Categorias: Experiências de Consumo Lifestyle

Estilistas brasileiros que inovam no processo criativo da moda mundial

Temos muitos nomes e marcas que são referências no mundo quando o assunto é moda. Além das roupas de praia e dos chinelos de dedo, que já fazem sucesso há décadas, algumas personalidades vêm se destacado por suas percepções diferenciadas de mundo. O Ronaldo Fraga, por exemplo, no início deste ano lançou uma coleção inspirada nos refugiados e, desde o lançamento da sua marca, mescla poesia, cultura brasileira e engajamento social. Já a Martha Medeiros tem um projeto lindo com as rendeiras do sertão e traz este trabalho delicado para as vitrines das barulhentas metrópoles. Estes e outros estilistas, mais do que fazerem desfiles, encantam com a arte de fazer moda.

Mulheres desfilando em uma passarela

Desfile

Envolvimento talvez seja a melhor forma de descrever Ronaldo Fraga, o estilista, cenógrafo e autor mineiro. As pessoas se conectam instantaneamente com o seu estilo e com o lado lúdico das suas apresentações. Ronaldo, de forma sensível, entende as diferentes culturas e recria os seus aprendizados em seus trabalhos.

Design Museum de Londres, em 2014, selecionou Ronaldo Fraga como um dos 7 estilistas mais inovadores do mundo. Marcas de prestígio nacional, como L´Occitane, O Boticário e Fom já licenciaram produtos carregando o seu nome.

Talvez o sucesso de Ronaldo Fraga se dê ao fato dele acreditar na importância da cultura à moda. A troca de experiências, histórias e aprendizados conectam e criam novos vestuários. Ronaldo Fraga até criou recentemente um espaço em Belo Horizonte para hospedar idéias interessantes. No Grande Hotel Ronaldo Fraga, nome do espaço criativo, tem saraus, jantares, shows e circulação de cabeças pensantes. Interessante, não? Veja AQUI algumas fotos sobre este e outros trabalhos do mineiro.

A Flávia Aranha é outra estilista brasileira que tem feito a moda ser reconhecida por meio de processos incríveis não usuais. Ela usa corantes naturais renováveis, como cascas de árvores, folhas e frutos para dar cores as suas peças delicadas. Os tons de azul vêm de uma planta chamada indigofera e os tons marrons das cascas de romã, por exemplo.

Romã partida ao meio

Romã e as suas cores intensas

Renda, o artesanato tradicional nordestino, é o diferencial das belas criações da estilista alagoana Martha Medeiros. Durante anos, ela estudou com carinho a técnica e lapidou o processo junto às rendeiras do sertão, uma das regiões mais pobres do Brasil.

Aliás, ela criou o “Projeto Olhar do Sertão, do Instituto Martha Medeiros”, não somente pela excelente mão de obra fornecida que corria o risco de ser extinguida, mas pelo interesse no desenvolvimento social e pessoal das rendeiras. O projeto ganhou força e a renda da Martha é elogiada mundialmente.

Para conhecer outros estilistas brasileiros e ateliers de luxo, veja AQUI.

😉

Comente! via Facebook