Categorias: Experiências de Consumo Lifestyle

Baccarat: a tradição francesa que brilha aos olhos dos clientes

O grande prazer de uma marca de luxo não está apenas no produto em si, mas também na história que ela conta, na forma como é produzida e como se relaciona com a sociedade. A Baccarat é uma dessas marcas que encantam em diferentes dimensões. Tradicional na forma de ser, impecável na lapidação de cristais e geradora de brilho nos olhos dos seus clientes, que se orgulham de dizer: Este é um Baccarat!

Produtos de cristal Baccarat em São Paulo

Loja da Baccarat em São Paulo

A marca surgiu na província de Lorraine, na França, há mais de 250 anos. O Rei Luis XV autorizou a abertura da fábrica e sem querer acabou sendo um dos grandes responsáveis pelo seu sucesso. Todos os dias ele tomava vinho e quebrava a taça para que não houvesse vestígio da bebida e ninguém copiasse o seu ato. A Baccarat precisava diariamente repor este produto de cristal ao rei. Muitas famílias afortunadas e empresas de luxo passaram a desejar o cristal que a realeza tanto apreciava. Assim a marca ganhou forças na decoração e no segmento de mesa posta na Europa e no mundo.

Duas vezes por ano a marca lança novas coleções. Ela cria peças em poucas quantidades, para que os seus clientes continuem adquirindo-as de forma exclusiva. Além dos exuberantes lustres, com preços superiores a R$ 500 mil, a linha de mesa seduz com o minimalismo a clientes, que gastam em média R$ 12 mil.

Lustres de cristal Baccarat expostos na loja

Perfeição dos lustres em cristal Baccarat

O processo de produção é artesanal e o mesmo desde a sua fundação. Na pequena cidade francesa Baccarat, a população cresceu ao redor da fábrica. Quando o sino toca, todos têm 15 minutos para chegar ao trabalho. Quem nasce ali já sabe que no futuro trabalhará na empresa e muito provavelmente terá o seu oficio ensinado por um parente próximo – cultura de pai para filho.

É vidro ou cristal?

A criação é muito similar a do vidro, porque há forno com alta temperatura e o molde com pinças manuais, contudo, não confunda. Vidro e cristal não são as mesmas coisas.

Para saber se algo é feito de vidrou ou cristal, primeiramente observe a cor. Se houver algum tom esverdeado é vidro. O segundo teste é bater de leve a unha no objeto. Se fizer um som agudo é cristal, se não é vidro. Baccarat apenas trabalha com cristal, produtos compostos por areia e chumbo, misturados e movimentados por artesãos em fornos a 1200 graus. Quentes ganham formas e desenhos.

Uma característica marcante de um autêntico Baccarat é a pedra vermelha com um B (inicial da marca). Alguns produtos não têm a letra e outros não possuem a pedra vermelha, depende um pouco do que será comprado.

Como a falsificação anda cada vez mais perfeita, até a pedra vermelha fazem por aí, mas é bem fácil perceber se é original ou não por meio das lapidações. As falsas, obviamente, têm bastante imperfeição.

Por que investir em uma peça tão cara?

Antes de mais nada, é gostosa a sensação de se ter um objeto que chega a ser visto como obra de arte no mundo. São pouquíssimas pessoas que têm este privilégio e reconhecem o real valor da experiência. Mutas peças, além de carregarem a imponência da Baccarat, têm o traço do designer Philippe Starck, conhecido por seu estilo contemporâneo.

Lustre em cristal Baccarat criado por Philippe Starck

Lustre com design do Philippe Starck

Além disso, a limpeza não será nunca um problema. Após a compra, o proprietário da peça poderá ligar na loja e pedir para limpá-la. Eles farão de forma cautelosa e se quebrarem algo, estará assegurado pela marca.

O que muda e o que não muda na Baccarat

A marca foi vendida recentemente para um grupo de chineses, pois o mercado asiático está cada vez mais interessando em produtos de luxo. Apesar de muita gente estar apreensiva sobre os seus rumos e a garantia de qualidade, a Baccarat afirma que o DNA francês será preservado.

Percebe-se que muitos proprietários de casas pequenas andam se interessando pela Baccarat de uns tempos para cá, o que não era característico no perfil de consumo alguns anos atrás. Isto tem trazido um movimento interessante para as lojas e outras empresas, como a Cyrella, que construiu um edifício tendo-a como inspiração. Sucesso de vendas, por sinal.

Stand de vendas da Cyrella em São Paulo

Stand da Cyrella para demonstração de prédio de alto padrão

Maquete de prédio da Cyrella em São Paulo

Maquete do prédio inspirado na Baccarat

Achei muito interessante saber que a marca aluga peças para eventos, como casamentos e festas de família. É uma forma de ter a sua especialidade presente por pelo menos alguns momentos importantes da vida.

Ah, o Hotel Baccarat também pode fazer a viagem a Nova York ter mais prestígio. Por todo o prédio estão espalhados produtos da marca. Para reservar o hotel, clique AQUI.

😉

Comente! via Facebook