Categorias: Hotéis & Spas de Luxo Lifestyle

Kempinski Corvinus: uma excelente escolha em Budapest

Para o carro que eu quero descer! Foi mais ou menos assim que decidimos ficar em Budapest por uns dias. Que cidade linda, que cultura maravilhosa, que lugar encantador. Para aproveitar ao máximo cada precioso minuto da cultura húngara, precisávamos de um hotel à altura do que desejávamos vivenciar. Por isso, escolhemos o Kempinski Corvinus.

Não é que o hotel fica na zona central da cidade. Ele está no centro do coração de Budapest. Pertíssimo da área financeira, da parte turística, na verdade, de tudo que possa interessar aos olhos de um viajante. A imponência do hotel 5 estrelas e a possibilidade de alcançá-lo a pé, de carro ou de barco, não nos permitiu desconsiderá-lo em momento algum.

Lobby do Kempinski Corvinus

Entrada do hotel Kempinski Corvinus

pé direito alto e luz ambiente no Kempinski Corvinus

Luz ambiente do lobby

Logo que entramos no recinto, olhei para cima. O pé direito era alto e as lacunas prateadas vistosas me transmitiram vagamente a sensação de estar entrando em um palácio. Do lobby consegui avistar uma frestinha da sala de estar e do bar bem decorados. Com aquele jeito acolhedor, logo após o check in, fui conferir de perto. Naquele mesmo instante tive a certeza de que havíamos acertado na escolha. Minimizou até qualquer cansaço da viagem.

sofás confortáveis e bar do Kempinski Corvinus

Sala de estar e bar

Doce húngaro servido no Kempinski Corvinus

Iguaria húngara servida na sala de estar

O nosso quarto foi outra grata surpresa. Um ambiente em tons pastéis, que nos passou aquela sensação de descanso e de uma boa noite de sono após as longas caminhadas por Budapeste. Outra imensa felicidade e confesso que esta superou as minhas expectativas foi a deslumbrante vista para a cidade. Até dormi com as cortinas abertas!

Cama e janela do quarto no Kempinski Corvinus

Quarto do Kempinski Corvinus

Roda Gigante Budapest Eye vista do Kempinski Corvinus

Vista para Budapest Eye

Sobre o banheiro também só tivemos qualidades a destacar. Um espaço confortável e funcional.

O restaurante, além de bonito, oferecia bastantes opções de frutas frescas, pães e especiarias húngaras. Aliás, ouvi alguns hóspedes elogiando o jantar.

Restaurante do Kempinski Corvinus em Budapeste

Restaurante principal do Kempinski Corvinus

Produtos frescos no desjejum do Kempinski Corvinus

Variedade de produtos no café da manhã

Acredito que quem vem a Budapeste busca não somente aproveitar a rica cultura, mas também conhecer um pouco mais sobre os famosos spas. A cidade leva a fama por suas termas. Hotéis luxuosos da cidade, sabendo da procura dos seus exigentes clientes, investem com gosto no bem estar dos hóspedes. Neste aspecto, o Kempinski Corvinus também não deixou nada a desejar. Tinha uma academia, piscina com vista para a cidade e um cardápio cheio de massagens, tratamentos faciais e corporais incríveis para se testar.

Definitivamente foi uma experiência muito agradável. O hotel complementou com louvor tudo o que sentimos e aprendemos na cidade.

Para fazer uma reserva, clique AQUI. Já para fazer um tour virtual e conhecer os ambientes sociais do Kempinski Corvinus, veja AQUI.

😉

Comente! via Facebook