Categorias: Compras & Tax Free Dicas gerais

Vale mesmo a pena fazer compras nas outlets europeias?

Existe um boato que corre solto entre os brasileiros de que o melhor lugar para fazer compras no mundo é o Estados Unidos. Na minha opinião e tendo conhecido a vários países é muito complicado afirmar isto, porque depende de muitos fatores, como o local de produção da marca, o lugar onde de fato ele será adquirido e até a sua origem pode influenciar no custo. Certa vez até comparei o preço de um mesmo artigo de luxo entre diferentes países (veja aqui) e na ocasião, apontei que seria mais barato na Europa.

Quando visitamos os Estados Unidos, as marcas locais tendem a ser mais baratas do que na Europa. Mesmo que elas sejam produzidas na China, Bangladesh, Índia ou no próprio Estados Unidos, elas serão mais baratas lá devido aos custos de produção, fatores econômicos e negociações externas, que não entrarei no mérito. A mesma coisa acontecerá quando uma viagem for feita para a Europa ou Ásia. Os produtos daquelas localizações específicas tenderão a ser mais em conta do que em outros lugares. E sendo você estrangeiro naqueles destinos, poderá obter parte dos impostos de volta no término da viagem (saiba mais aqui).

A regra que parece lógica, infelizmente, não se aplica ao Brasil. Muitas vezes encontrei produtos nacionais, como ovos de páscoa da Lacta e Havaianas, mais baratos nos Estados Unidos. Contudo, esta linha de raciocínio (sobre as três origens) tem funcionado bem para os lugares que costumo ir com mais frequência, e claro, se funciona para mim, pode servir para você também.

Muitas pessoas me perguntam pelas redes sociais sobre as outlets europeias. Se as marcas são conhecidas, os preços competitivos e se os produtos são bons. E sempre respondo que depende do que se espera. Porque na maioria das vezes os turistas sonham em comprar um caminhão de roupas da Victoria`s Secret, Gap, Abercrombie e muitas outras marcas made in EUA, mas vão para a Europa e a frustração logo aparece. Pouca variedade de lojas e produtos americanos e o que encontram é caro (a preços similares até mesmo que no Brasil). Então, vamos trazer de volta as expectativas e alinhar à realidade. Seria mais fácil sonhar com uma boa seleção de itens da Intimissimi, Zara, Dolce Gabbana ou Versace, não? Porque são produtos europeus e a compra será na Europa.

E voltando ao caminhão de produtos europeus… Não, não será possível comprar muitos artigos de luxo famosos à preços populares e sair com as sacolas abarrotadas de LVMH e D&G. Nos EUA há uma variedade de marcas que são vistas como standard para o próprio americano e em outlets são vendidas à preço de banana mesmo, porque se reduzir um preço que já é baixo na loja, ficará mais em conta ainda. Nós vemos estas marcas como “de grife”, porque para a gente é caro no Brasil também. Contudo, quando se trata de uma marca europeia conhecida mundialmente, não temos grandes referências de marcas baratas. Se eu te pedir para falar uma marca europeia agora, por exemplo, provavelmente você dirá: Louis Vuitton, Ferrari, Prada ou algo do tipo. Estas e as marcas que possivelmente irá pensar são de altíssimo padrão e mesmo que estejam com preços melhores nas outlets, não serão nunca pechinchadas.

Nas outlets europeias podem ser feitas excelentes compras. As marcas mais desejadas são vendidas com preços melhores do que às demais lojas de rua e podem ser mais baratas que na maioria das cidades dos Estados Unidos e no Brasil, se houver a possibilidade de devolver o imposto pago. Já se nesta ida à outlet você procurar por marcas locais, que são mais conhecidas entre os europeus mas nem tanto no seu país de residência, poderá sair com as sacolas cheias de produtos baratos e com excelente qualidade. Na minha última ida à uma outlet na Itália comprei um jogo de panelas italianas maravilhosas por 70 euros, roupas lindas de frio por 20 euros e até botas da Timberland por 50 euros. Valeu muito a pena, porque com o mesmo valor que gastei lá, teria adquirido 1/4 dos produtos aqui (e alguns nem teria encontrado). Então, se houver a oportunidade e o interesse em ir a uma outlet europeia, considere estas observações acima para alinhar a expectativa à outlet e fazer boas compras.

* Encontre os tours para as outlets mais famosas da Europa AQUI.

😉

Comente! via Facebook