família que foi separada pela guerra

Joguei futebol em Dubai e fui preso pela fé

Kim Phúc, a menina da famosa foto da Guerra do Vietnã, fala sobre paz

O quê falta para a sua viagem?

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *