Categorias: Gastronomia Internacional, Lifestyle

Chocolates e sorvetes brasileiros que te farão se sentir na Europa

No primeiro semestre de 2018, estive na Itália, Bélgica e França para descobrir os segredos dos melhores chocolates, caramelos e sorvetes do mundo. Ao longo desta dedicada imersão gastronômica, identifiquei que o tradicional sucesso dos países europeus está na pureza dos ingredientes, na forma como eles são harmonizados e no olhar artesanal de quem os produz.

trufas de chocolate com enfeite de fruta no topo
Produção de chocolates artesanais com limão siciliano na Itália

Se a simplicidade é responsável pelo sabor e o sucesso pode ser desvendado por meio do paladar, o Brasil é um ótimo lugar para encontrar excelentes receitas. Buscando sentir sabores e aromas que pudessem representar as mesmas sensações da minha viagem gastronômica pelo velho continente, descobri empresas artesanais, bem estruturadas, que estão apresentando produtos de altíssima qualidade.

Chocolates

Chocolat Du Jour

São 30 anos de amor pelo chocolate, que marcam a história da Chocolat Du Jour. A marca tem uma extensa lista de prêmios nacionais e internacionais, sendo vários pela Academy of Chocolate, de Londres, International Chocolate Awards e menção no Le Guide des Croqueurs de Chocolat. Recentemente, conquistou a International Chocolate Awards Americas 2018.

portfólio de trufas brasileiras
Truffes du Jour (crédito: divulgação Chocolat du Jour)

Dentre os produtos de destaque e reconhecimento internacional estão as barras Bean To Bar Pratigi (45%, 53% e 70%), Bombom Caramelo com Flor de Sal e Choco Damia – todos produzidos com cacau fino, 100% brasileiro, de origem sustentável e controlada.
Um dos meus preferidos é a Truffe Du Jour Jabuticaba. Nada mais brasileiro do que sentir a explosão palatável da fruta com o chocolate.

produtos criativos de chocolate
Choco Chaud, Galinha dos Ovos de Ouro e Theobroma Nougat (crédito: blog Chocolat du Jour)

A Chocolat Du Jour está presente em shoppings de alto padrão da capital paulista, porém, realiza entregas, mediante o contato prévio, no interior de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Goiás, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Mendoá Chocolates

Muitas pessoas não sabem, mas cientistas, há anos, afirmam que o cacau está em extinção. Em eventos importantes do ramo, como o Salon Du Chocolat, por exemplo, dados como este são evidenciados. Diante do consumo desenfreado e crescente (cerca de 7,45 mil toneladas em 2016/2017, segundo a Euromonitor), todo o planeta tem se voltado para a produção de cacau de alguns países da América do Sul. O Brasil, com a Bahia e outros estados do Norte e Nordeste, ganhou visibilidade não apenas por ter regiões propícias para o cultivo, mas também pela incomparável qualidade.

A Mendoá Chocolates, entendida do universo baiano, produz as suas saborosas obras de arte a partir de amêndoas de cacau rigorosamente selecionadas na Floresta Atlântica brasileira. Ao mesmo tempo em que colhe o fruto maduro, também faz um bonito trabalho de preservação da vegetação nativa, além da felicidade mundial (já pensou se o cacau entra mesmo em extinção?).

Cesta com cacaus e pessoa pegando um deles
Cacau baiano (crédito: Mendoá Chocolates)

A marca, que é quase colhida no pé, foi premiada em Julho de 2018, com o selo bronze, na Cocoa Awards, em Londres. O exótico Mendoá Gengibre 60% foi o escolhido pelo júri. De sabor intenso e refrescante, devido ao aromático gengibre, realmente fiquei com a sensação de que tinha sido teletransportada para a Floresta Tropical ao prová-lo. Divino!

barra de chocolate e cacau em pó
Pureza e frescor do chocolate (crédito: Mendoá Chocolates)
embalagem laranja fechada
Embalagem do premiado Mendoá 60% com gengibre (crédito: Mendoá Chocolates)

A Mendóa vende os seus produtos em mais de 500 pontos de todo o Brasil, além de ter uma loja virtual. Confira AQUI a lista completa de estabelecimentos.

Cau Chocolates

Fato que o amarelo das caixas da Cau Chocolates combina com Ares do Mundo. Mais sentido ainda faz os produtos que vêm dentro delas. Ela tem 11 anos de existência na cidade de São Paulo e está sempre presente entre as primeiras posições do guia “Comer e Beber, Veja São Paulo”. Abrir as suas embalagens charmosas é o início de uma experiência sensorial, pois os produtos são delicadamente bonitos e aromáticos.

bombons sortidos em caixa amarela
Yellow Box com 22 bombons (crédito: divulgação Cau Chocolates

No portfólio, há desde barras recheadas com Gianduia, até tâmaras com marzipan e outros itens Kosher. Todos os produtos estão disponíveis na loja virtual e também no bairro Jardins e Shopping Iguatemi. Mais informações AQUI.

suspiros recheados
Suspiros recheados com ganache de mel (crédito: divulgação Cau Chocolates)

The Goodies

Com uma proposta que mescla papelaria e chocolates de qualidade, a moderna e divertida The Goodies segue a tendência mundial de personalização, com embalagens feitas sob medida e produtos vistosos e saborosos.

Flores recheadas
Flores recheadas para comemorar a Primavera (crédito: divulgação The Goodies)

Além das barras com pequenos marshmallows, há algumas com flores estampadas, outras cobertas por drages, ursos de gelatina e cookies. A ideia inovadora é da viajada Izabel Yunes, do blog “We share Ideas”.

chocolates personalizados da The Goodies
Criatividade da marca (crédito: Instagram The Goodies)

A The Goodies está no Shopping Cidade Jardim, no primeiro piso, em São Paulo.

Gelatos

Vero Latte Gelato

Mariana Galvão se formou gelatiére na Carpigiani Gelato University, na Itália. Ciente da importância da pureza dos ingredientes em suas receitas, adotou um rigoroso processo na seleção de seus fornecedores.

Desde 2014, exclusivos e artesanais sorvetes são produzidos na Vero Latte. Além de vender diretamente aos consumidores no confortável showroom, presente no bairro do Campo Belo, e também em stand no Shopping Iguatemi, ambos em São Paulo, marcas de importante renome, como Tiffany & Co e Artefacto, procuram a empresa para fazer parte dos seus eventos. Além de sabores personalizados, as embalagens e os carrinhos também ganham roupagem especial em “dia de festa”.

Cooler de sorvetes e variedade de sabores
Cooler da Vero Latte para mini weddings (crédito: Vero Latte)

Os sabores mais vendidos são: pistache, torta de limão, brigadeiro e paçoca. Mas, em constante trabalho de inovação, recentemente a marca também lançou: café Bravo, com brigadeiro de whiskey, e banana caramelizada, com toque de canela.

Sabores artesanais decorados
Os sabores mais vendidos da Vero Latte (crédito: Vero Latte)

*Além dos gelatos, a Vero Latte tem feito bombons gelados de brigadeiro. Muito gostosos, por sinal.

Duo Gelatto

Um sabor mais interessante que o outro. Esta foi a minha primeira impressão, quando conheci a Duo Gelatto, em um evento de luxo, na capital paulista. De fato, não estava errada ao me impressionar com as delícias.

Um empresário de sucesso percorreu o mundo para buscar inspirações na criação dos sabores. Desta experiência sugiram, por exemplo, o Sorbeto de Limão Siciliano, Coco da Malásia, Cheesecake de Goiaba, Trufado de Laranja, French Vanilla, além do Iogurte Grego, com frutas vermelhas ou com blueberry, que já virei fã de carteirinha.

Sorvetes de chocolate em um prato
Sabor Duomaltine, da Linha Supremo (crédito: Duo Gelatto)

O processo criativo também permitiu inovar com a linha Sano, produtos sem açúcar, lactose ou gordura, mas absolutamente saborosos. Nesta categoria, me chamaram a atenção os sabores frutados, Castanha do Pará e Chocolate Black Vegano.

dois sorvetes de frutas com embalagem
Linha Sano, sabores Frutas Vermelhas e Maracujá (crédito: Duo Gelatto)

A Duo Gelatto está presente no Mundo Verde, Blenz Café, St. Marche e conta também com pontos físicos na cidade de São Paulo.

Critérios para a edição desta matéria

Os produtos mencionados acima foram degustados e criteriosamente selecionados antes da recomendação. Marcas convidadas colaboraram com o envio de produtos para a provação. Já alguns outros itens sugeridos, conhecia por experiências anteriores. Ares do Mundo não recebeu valores financeiros para a edição deste conteúdo, logo não é uma publicação patrocinada. Foi um trabalho de pesquisa, que envolveu critério europeu e seriedade na identificação de essências brasileiras.

Deixe o seu comentário